Archive for abril \28\UTC 2009

>"Não serei candidato em 2010" diz Blairo Maggi

Posted on abril 28, 2009. Filed under: Blairo Maggi, Governador Blairo Maggi, hotel fazenda Mato Grosso |

>

Em entrevista concedida hoje pela manhã após o encontro do PR que se realiza no hotel fazenda Mato Grosso, o governador Blairo Maggi admitiu pela primeira vez que não disputará qualquer cargo eletivo em 2010 e que se afastará momentaneamente da política após deixar o cargo de governador.

“Eu não quero ser escravo da política. Não quero ter o compromisso de disputar toda e qualquer eleição, porém não quero sair definitivamente da política”, disse Maggi à imprensa.

Comentário meu: A política tem uma ampla porta de entrada e é muito estreita a porta de saída. Não é tão fácil para o governador concretizar seu anúncio. O governador vive momentos de dificuldades políticas em sua base. As dificuldades de Maggi para deixar a disputa eleitoral são evidentes:

– É o nome mais forte do partido para a disputa ao Senado e está sendo cogitado por setores do PR, para que seja vice na chapa da ministra Dilma Roussef.

– Na hipótese de não disputar cargo, o governador Blairo terminaria seu mandato em descumprimento ao que fora publicamente acordado com o vice Silval Barbosa? Esse afastamento momentâneo seria quando? Em dezembro deste ano como pretende Silval, ou só no final do mandato?

Traduzindo tudo isso: Vai aumentar a pressão sobre Blairo e ele será sim candidato. É assim que funciona a política.

Fonte: Blog do Antero

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Novos Investimentos disparam em Mato Grosso

Posted on abril 27, 2009. Filed under: Coca-Cola, Grupo Renosa, Investimentos, Prodeic |

>

Balanço oficial mostra que volume de recursos destinados a empreendimentos em MT no 1º trimestre chega a R$ 3,057 bi, 1.431% a mais que em igual período de 2008

Mato Grosso está na contramão da crise. A análise é do secretário de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Pedro Nadaf, ao comparar os números obtidos no primeiro trimestre de 2009 com os do mesmo período do ano passado. Balanço feito pela pasta mostra que ao contrário do que vem ocorrendo em alguns Estados brasileiros, a economia estadual está a todo o vapor e não dá sinais de retração. Para se ter uma ideia disso, o secretário mostra os números, resultado de ações realizadas em conjunto com o setor privado e que no final refletem na economia de forma geral. Os investimentos enquadrados (aprovados e já em execução) no Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial do Estado de Mato Grosso (Prodeic) entre janeiro e março deste ano somaram R$ 3,057 bilhões, o que representa um incremento de 1.431% se comparado aos R$ 199,596 milhões registrados em igual período de 2008. O montante verificado nos três primeiros meses deste ano também é maior que o volume contabilizado em 2008, quando somou R$ 1,425 bilhão nos 12 meses, uma expansão de 114,5%.


Na opinião do secretário, a performance que o Estado vem apresentando nos últimos meses – mesmo em um cenário de crise – comprova a confiança dos investidores no potencial local, com opções de negócios que outras unidades da federação não oferecem, a exemplo da produção agrícola e de gado que chamam a atenção para outros empreendimentos com a finalidade de beneficiar a matéria-prima produzida em solo mato-grossense.


“A deficiência em infraestrutura coloca Mato Grosso em uma posição diferente em relação a outras localidades, por isso o governo do Estado concede incentivos fiscais diferenciados como forma de compensar a distância dos portos, o que acaba chamando a atenção dos empreendedores “, afirma Nadaf ao dizer que pelos resultados obtidos até agora, a captação de investimentos para o Estado deve ser mantida pelo menos até o final do primeiro semestre. O secretário também considera que ainda é cedo para arriscar números sobre o volume a ser investido em Mato Grosso ao longo de 2009.


Atividades – Na lista de empreendimentos que compõem o bolo de R$ 3 bilhões, a maioria está voltada para a agroindústria com unidades destinadas à produção de etanol e outras formas de energia, bebidas e também castanhas. O volume de recursos enquadrados, como mostra o balanço da Sicme, não significa que já foram totalmente aplicados, pois alguns estão em fase final de projeto para dar início à edificação das fábricas e outros já estão avançados com promessas de dobrar a produção ainda no segundo semestre, como é o caso do Grupo Renosa, fabricante da Coca-Cola em Mato Grosso, que anunciou em fevereiro deste ano o investimento de R$ 60 milhões destinados à ampliação do parque fabril e também no aumento da produção de bebidas, que atualmente é de 300 milhões de litros por ano.

Avaliação – Na opinião do economista Vitor Galesso, para se analisar os rumos que a economia tem tomado neste cenário de crise financeira internacional, é fundamental saber quando foram assinadas as intenções de investimentos no Estado. Ele diz que a maioria dos projetos começaram a ser tratados no último trimestre do ano passado e que agora vêm gerando frutos positivos, que resultam em números surpreendentes.


“Para ter um efeito mais positivo temos que saber quando estes investimentos nasceram. Se foram este ano ou se são investimentos que já estavam programados mas que foram suspensos temporariamente em função da crise”, diz ao acrescentar que muitos outros podem estar esperando um melhor momento para dar continuidade.


Diferencial – Na lista de empreendimentos da Sicme aparece o Brotas Castanhas e Polpas, que será implantado em Rosário Oeste, a 128 km de Cuiabá. O contato com a secretaria foi feito no mês passado, porém não traz o valor investido. Nele serão gerados 43 empregos diretos. A capacidade de produção será de duas toneladas de castanha por dia. Entre as características do empreendimento estão o beneficiamento da castanha e da polpa do caju, além de transformar outras frutas como manga, goiaba, abacaxi e banana que seriam desidratadas, visando o mercado europeu.


Galesso observa que mesmo antes de se assinar qualquer parceria com o governo do Estado, o empreendimento já estava em andamento. Ele cita como prova o plantio das árvores de castanha, que devem ter sido plantadas antecipadamente, antes do funcionamento da indústria para que a fábrica entrasse em operação tendo a matéria-prima disponível. E desconsiderando a data do contato entre governo e empresários, o economista afirma que a tendência da economia estadual é de crescer de forma mais intensa, principalmente no que se refere à bioenergia e alimentos. “Não haverá retração nestes segmentos, pois o mundo precisa se alimentar e a demanda por estes produtos continuará, pois são itens de primeira necessidade”.


Fundeic – Outro dado que comprova o incremento da atividade comercial e industrial no Estado é o balanço do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Fundeic). No primeiro trimestre deste ano foram beneficiadas 12 empresas que somam recursos no valor de R$ 1,081 bilhão, acréscimo de 350,4% sobre os R$ 240 mil do mesmo período do ano anterior, e quando somente duas empresas foram atendidas. Com relação ao Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), no primeiro bimestre 650 empresas tiveram acesso ao crédito, que somou R$ 35,663 mil.

Energia – Para mensurar o aquecimento da atividade, o secretário Pedro Nadaf afirma que o consumo de energia é um dos instrumentos usados como termômetro econômico. Conforme os dados da pasta, o consumo de energia cresceu 11,2% nos primeiros três meses deste ano sobre igual intervalo do ano passado. “Em 2008 tivemos um crescimento no consumo energético de 8,4% sobre o ano anterior. E este ano a previsão é que aumente em 7%”.

  • Empresa: Cluster Bionergia

Localização: Barra do Garças

Investimento: R$ 2,8 bilhões

Empregos: 7.185 diretos e 28.740 indiretos

Estrutura: 3 destilaria e plantação de 180 mil ha de cana-de-açucar


  • Empresa: Grupo de Empresários

Localização: Diamantino

Investimento: U$ 3 bilhões

Empregos: 8 mil diretos e mais que o dobro indiretos

Estrutura: 85 mil ha de cana-de-açucar e 10 mil ha de eucalipto


  • Empresa: Brenco Poliduto e Usina

Localização: Alto Taquari

Investimento: R$ 2,8 bilhões

Empregos: 2 mil diretos


Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Turismo em MT: Vale a pena conhecer Barra do Garças e região

Posted on abril 26, 2009. Filed under: águas quentes em Barra do Garças, Barra do Garças, cidade de Barra do Garças, Turismo, turismo em Barra do Gaças MT |

>

Roteiros do Brasil

Bem-vindo

cidade de Barra do Garças
Região Médio Araguaia

hspace=0 HISTÓRIA DA CIDADE

Barra das Garças originou-se as margens dos rios Garças e Araguaia começou o povoamento. A criação do município ensejou encampação do município de Araguayana. Não uma simples mudança de sede como foi Lajeado. Durante a Guerra do Paraguai foram criados três presídios na região do Araguaia: Ínsua, Passa Vinte e Macedina, que também serviam de postos de registro fiscal.
Nas andanças entre os presídios, os militares faziam parada na foz do Rio das Garças. O local de referência era assinalado por uma pedra, a pedra da Barra Cuiabana, sendo essa a primeira denominação da localidade. A lendária pedra da Barra Cuiabana situava-se na foz do Rio Garças com o Araguaya, e hoje está tombada pelo Patrimônio Histórico Municipal.
O incremento da atividade garimpeira aconteceu de forma imprevisível, e tornou possível o surgimento de uma povoação de apoio. Antonio Cristino Côrtes, que havia chegado à região na segunda década do século XX, dedicou-se a formar a futura cidade de Barra do Garças.
Alinhou as primeiras ruas, designou as primeiras quadras e distribuiu lotes. De baliza em punho bancou o engenheiro, marcando a avenida que hoje leva seu nome.
A fase áurea do garimpo na região de Barra do Garças durou até a década de quarenta. Neste período a povoação ganhou importância devido ao crescimento acentuado. Foi nesta época que se instalou em Aragarças, defronte ao sítio de Barra do Garças, a Fundação Brasil Central cujo objetivo era implementar a Marcha para o Oeste, determinada por Getúlio Vargas.
Barra do Garças, em pouco tempo, tornou-se o maior pólo econômico do leste mato-grossense, suplantando em tamanho e importância, todas as cidades, vilas e corrutelas dessa região. O município de Barra do Garças foi criado pela Lei Estadual nº 121, de 15 de Setembro de 1948.

Significado do Nome

Seu nome deve-se ao local onde se iniciou sua colonização, um porto no Rio Garças, sendo Barra sinônimo de Porto.

Aniversário da Cidade

15 de Setembro

hspace=0 CARACTERÍSTICAS

Municípío-pólo comercial e de serviços da região do Alto Araguaia, na divisa do Mato Grosso com Goiás, centro geodésico (ponto mais central) do Brasil, cercado por fazendas de gado e plantações de soja, rios e cerrado, Barra do Garças é conhecida como Portal da Amazônia, pois está na entrada do paralelo que delimita a Amazônia Legal. Oferece praias fluviais, cachoeiras, serras de formação arenosa e fontes hidrotermais, sendo muito procurada por turístas, além disso, é conhecida pelos ufólogos como um dos pontos de maior registro de aparições de Ovnis, possuindo até um aeroporto para eles. Sua altitude, sua topografia e seu clima favorecem à prática de esportes radicais, sediando eventos esportivos a nível estadual e nacional e à pesca no Rio Araguaia onde se pode observar ao lendário boto. É uma importante reserva de vida selvagem apresentando fauna diversificada misturando a típica do cerrado com a das matas e várzeas. Seu padroeiro é Santo Antônio.

Clima

Tropical

Temperatura Média

22°C

hspace=0 COMO CHEGAR

Partindo de Cuiabá: BR-070

Localização

Município da Região Nordeste do Estado de Mato Grosso

Limites

Araguaiana, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, General Carneiro, Pontal do Araguaia, Aragarças (GO) e Montes Claros de Goiás (GO)

Acesso Rodoviário

BR-070
Distâncias

510 Km da Capital

hspace=0 TURISMO

Principais Pontos Turísticos

Parque Municipal das Águas Quentes

Localizado no perímetro urbano de Barra do Garças, o Parque é uma área de lazer com piscinas hidrotermais, toboágua, rio da preguiça, bar molhado, com temperaturas que variam de 31 a 43 graus com propriedades terapêuticas como a diminuição da viscosidade do sangue, aumento da vitalidade sexual, melhora da digestão gástrica e duodenal, servindo também à fisioterapia.

Além dos banhos, o parque oferece uma estrutura com bares, restaurantes, duchas, vestiários e instrutores de hidroginástica e ginástica de alongamento. Tudo isto com a preservação da Mata Permanente original.

Rio Araguaia

É o principal rio da região, sendo o divisor natural dos estados de Mato Grosso, Goiás e Tocantins e tendo contribuído intensamente na história da cidade.

No passado serviu de entrada para os pioneiros, de palco para garimpes de diamantes e de cenário para a Guerrilha do Araguaia. Hoje é uma das maiores atrações da cidade, atendendo aos amantes dos esportes náuticos e da pesca, podendo-se encontrar peixes típicos da Bacia Amazônica.

Durante o período da seca surgem belíssimas praias que podem ser curtidas justamente na época em que o sul e o sudeste do país estão em pleno inverno. Em especial a Praia Quarto Crescente na cidade vizinha de Aragarças (GO) e a praia da Arara na cidade de Pontal do Araguaia (MT), todas as duas badaladíssimas com apresentação de shows, esporte e muito embalo. A surpresa agradável fica com acontecimentos culturais que ocorrem na mesma ocasião na cidade de Barra do Garças.

O toque exótico fica por conta dos saltos que os botos cor-de-rosa costumam dar nos fins de tarde nas águas do Araguaia.

Complexo Turístico Salomé J. Rodrigues (Porto do Baé)

Espaço de multiuso composto de arquibancada, vão livre coberto e arena, com capacidade de aproximadamente 10.000 pessoas e total infra-estrutura para shows artísticos, quadra poliesportiva, quiosques, lanchonetes, restaurante flutuante, centro cultural, rampa para skate e área de lazer para crianças, rampa de embarque e desembarque para barcos, lanchas e jet-skys no Araguaia, com arquibancadas de concreto para eventos náuticos e lanchonetes.

Também lá se realizam eventos culturais, apresentações artísticas, rodas de capoeira e esportes em quadra de areia.

Parque Estadual na Serra Azul

O parque encontra-se a 4 km do centro da cidade e sua área é de 11.000 ha. Os Índios Bororós utilizavam este local para sua subsistência e o denominavam KIEGUEREIRAL que significa morro lugar dos pássaros devido a grande diversidade de aves que ali habitam até os dias de hoje.

A fauna e a flora exuberante convivem harmoniosamente com cachoeiras, fendas e cavernas, sítios paleontológicos e arqueológicos, formações rochosas curiosas, trilhas belíssimas e bosques nativos.

Ainda dentro do parque encontra-se o marco do centro geodésico do Brasil, o local do futuro Discoporto e o Mirante do Cristo, de onde se descortina toda a cidade e o encontro dos rios Garças e Araguaia, um verdadeiro convite à emoção.


Vale a pena conferir o circuito das cachoeiras, dentre elas a da Maçonaria e a do Pé-da-Serra.

Trilhas e Cachoeiras

A região possui um dos maiores mananciais de cachoeiras, a maioria delas visitáveis através de trilhas de fácil acesso.

Cachoeiras com escorrega natural, grutas atrás da cortina dágua, quente ou fria, com piscinas ou poços naturais, enfim, cachoeiras para todos os gostos (destaque para as cachoeiras Cristal e Bateia).

Serra do Roncador

Este nome vem do ronco que muitos ouvem desta serra que tem sua história marcada por aventuras, lendas e mistérios como o desaparecimento do Coronel Fawcett em busca da Atlântida, fato que até hoje atrai expedições do mundo inteiro.

A origem da civilização inca, o paralelo 16, o templo de Ibez, o caminho de Ió, Agartha, Shamballah, o chácra do planeta, o Portal de Aquarius, vulcões extintos, fósseis de dinossauros e discos voadores são atrativos para cientistas, curiosos e místicos de toda parte.

Com diversas comunidades esotéricas instaladas, a cidade é conhecida mundialmente como santuário místico e metafísico.

Mistério do Roncador

Caverna dos Pezinhos

Através de uma trilha do Parque estadual da Serra Azul, chega-se a uma entrada de caverna, bloqueada por rochas. Nesta entrada, tanto nas paredes quanto no teto, várias marcas de pegadas de animais e humanas (?), muitas delas com 6 dedos. O que significam? Como foram parar nas paredes e no teto? Seriam pegadas ou inscrições? Porque a visitação é restrita pela Aeronáutica?

Portais no Roncador

Lendas e mistérios envolvem a Serra do Roncador. O que seriam os portais do Roncador? Onde estão? Para onde levam? Porque tantos buscam Atlântida ou Shamballah no Roncador? O que seriam os crânios de cristal que algumas pessoas procuram?

Lagoa Encantada

Esta lagoa se encontra em território indígena e é muito profunda, sem ter sido ainda determinada. Apesar da imensa quantidade de água, não existe nenhuma forma de vida nela. Localiza-se à entrada de uma caverna, também muito profunda e inexplorada. Os índios não entram na lagoa por medo e na caverna, apenas o cacique é autorizado, pois dizem que é habitada por seres. Quem seriam estes seres? Porque nenhuma forma de vida sobrevive na lagoa? Porque os índios guardam a entrada desta caverna?

Gruta Seca

Uma ampla câmara inicial se abre em vários túneis e outras câmaras. Uma destas câmaras abriga um mobiliário de pedra muito interessante, semelhante aos modernos. Outra delas tem no centro uma formação de estalactites e estalagmites com forma de imensa árvore, com uma espécie de parlatório no alto e um dos túneis não se consegue chegar ao final, pois qualquer forma de iluminação utilizada se apaga. Quem viveu ali? Para onde vai o túnel?

Cel. Percy Fawcett

Esteve pelo Roncador em suas andanças e descobriu alguma coisa aqui. A prova disto é que seu sobrinho-neto Timothy Fawcett veio aqui 2 vezes ao ano por 19 anos, rastreando os caminhos do tio-avô, através dos relatos das cartas que mandava para sua esposa Nina. Timothy dizia que os relatos oficiais de Fawcett eram diferentes para despistar e que a família conhece a verdade. Ao final de sua pesquisa, Timothy afirmava que o último vestígio do tio-avô seria na Gruta Seca. O que aconteceu com Fawcett? Para onde foi? O que teria descoberto? O que contam seus relatos para a família?

Pedra S. S. Arraya

A pedra que hoje se encontra em exibição no Porto dos Pioneiros tem a ver com a história de fundação da cidade, colonizada por levas de garimpeiros atraídos pela história de uma garrafa de diamantes enterrada sob ela, no leito do Rio Araguaia, por garimpeiros que fugiam de um ataque de índios. Quando retornaram para buscar a garrafa, o rio estava mais cheio e escreveram na pedra o nome de um deles, para facilitar a busca mais tarde. O curioso é que quando a pedra foi retirada do rio para ser exposta, várias outras marcas foram observadas, muito mais antigas, vários círculos concêntricos, como nas pedras de altares incas. Estas inscrições existem em outras pedras no rio, no mesmo local de onde esta pedra foi retirada. Quem fez as inscrições? Porque motivo? Qual a ligação do Araguaia com os incas?

Tribos indígenas

Os Xavantes falam com medo de grandes bolas de fogo no céu ou focos de luz do céu iluminando a aldeia à noite. O que seriam estas bolas de fogo? Que tipo de equipamento apareceria à noite em regiões isoladas?

Pedras em formato de disco – Porque em locais onde existem mais ocorrências aparecem várias pedras em formato de disquinhos? Qual o seu significado? Como se formaram?

Discoporto

Local demarcado por lei na Câmara Municipal para construção de um futuro discoporto. A Serra Azul (braço da Serra do Roncador) foi escolhido por serem os relatos de aparições sempre associados à esta serra (ou vêm de lá ou vão para lá). Qual a relação da serra com as aparições? Porque os relatos nunca incluem um pouso? Porque as aparições sempre “somem na serra” ou “saíram da serra”?

Grutas e Cavernas

A região possui muitas grutas e cavernas, algumas ainda inexploradas, o que aguça a curiosidade de todos que visitam a cidade.

Dentro do Parque Estadual da Serra Azul encontram-se a Caverna dos Pezinhos com inscrições arqueológicas e a Gruta dos Macacos dentre outras.

Na região encontra-se cavernas com câmaras de grande porte, galenas e até com lagos subterrâneos de água calcária, de um azul belíssimo.

Tribos indígenas

Algumas tribos indígenas se localizam na região como os Xavante e os Bororó, e suas reservas também oferecem belezas naturais e atrativas.

A cidade possui lojas especializadas em vendas de artefatos e vídeos do folclore indígena. A visitação às Aldeias indígenas requer prévia autorização da Funai.

Esportes

A altitude, a topografia e o clima da cidade favorecem a prática de muitas modalidades esportivas, sendo muito procurada para vôo livre, paraglider, pára-quedismo e cannyoning (rapel).

Além dos esportes náuticos, a cidade também sedia eventos esportivos a nível estadual e nacional como campeonatos de motocross, mountain bike, encontros de motocicletas de grande porte e esportes de quadra, várzea e areia.

Os principais eventos esportivos promovidos pela cidade são:

Motorcycle

No dial 1° de maio a cidade se prepara para receber centenas de motocicletas, vindos de todo o Brasil para o Motorcycle da Barra, é um encontro de motos de grande porte cujo evento colocou a cidade na rota dos principais motoclubes.

FNPA – Festival Nacional de Pesca do Araguaia

Acontecendo no mês de setembro, o Festival paralisa a atenção da cidade, à qual se volta toda para as margens do Rio Araguaia (Porto do Baé). Com uma premiaçáo excelente atrai pescadores de todas as regiões.

hspace=0 EVENTOS

Canaval de Rua

Data: Fevereiro

Romaria ao Mirante do Cristo

Data: Semana Santa, abril

Semana do Índio

Data: Abril

Semana do Meio Ambiente

Data: Maio

Festa de São Pedro

Data: Junho

Festival do Vinho

Data: Junho

Temporada de Praia

Data: Julho

Copa Rossi de Tiro/ Campeonato Nacional de Tiro

Data: Agosto

Expoleste/ Exposição Agropecuária

Data: Setembro

Aniversário do Município

Data: Setembro

Festa do Cajú

Data: Outubro

hspace=0 Informações Úteis

Prefeitura Municipal de Barra do Garças

hspace=0 barradogarcas@araguaia.net

hspace=0 (66) 402-2000

hspace=0 220 Volts

hspace=0 AC Barra do Garças

nd: Rua Primeiro de Maio 139

one: (66) 3904-2901

hspace=0

hspace=0 Banco do Brasil

Ind: AV. Ministro João Alberto, 561

Fone: (66) 3402-1600

hspace=0 Estação Rodoviária- Rua Bororós- Fone: (66) 3861-1766

Créditos

Informações e fotos

Sites: http://www.portalmunicipal.org.br

http://www.araguaia.net/barradogarcas

Foto colaboração: Margi Moss

INFORMAÇÕES
FOTOS DA CIDADE
VÍDEOS DE BARRA DO GARÇAS
HOSPEDAGEM

– Hoteis
– Pousadas
– Resort
– Flat
– Estalagem
– Camping
– SPA
– Hostel
– Chalés
LOCADORA DE VEÍCULOS
GUIAS DE TURISMO
TURISMO RURAL
IMOBILIÁRIAS
AGÊNCIAS DE TURISMO
RESTAURANTES
OUTROS


As fotos mostram que vale a pena visitar a região

Mapa
Mapa


Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Silval contrata marquetólogo e começa a articular sua candidatura

Posted on abril 23, 2009. Filed under: candidatura ao Governo do Estado em 2010, eleições 2010, Silval Barbosa, vice-governador de Mato Grosso |

>

Discretamente e bem ao seu estilo, o vice-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, já está articulando sua candidatura ao Governo do Estado em 2010, tendo inclusive contratado um marquetólogo para essa “fase inicial de sondagem interna dentro da base governista”, informaram fontes do PMDB e próximas ao vice-chefe do Executivo estadual, para o Olhar Direto.

Com respaldo do governador e aval de seu partido, Silval Barbosa já contratou o marquetólogo Carlos Rayel, o mesmo que comandou a campanha de José Carlos do Pátio, na histórica vitória do peemedebista sobre Adilson Sachett, em Rondonópolis. Rayel, inclusive, já teria iniciado um levantamento para sabr das possibilidades sobre os possíveis adversários que o vice-governador poderá enfrentar ano que vem.

Silval sabe que terá primeiro de costurar a hoje frágil base situacionista, que, embora apegada aos cargos e benesses do poder, já começaram a tecer duras críticas ao governador Blairo Maggi e à gestão pública de uma forma geral.

Na semana passada, o sinal verde do Paiaguás para que Silval tocasse o barco das articulações internas na tentativa de reeditar a aliança Mato Grosso Mais Forte foi dado pelo governador Blairo Maggi em uma entrevista coletiva, concedida na terça-feira.

Após ter apoiado a pré-candidatura de Luiz Antonio Pagot, diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-estrutura (Dnit), que chegou a ganhar as ruas de Cuiabá e de algumas cidades do interior, Maggi mudou seu foco para Silval Barbosa.

Para o governador, o peemedebista é o melhor nome para a disputa do próximo pleito. “Não posso negar que Silval é hoje o melhor nome e aglutina força para liderar a chapa nas eleições de 2010. Tem melhores condições de viabilizar sua candidatura até pela iniciativa de conversar com as lideranças de outros partidos”, afirmou Maggi, conforme veiculou o Olhar.

Da Redação – Marcos Coutinho/Fonte: Olhar Direto

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Crise de candidaturas para governador e senador em 2010

Posted on abril 23, 2009. Filed under: cadidatura para senador em 2010, candidatura para governador 2010, eleições 2010, sucessão de 2010 |

>

Apesar de o vice-governador Silval Barbosa já ter contratado um marqueteiro para tentar viabilizar sua candidatura à sucessão de 2010, desde que Mato Grosso foi dividido em 1978, nunca ocorreu um processo pré-sucessório tão sem nomes confirmados como atualmente. A 18 meses das eleições gerais do próximo ano, muitos são os players (jogadores) na disputa, mas nenhum está plenamente confirmado, nem mesmo o nome de Silval, apesar da forte pressão interna. Ou seja: o clima é de especulação em alto grau.
Sucessão vive crise de candidaturas para governador e senador em 2010
Quem afirmar com certeza, por exemplo, que o prefeito Wilson Santos, do PSDB, é um candidato 100% confirmado para disputar a sucessão de Blairo Maggi pode se arriscar a dar um tiro no próprio pé ou ver sair pela culatra o disparo da insensatez analítica.

O mesmo vale para o senador Jaime Campos, do Democratas (DEM), outro forte pré-candidato que, apesar da “certeza de assessores, bajuladores de plantão e/ou simplesmente simpatizantes”, ainda titubeia diante de um microfone aberto quando o assunto é ser candidato a governador de Mato Grosso.

Além disso, o PSDB e o DEM articulam uma candidatura em âmbito nacional, tendo o governador tucano José Serra (São Paulo), na cabeça de chapa, que pode consolidar alianças em âmbitos regionais. Ou seja: ambos os líderes terão que esperar até o último prazo para definir quem seria o candidato de uma chapa PSDB-DEM ou vice-versa. Um jogo de gato e rato.

Ser ou não ser, eis a questão. Já o PR do governador Blairo Maggi, maior partido do Estado, tinha no diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-estrutura (Dnit), Luiz Antonio Pagot, um forte candidato, mas seu projeto pessoal ‘mingou’ diante da ciumeira interna no próprio partido e dos “aliados” da atual base de apoio do Palácio Paiaguás, que torpedearam a pretensão do republicano.

O deputado estadual Sérgio Ricardo, também do PR, fez seu jogo de cena enquanto Pagot lançouse candidato, mas já recolheu o flap, como um bom player, que sabe dos percalços e das pressões de lançar uma candidatura sem o respaldo do partido e de forma prematura.

O juiz federal Julier Sebastião da Silva, da Primeira Vara, conforme adiantou o Olhar Direto, afirma que vai disputar o cargo de Maggi. Só ainda não sabe por qual partido e como pretende articular sua base de apoio. Isso sem falar em sua baixa densidade eleitoral. Contudo, Julier é um player interessante porque representa, em si, a moralidade e o que pode ser considerado ético.

Além disso, tem como trunfo o fato de ter mandado o comendador João Arcajno, chefe do crime organizado para a cadeia, num momento em que o bicheiro mandava e desmandava em Mato Grosso e tinha autoridades dos três poderes em sua folha de pagamento, segundo a Abin, assim como coronéis e delegados de polícia. Contudo, isso só não basta para ser candidato a governador.

E o jogo para as duas vagas do Senado também é de gato e rato. Todos estão compasso de espera, com exceção da senadora Serys Slhessarenko, do PT, que já afirmou ser candidata à reeleição e que não abre mão desse seu projeto, também cnforme antecipou o Olhar.

Todavia, Serys, a exemplo de outros parlamentares federais, vive uma espécie de isolamento, que é perigoso, apesar de suas constantes visitas às bases. Mas só visitas não bastam. Serys vive o desgaste de quase seis anos e quatro meses de Brasília e sua atuação pode ser considerada discreta sob todos os aspectos.

Gilberto Gölner, que assumiu o vaga do ex-senador Jonas Pinheiro, falecido no ano passado, em exclusiva para o Olhar Direto, em Brasília, diz ser o candidato natural do Democratas ao Senado. Contudo, ressaltou que estaria disposto a sacrificar seu projeto em prol de um entendimento do arco de alianças que elegeu Blairo Maggi governdor de Mato Grosso por duas vezes.

O procurador da República, José Pedro Taques, conforme antecipou ao Olhar, também anunciou sua pretensão em ser candidato ao Senado garantiu não ter nenhum preconceito com relação a partido. Segundo fontes, Taques estaria entre o PV e do PDT, mas sabe que, antes de tudo, precisa viabilizar sua candidatura.

Da Redação /Marcos Coutinho
Foto: Reprodução
Fonte: Olhar Direto
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Ministro Gilmar Mendes, do STF, envergonha Mato Grosso

Posted on abril 23, 2009. Filed under: Ministro Gilmar Mendes, STF |

>

O mato-grossense Gilmar Mendes

“Vossa excelência, quando se dirige a mim, não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar. O senhor respeite”. Essa foi uma das frases do ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, em resposta dura ao colega, o mato-grossense Gilmar Mendes. Ambos voltaram a bater boca nesta quarta (22), durante durante a sessão plenária, faltando um dia para Mendes completar um ano à frente do Supremo. Ao avaliar uma das ações do dia, Mendes disse que Barbosa “julga por classe” e não tem condições de “dar lição de moral”.

Joaquim Barbosa ficou na bronca: “Vossa Excelência está destruindo a Justiça deste país e vem agora dar lição de moral em mim. Saia à rua ministro Gilmar”.
Mendes retrucou:
– Eu estou na rua!
Barbosa prosseguiu:
– Vossa Excelência não está na rua não. Vossa Excelência está na mídia, destruindo a credibilidade do Judiciário brasileiro. É isso. Vossa Excelência quando se dirige a mim não está falando com os seus capangas do Mato Grosso, ministro Gilmar. O senhor respeite.
Mendes, mato-grossense de Diamantino, responde:
– Vossa Excelência me respeite. Eu te respeito.

A sessão foi encerrada logo após a troca de farpas dos dois ministros. Joaquim Barbosa foi embora do STF após a confusão e a assessoria de Mendes ainda não se pronunciou sobre o assunto.

O bate-boca começou durante a análise de embargos (recursos) protocolados contra duas leis julgadas inconstitucionais pelo Supremo. Uma das ações, a que gerou a discussão, se referia a uma lei estadual de 1999 que criou o Sistema de Seguridade Funcional do Estado do Paraná. A legislação foi considerada inconstitucional pelo STF em agosto de 2006, mas o recurso questionava se a mesma seria invalida desde sua criação ou somente a partir da decisão.

Esta não foi a primeira vez que os ministros discutiram em plenário. Em setembro de 2007, os dois já tinham se desentendido. O bate-boca começou quando Mendes propôs votar novamente, com a presença de todos os 11 ministros que integram o STF, uma questão decidida em uma ocasião anterior, quando um dos ministros não estava. “Ministro Gilmar, me perdoe a palavra, mas isso é jeitinho. Nós temos que acabar com isso”, disse Barbosa na ocasião. Em resposta, Mendes disse que não iria responder à provocação. “Vossa Excelência não pode pensar que pode dar lição de moral aqui”, retrucou Mendes, em 2007.

Autor: RDNews
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Os melhores concursos público do Brasil com inscrições abertas

Posted on abril 22, 2009. Filed under: concurso, concurso público, Concursos, Porque prestar um Concurso Público |

>

Abaixo você tem uma lista de concursos, os maiores e melhores do Brasil, com todos as informações para acessar o edital e o linck da entidade organizadora, é só acessar e inscrever.
Acesse

Vagas Salário máximo Escolaridade Local de trabalho
Aeronáutica

ABERTAS

até

07/05/09

455 não informado nível médio formação em Guaratinguetá (SP) e após qualquer unidade militar veja edital
Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará

ABERTAS

até

19/04/09

247 R$ 2.160,74 todos os níveis Várias cidade do PA veja edital
Companhia Espírito Santense de Saneamento

ABERTAS

até

26/04/09

60 R$ 2.861,51 nível médio, técnico e superior Vitória (ES) veja edital
Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de Minas Gerais

ABERTAS

até

30/04/09

8 R$ 1,7 mil nível fundamental e médio Belo Horizonte, Divinópolis e Uberlândia veja edital
Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de São Paulo

ABERTAS

até

12/05/09

196 R$ 2.770,17 todos os níveis Grande SP, interior e baixada veja edital
Fundação Nacional de Saúde

ABERTAS

até

17/05/09

411 R$ 2.222,72 nível médio e superior todo o país veja edital
Instituto de Botânica de São Paulo

ABERTAS

até

17/05/09

40 R$ 1.037,86 todos os níveis São Paulo (SP) veja edital
Marinha (1)

ABERTAS

até

30/04/09

1.520 R$ 1.000,00 nível fundamental Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande (RS), Brasília (DF), Ladário (MS), Belém (PA), Manaus (AM), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Natal (RN) veja edital
Marinha (2) ABERTAS até 27/04/09, exceto na área médica, que inscreve entre 28/04/09 e 18/05/09 233 não informado nível superior Rio de Janeiro (RJ) veja edital
Metrô do Distrito Federal

ABERTAS

até

26/04/09

731 R$ 2.985,00 todos os níveis Brasília (DF) veja edital
Metrô de São Paulo

ABERTAS

até

24/04/09

cadastro R$ 4.521,78 todos os níveis São Paulo (SP) veja edital
Ministério Público do Rio de Janeiro

ABERTAS

até

13/05/09

30 não informado nível superior Rio de Janeiro (RJ) veja edital
Polícia Civil do Amazonas

ABERTAS

até

22/04/09

100 R$ 6.104,16 nível superior estado do AM veja edital
Polícia Militar do Distrito Federal

ABERTAS

até

30/04/09

800 R$ 930,00

nível fundamental

Brasília (DF) veja edital
Prefeitura de Cruzeiro (SP)

ABERTAS

até

22/04/09

262 R$ 5.000,00 todos os níveis Cruzeiro (SP) veja edital
Prefeitura de Dourado (SP)

ABERTAS

até

24/04/09

16 R$ 7.050 todos os níveis Dourado (SP) veja edital
Prefeitura de Garopaba (SC)

ABERTAS

até

27/04/09

155 R$ 3.832,87 todos os níveis Garopaba (RS) veja edital
Prefeitura de Porto Velho (RO)

ABERTAS

até

19/04/09

731 R$ 1.300,00 todos os níveis Porto Velho (RO) veja edital
Prefeitura de Ribeirão Preto (SP)

ABERTAS

até

26/04/09

91 R$ 873,53 nível fundamental Ribeirão Preto (SP) veja edital
Prefeitura de São João da Barra (RJ)

ABERTAS

até

23/04/09

279 R$ 6.000 todos os níveis São João da Barra (RJ) veja edital
Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo

ABERTAS

até

30/04/09

100 R$ 3.833,16 nível superior São Paulo (SP) veja edital
Tribunal de Contas do Estado da Bahia

ABERTAS

até

24/04/09

6 R$ 1.035,76 nível superior Salvador veja edital
Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão

ABERTAS

até

05/05/09

47 R$ 6.611,39 nível médio e superior São Luís (MA) veja edital
Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região

ABERTAS

até

05/05/09

7 R$ 19.955,40 nível superior Recife (PE) veja edital
Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 8ª Região (Amapá/Pará)

ABERTAS

até

24/04/09

7 R$ 19.955,40 nível superior Belém (PA)

veja edital

Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (Santa Catarina)

ABERTAS

até

15/05/09

2 R$ 19.955,40 nível superior Florianópolis (SC) veja edital
Universidade Federal de São Carlos (SP)

ABERTAS

até

24/04/09

27 R$ 1.747,83 nível médio e superior Araras, São Carlos e Sorocaba (SP) veja edital
Universidade Federal de São João Del Rei (MG)

ABERTAS

até

30/04/09

74 R$ 1.747,83 nível médio Divinópolis, São João Del Rei, Ouro Branco e Sete Lagoas (MG) veja edital
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Caos na saúde de MT: Hospital Regional de Rondonópolis suspende atendimento na emergência

Posted on abril 22, 2009. Filed under: Caos na saúde de MT, Hospital Regional de Rondonópolis |

>

Com o setor de emergência com sua capacidade de atendimento esgotado, a direção-geral do Hospital Regional de Rondonópolis trancou o portão e suspendeu o pronto atendimento a partir deste feriado de terça (21), agravando ainda mais o caos porque passa a saúde pública no município. “No setor de emergência, atendemos até 4 pacientes com controle e, buscando equipamentos de fora, pode se chegar a 7. Hoje, porém, teve momento que tinham 9 pessoas dependendo de respiração artificial. Aí, infelizmente, não tem jeito. Se continuar assim, vai morrer gente”, alertou nesta terça à noite, por telefone, o médico Ênio Ricardo Pereira Júnior, diretor-geral do Hospital Regional.

Para Ênio, “tudo tem limite máximo e é essa a situação em que se encontra o setor de emergência”. Ele culpa a falta de gerenciamento da secretaria municipal de Rondonópolis, sob Valdecir Feltrin. Explica que o Município tem gestão plena na saúde e, nesse caso, poderia levar pacientes para outros hospitais, como Santa Casa de Misericórdia e Materclin, o que não está acontecendo. “É preciso fazer como em Cuiabá que, diante do hospital lotado por causa dos casos de dengue, transfere pacientes para hospitais privados, e não jogar o paciente na frente do hospital como está acontencendo aqui em Rondonópolis”, reclama o diretor-geral.

Ênio Ricardo afirma que não vê uma solução imediata para o Hospital Regional, mantido pelo governo estadual, atender a demanda no setor de emergência. A unidade possui 116 leitos, incluindo a pediatria. Ele observa que o problema não está na demanda por leitos, mas sim na área de emergência. Destaca que o Estado vai destinar recursos para ampliar o hospital e, enquanto isso, entende que a prefeitura deveria fazer encaminhamento de pacientes em estado grave para outras unidades hospitalares.

Somente de uma só vez chegaram 4 pessoas vítimas de acidentes e um outro com ferimentos graves por causa de espancamento. Esses casos traumáticos superlotam o setor, em meio a um clima tenso e de revolta dos familiares das vítimas.

Reação

A secretaria de Saúde de Rondonópolis admite dificuldades para atender a demanda e considera estranha a decisão do Hospital Regional de, a partir desta terça, “recusar” pacientes. Insinua que estaria havendo boicote de médicos e do comando do hospital para com a gestão do prefeito Zé do Pátio.

Fonte: RDNews
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Mel na boca de criança: Maggi reduz 3% sobre energia, mas não cumpre promessa

Posted on abril 20, 2009. Filed under: alíquota de ICMS da energia, Aneel, Blairo Maggi, Maggi reduz 3% sobre energia |

>

Fernando Ordakowski


A promessa feita por Blairo Maggi na campanha de 2002, de que, se eleito governador, reduziria drasticamente a alíquota de ICMS sobre energia, começa a ser cumprida em parte a partir do próximo mês, seis anos após ter assumido o comando do Estado e a menos de 2 para concluir o segundo mandato. Mesmo assim, a promessa tão alardeada à época e que o ajudou a conquistar votos não contempla todas as faixas de consumidores.

A redução da alíquota de ICMS que incide sobre consumo de energia foi de apenas 3%, de 30% para 27%. Só vale para empresas do ramo do comércio e residências que tiverem consumo superior a 500 quilowatts (kW/h) por mês. Mesmo assim, o governo garante que vai aliviar o bolso de cerca de 100 mil consumidores mato-grossenses. Em verdade, nem foi cumprimento de promessa de campanha propriamente dito e, sim, um paliativo que o Palácio Paiaguás encontrou para compensar o reajuste de 11,75% da tarifa anunciado neste mês pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A secretaria de Fazenda informa que a redução dos 3% implicará numa queda de R$ 17,5 milhões da arrecadação de ICMS por ano. Entende que o governo tem adotado a política de dedução fiscal. As indústrias podem abater ICMS pago no consumo da energia elétrica no recolhimento de outros impostos de competência estadual. Já aos consumidores residenciais das demais faixas de consumo, o governo Maggi alega que oferece desconto escalonado do ICMS. Garante que quase 900 mil da faixa de consumo de até 100 kW/h estão isentos do ICMS da energia.

Perfil

Por mais que resista, Blairo Maggi está com a imagem rotulada de político. Várias de suas promessas foram engavetadas, principalmente aquelas feitas no afã da conquista do primeiro mandato. Ele queria ser diferente daqueles caciques tradicionais, como o senadore Jayme Campos (DEM), o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) e o deputado estadual José Riva (PP). No primeiro mandato, Maggi, oriundo da iniciativa privada, até que se manteve firme com o propósito de fazer valer o perfil mais técnico. Depois, se igualou aos demais líderes políticos.

Fonte: RDnews

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Ex-governadores de MT ganham R$ 5 milhões de pensão por ano

Posted on abril 20, 2009. Filed under: aposentadoria, Ex-governadores de MT, pensão paga a ex-governadores de Mato Grosso |

>

Iraci França é a última privilegiada com aposentadoria

Mesmo com o fim da lei que extinguiu, a partir de 2003, a pensão vitalícia a futuros ex-governadores, vices e substitutos constitucionais, 19 pessoas (incluindo 4 pensionistas) que comandaram o Estado recebem hoje o benefício. Em média, são R$ 22,1 mil para cada um. São aposentadorias que equivalem ao subsídio de um desembargador do Tribunal de Justiça.

O assunto é polêmico, principalmente considerando que um cidadão brasileiro comum trabalha por até 35 anos e contribui todo mês para com a Previdência, a fim de garantir uma aposentadoria de no máximo R$ 3 mil. Enquanto isso, mais de 70 ex-governadores de 12 Estados exerceram o cargo por menos tempo e sem contribuição previdenciária e ganham uma gorda pensão para o resto da vida.

Hoje, os ex-governadores, incluindo vices e ex-presidentes da Assembleia que comandaram o Estado por menos de 15 dias, recebem juntos, mensalmente, cerca de R$ 400 mil mil (R$ 4,8 milhões/ano). Os últimos que entraram na lista de privilegiados foram Rogério Salles (2002) e Iraci França, que foi vice-governadora no primeiro mandato de Blairo Maggi (2003/2006) e conduziu o Estado por alguns dias, quando o titular esteve em viagem ao exterior.

Parecer técnico da Secretaria de Administração diz que o subsídio dos governadores que encerraram mandatos na vigência da Constituição Estadual de 1989 deve ser equivalente ao maior subsídio percebido pelo Estado. Neste caso, conforme o estabelecido pela Lei nº 7.569, de 2001, o valor deveria ser de R$ 13,1 mil, pago hoje ao governador Blairo Maggi.

O problema é que os ex-governadores recorreram à Justiça. Sustentaram a tese do princípio da irredutibilidade salarial. Com isso, quatro (Júlio Campos, Garcia Neto, José Fragelli e Pedro Pedrossian) conseguiram garantir direito de “engordar” o salário. Outros nove ex-governadores, incluindo Moisés Feltrin e Osvaldo Sobrinho, que ficaram menos de 30 dias no cargo, também ganham pensão acima de R$ 20 mil. O mesmo benefício se estende às pensionistas Shirley Gomes Viana, Hélia Valle de Arruda, Maria de Arruda Muller e Clio Marques Pires. Pensionistas dos então vice e que viraram governador por alguns dias, Cássio Leite de Barros e Wilmar Peres (já falecidos), também são contemplados.

Fonte: RDNews
Ler Post Completo | Make a Comment ( 1 so far )

« Entradas Anteriores

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...