Archive for outubro \31\UTC 2009

>Um pouco de quase tudo

Posted on outubro 31, 2009. Filed under: FAB, Funasa, gripe suína, IAB, Judiciário, Mercosul, MST, presidente Lula |

>

BC do Japão retira medidas de estímulo

<!– function paginaSlideShow213928(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O Banco do Japão (BOJ) retirou algumas das medidas de estímulo que foram adotadas para lidar com a recente crise financeira mundial. Entre as ações, está a decisão de encerrar as compras de bônus corporativos e commercial papers no fim de 2009. Nesta semana, o banco apresentou o relatório Perspectiva para Atividade Econômica e Preços, no qual expressa que o Japão está no caminho de uma recuperação, depois de as condições terem deteriorado com a crise econômica recente. No entanto, houve a ressalva de que há algumas melhorias no setor manufatureiro, mas o consumo doméstico continua fraco. De acordo com o BOJ, se a renda dos consumidores seguir debilitada e o desemprego elevado, o quadro econômico permanecerá ruim. Por isso, o banco não espera uma recuperação plena até o próximo ano.

Sponholz

Sponholz

Adesão da Venezuela ao Mercosul
será aprovada em 10 dias

<!– function paginaSlideShow213858(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O presidente Lula afirmou nesta sexta (30) que o ingresso da Venezuela no Mercosul deverá ser confirmado pelo Brasil em cerca de 10 dias. Ontem (29), a Comissão de Relações Exteriores do Senado conseguiu aprovar a adesão do país vizinho ao bloco, muito contestada pela oposição. Já o presidente venezuelano, Hugo Chávez, destacou hoje, em encontro com Lula, o esforço do Brasil para a integração da região. Para ele, Brasil e Venezuela formam “uma só pátria, a pátria sul-americana”. Dos países do Mercosul, falta ainda o Congresso do Paraguai aprovar a entrada da Venezuela no bloco.

Lula promoverá o Brasil na Inglaterra

<!– function paginaSlideShow213856(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O presidente Lula pretende aproveitar a visita que realizará a Londres na próxima semana para promover novos investimentos britânicos no Brasil. Segundo o porta-voz da Presidência brasileira, Marcelo Baumbach, Lula terá entre quarta (4) e quinta (5) diferentes encontros com investidores e empresários do Reino Unido, além de reuniões com a rainha Elizabeth II da Inglaterra e com o primeiro-ministro do Reino Unido, Gordon Brown. Na ocasião, o presidente aproveitará a reunião para apresentar as oportunidades que estão surgindo no Brasil após a superação da crise econômica global, as obras que serão necessárias para explorar as gigantescas reservas petrolíferas descobertas no oceano Atlântico, e a organização da Copa do Mundo de 2014 e Jogos Olímpicos de 2016. Lula também terá uma reunião em Londres com Lashmi Mittal, o presidente da líder mundial de siderurgia, Arcelor Mittal, e inaugurará um escritório do BNDES na capital britânica.

IAB: ‘PEC do Calote’ atenta
contra estado democrático de Direito

oab.org.br
Foto
HENRIQUE MAUÉS

<!– function paginaSlideShow213835(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros, Henrique Maués, afirmou hoje (30) que a entidade é totalmente contrária à aprovação da PEC dos Cartórios, conhecida como PEC do Calote, “porque ela constituirá o mais duro golpe contra o Estado Democrático de Direito desde o advento da Constituição de 1988 – e um golpe desferido justamente pelo Congresso Nacional”. Na visão do presidente do IAB, a proposta retira a responsabilidade do Estado pelos atos praticados pelos seus agentes, uma vez que o desonera do pagamento das indenizações impostas pelo Judiciário por decisão transitada e julgada. “Com a aprovação dessa PEC, o cidadão, em face do Estado, não terá direitos, não terá defesa”, protestou Maués. Para concluir, o presidente do IAB afirmou: “É triste ver um ex-integrante da Justiça jogando contra essa própria Justiça”, referindo-se ao ministro Nelson Jobim, o idealizador da PEC.

Judiciário terá os gastos revelados

Orlando Brito
Foto
MINISTRO GILMAR MENDES

<!– function paginaSlideShow213828(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, anunciou nesta sexta (30) que em 2010 passará a funcionar um sistema eletrônico de acompanhamento em tempo real dos gastos do Poder Judiciário em todo o País. Segundo Mendes, o sistema funcionará no mesmo molde do Siafi, que compila as despesas do poder público federal. No entanto, não há previsão de quando o sistema será totalmente alimentado, já que ele dependerá do envio de informações pelos tribunais. Para Gilmar Mendes, a medida é essencial para “efetivar a participação dos juízes na gestão dos tribunais”.

Enfermeiro da Funasa está desaparecido

<!– function paginaSlideShow213826(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O enfermeiro da Funasa João de Abreu foi identificado como o único passageiro civil que ainda permanece desaparecido, após a queda do avião C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira, na quinta (29), sobre a floresta amazônica. O presidente Lula já enviou uma mensagem a cada um dos sobreviventes do acidente. Ele está na Venezuela, onde visita o mandatário Hugo Chávez.

PSDB indica membros para CPMI

Orlando Brito
Foto
SEN. ÁLVARO DIAS

<!– function paginaSlideShow213823(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

A PSDB indicou nesta sexta (30) os parlamentares que vão integrar a CPMI do MST. A oposição tem direito a 13 das 36 vagas de titulares na comissão. Os tucanos escolhidos são os deputados Bruno Araújo (PE) e Carlos Sampaio (SP) como titulares e Alfredo Kaefer (PR) e Ruy Pauletti (RS) como suplentes. Álvaro Dias (PR) foi indicado como o senador tirular, enquanto João Tenório (AL) e Flexa Ribeiro (PA) ocupam as suplências. A oposição acusa o governo federal de repassar recursos para o MST por intermédio de entidades “laranjas” que estariam cadastradas no Ministério do Desenvolvimento Agrário.

Gripe suína já matou 5,7 mil pessoas

<!– function paginaSlideShow213819(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

Novo balanço da Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que 5,7 mil pessoas já morreram em todo o mundo vítimas da gripe A (H1N1), a gripe suína. O novo saldo mostra um aumento de 14% no número de casos em apenas uma semana e preocupa diante da chegada do inverno no hemisfério Norte. O balanço anterior da OMS indicava 5.000 mortos em 195 países e territórios desde a aparição do novo vírus H1N1, em março deste ano. Ainda segundo a organização, o continente americano continua sendo o mais atingido –com 4.175 mortos, um aumento de 636 casos em uma semana. A OMS também informou que as vacinas contra a gripe suína disponibilizadas são seguras e podem ser administradas em mulheres grávidas.

FAB dá nomes de vítimas de acidente

airliners.net
Foto
O Cessna C-98 Caravan, da Força Aérea Brasileira

<!– function paginaSlideShow213817(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

A FAB informou nesta sexta-feira (30) o nome dos nove sobreviventes que estavam no avião que desapareceu na última quinta-feira (29) sobre a floresta amazônica. São eles o 1° Tenente Carlos Wagner Ottone Veiga, o 2° Tenente José Ananias da Silva Pereira e o 1° Sargento Edmar Simões Lourenço. Também foram resgatados seis funcionários da Funasa: Diana Rodrigues Soares, Marcelo Nápoles de Melo, Maria das Dores Silva Carvalho, Maria das Graças Rodrigues Nobre e Marina de Almeida Lima e Jositéria Vanessa de Almeida.

Reforma permite salários mais altos

<!– function paginaSlideShow213813(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

A reforma administrativa do Senado permite que a remuneração dos servidores da Casa ultrapasse o teto constitucional de R$ 25.275, o que é ilegal. Pelo texto, o recebimento de benefício extra de “função comissionada” não seria contado no cálculo do salário dos funcionários, o que permitiria que os mesmos recebessem rendimento maior que o limite legal. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse que não tinha visto este detalhe.O projeto de reforma da Casa foi elaborado pela Fundação Getúlio Vargas, possui 416 artigos e custou R$ 250 mil. A reestruturação da administração da Casa deve demorar, no entanto, pelo menos mais um mês para ser executada.

DEM realiza encontro da juventude

<!– function paginaSlideShow213812(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O Democratas realizará entre esta sexta (30) e 2 de novembro o II Encontro Nacional da Juventude. Em Blumenau, Santa Catarina, os jovens partidários discutirão sobre a imagem do político no Brasil e o trabalho da militância de oposição no país. Entre os palestrantes, estarão presentes Marcelo Tas, o comandante do CQC, Mário Rosa, o autor de A Era do Escândalo, e Antonio Lavareda, cientista político. Segundo o deputado Efraim Filho, presidente nacional da Juventude Democratas, o partido “vai mostrar ao Brasil que é oposição responsável, questionadora, no pique e na vanguarda como todo jovem de ser”. Fonte: http://www.claudiohumberto.com.br

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Governo articula e tira deputado Percival Muniz da presidência da CPI da saúde

Posted on outubro 30, 2009. Filed under: CPI, CPI da Saude, deputado Percival Muniz, deputado Sérgio Ricardo |

>

A CPI da Saude será presidida pelo deputado Sérgio Ricardo (PR) e terá como relator o deputado Wallace Guimarães (PMDB) e como vice-presidente a deputada Chica Nunes (DEM). A composição da CPI foi aprovada durante votação ontem, por quatro votos a um, em reunião fechada dos membros da Comissão. A informação foi prestada pelo deputado Percival Muniz (PPS), que chorou ao confirmar aos jornalistas que foi voto vencido na reunião entre os titulares da CPI. “Foram quatro votos favoráveis. O golpe já está dado. Na terça-feira eles só vão homologar o que se decidiu aqui hoje”, disse o deputado, após deixar a reunião.

Percival Muniz se emociona, vira o rosto e chora ao saber que perdeu

Ele pleiteava a presidência na Comissão, com base no artigo 378 do Regimento Interno da Assembleia Legislativa, que concede, de forma automática, a presidência da CPI ao autor do requerimento. O deputado chegou a acusar o Palácio Paiaguás de vetar seu nome para a presidência da CPI.

Os deputados Wallace Guimarães, Alexandre César (PT), Antônio Azambuja (PP) e Sérgio Ricardo (PR), todos da base de sustentação ao governo Blairo Maggi, foram unânimes ao afirmar que o Palácio Paiaguás nunca interferiu na composição e na formação da CPI da Saúde. De acordo com eles, Percival foi apenas um articulador da CPI, mas a autoria é das lideranças partidárias, que podem escolher qualquer um dos membros para os principais cargos.

Percival discorda. “O jogo político é pesado, fomos voto vencido. É o jogo que a gente paga por ser pequeno”, disse, visivelmente emocionado. Ele descartou deixar a CPI. “Cheguei a analisar, pensar na possibilidade de eu ficar de fora. Mas, como membro, eu ainda poderei fazer muita coisa”.

O deputado Sérgio Ricardo (PR) desconversou sobre o assunto. “Não, não foi escolhido ninguém. Será na terça-feira. Ninguém colocou nada sobre esses assuntos”.

A informação de que os membros da CPI já escolheram os nomes para a presidência e para a relatoria não foi confirmada pelos demais deputados que compõem a Comissão. Todos disseram que não houve consenso e que os nomes só serão escolhidos na reunião marcada para a próxima terça-feira. Fonte: A Gazeta


Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>As perdas na educação de Mato Grosso são imensuráveis

Posted on outubro 30, 2009. Filed under: Educação, escola, imensuráveis, Mato Grosso, professores, Secretaria de Educação |

>

A educação escolarizada pública do Estado de Mato Grosso vai de mal a pior. “Falta de gestão”. Isso não é para menos, pois nada é realizado com planejamento. Tudo se dá na base do improviso. Pior ainda, o governador não vê esse setor como um dos mais importantes da administração estadual. Por isso, Sua Excelência não sente nenhum acanhamento em fechar escolas e demitir professores e funcionárias responsáveis pela limpeza das escolas, sob a lengalenga de contenção de despesas.

Quadro complicado. Revoltante quando se sabe que o governador “cava” brechas de emprego para acomodar seus apadrinhados. Ontem, foi no Tribunal de Contas do Estado, hoje na Agecopa e amanhã, talvez no Senado. Depois que todos eles passaram pelo governo, e um se estagia se no Dnit.

Nesse meio tempo, os interinos vão, aos poucos, sendo descartados. Descartados de uma maneira humilhante. A ponto de ninguém sair em suas defesas. Nem o sindicato, que se mostra fiel ao secretário de Educação. Integrante do “partido que sempre tratou essa entidade da categoria profissional como extensão partidária”, no dizer do autor de um e-mail recebido por esta coluna. Muito menos é voz contrária o colega transformado em burocrata. Condição que o faz perder o senso crítico, além de torná-lo míope em um local onde até processo de aposentadoria se perde em seu percurso de “gaveta em gaveta” da burocracia. Vício há bastante, institucionalizado. Entra e sai governo, porém coisa alguma é mudada, que dirá transformada, a despeito do avanço da tecnologia. O que faz da Secretaria de Educação estadual um órgão ineficiente diante da complexidade gerada pelo dia-a-dia da escola.

Escola que, diariamente, clama por socorro. Mas o governador, talvez preocupado demasiadamente com a macroeconomia, cujo interesse próprio e particular é bastante claro, sequer lhe deu a atenção devida. Contrariando o que dizia o “estar na palma da mão”.

Enquanto isso, ou por conta disso, o ambiente escolar perde não só em qualidade, como também em brilho. Pois no lugar do arejamento, condição necessária para que o alunato se sinta bem, encontra-se uma situação de embaçamento. Daí, inclusive, o desestímulo do estudante, cujo resultado não poderia ser outro senão a apatia, e, nesse estado, também deixa de frequentar as salas de aula.

Fuga que também pode ser atribuída à desorganização de quem administra a secretaria, que, na ponta final, é de fato o governador. Mas, ao invés de se autodemitir ou exonerar o seu auxiliar direto, Sua Excelência prefere jogar a culpa nos interinos, pois estes não “seguraram” a “clientela”.

As demissões, portanto, são, na verdade, atestados de culpabilidade de professores e funcionários de limpeza desligados. Desligados de maneira injusta, desleal e deselegante.

Assim, o atual governador coloca a si mesmo como um dos mais ineficientes para administrar o setor educacional estadual. Posicionando-se bem abaixo dos degraus em que se encontram, embora desconfortavelmente, os ex-governadores Dante de Oliveira e Carlos Bezerra. Na gestão do primeiro fortaleceu a eleição para diretores e consolidou-se o pagamento em dia; enquanto na do segundo, o salário dos profissionais da educação de Mato Grosso era um dos maiores do país.

As perdas, portanto, são imensuráveis. Também, pudera, a educação escolarizada nunca foi vista pelo chefe do Executivo regional como setor relevante.

Autor: Lourembergue Alves é professor universitário. Fonte: A Gazeta. E-ail: lou.alves@uol.com.br

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Chinaglia diz que Jefferson avisou a Lula sobre o mensalão

Posted on outubro 29, 2009. Filed under: Arlindo Chinaglia, Lula, mensalão, PT, Roberto Jefferson |

>

Foto
DEP. ARLINDO CHINAGLIA

<!– function paginaSlideShow213739(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) confirmou nesta quinta (29), em depoimento à Justiça, que o presidente do PTB, Roberto Jefferson, revelou ao presidente Lula sobre o esquema do mensalão. Em 2005, quando era líder do PT na Câmara, Chinaglia disse ter tomado conhecimento do suposto esquema em dois momentos; primeiro, quando Jefferson teria alertado o presidente Lula sobre a existência do esquema, e,segundo, por meio da imprensa. Questionado sobre se tem conhecimento da existência de fato do mensalão, Chinaglia sugeriu acreditar que o caso nunca existiu. O ex-presidente da Câmara afirmou também que não conheceu o empresário Marcos Valério, apontado como o operador do mensalão. Ele prestou depoimento à juíza Pollyana Kelly Martins Alves, da 12ª Vara Federal do Distrito Federal, na condição de testemunha de defesa de cinco réus na ação penal do mensalão.

Fonte:www.claudiohumberto.com.br


Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Sinop realisará encontro com a presença de Wilson Santos, Jaime Campos e José Serra

Posted on outubro 29, 2009. Filed under: Jaime Campos, José Serra, Nilson Leitão, Sinop, Wilson Santos |

>

Lideranças políticas de Sinop (município localizado a 520 km de Cuiabá) confirmaram a realização de um encontro regional para o próximo dia 14 com as cúpulas de PSDB, DEM e PTB. A expectativa é de que os líderes “selem um acordo público e tácito” em relação a um pacto visando às eleições gerais de 2010, inclusive com a participação do governador de São Paulo, José Serra (PSDB).


O objetivo dos três partidos é discutir as propostas para o pleito do próximo ano, o atual cenário político de Sinop, Mato Grosso e Brasil, haja vista a presença de pré-candidatos nas três esferas, além de definir estratégias conjuntas de comportamento em relação à base situacionista.

São esperados para este encontro suprapartidário, além do presidenciável José Serra (PSDB), o prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), o senador licenciado Jaime Campos (DEM) e o senador em exercício Osvaldo Sobrinho (PTB), além de deputados, prefeitos e vereadores das três siglas.

O local do encontro ainda não está definido. Segundo o organizador do evento, o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão, estão sendo convidados correligionários, filiados e simpatizantes dos três partidos, de todas as cidades do Norte, Médio-Norte, Baixada Cuiabana e Araguaia.

Entre os líderes confirmados para o evento, o deputado estadual Dilceu Dal Bosco já anunciou candidatura à reeleição, mas também “namora” a possibilidade de ser vice-governador; Leitão pode ir a federal, mas também com possibilidade de ser vice; e Wilson e Jaime disputam entre si para saber quem encabeçará a chapa majoritária; já Sobrinho articula candidatura ao Senado. Fonte: Olhar Direto

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Zé Dog é o ‘point’ de cachorro quente de toda Cuiabá

Posted on outubro 29, 2009. Filed under: cachorro quente, Pão macio, salsicha, vinagrete, Zé Dog |

>

O cachorro quente, que em saborosas festinhas infantis divide a atenção com brigadeiro, velas e balões coloridos, é o astro principal de noites e madrugadas da praça Clóvis Cardoso. Calma, não se trata de nenhum castelo surreal de gostosuras, mas sim da deliciosa fábrica de cachorro quente do Zé Dog.

Localizada na região central de Cuiabá, entre as badaladas avenidas Isaac Póvoas e Getúlio Vargas, o Zé Dog é aparentemente uma simplória opção para lanches rápidos.

No entanto, bastam alguns minutos de atenção para perceber que aquele ali é um dos principais pontos do roteiro gastronômico da capital.

Zé Dog é o 'point' mais badalado de cachorro quente de toda Cuiabá

Pão macio, salsicha, vinagrete, pedacinhos de queijo e batata palha crocante. Aparentemente, os itens não são nenhuma novidade. Então afinal, o que é que o Zé Dog tem?

De acordo com o Zé, o segredo do sucesso é a utilização de ingredientes selecionados, cuidado no armazenamento de cada item que compõe o famoso cachorro quente e claro, muito trabalho.

A rotina começa cedo, ou melhor, parece não ter começo nem fim. Para se ter uma idéia, o Zé vai dormir por volta das 11h da manhã e “acorda” geralmente às 15h. Ele conta que depois que encerra as vendas de lanche, chega em casa e começa a sina da desarrumação. “Limpar, lavar, guardar tudo”, explica. Depois, de manhã bem cedinho, uma funcionária fica encarregada de começar a preparar tudo o que será vendido naquele dia. “Ela corta, prepara, deixa as coisas encaminhadas”, diz. Depois, entra em cena protagonista de toda esta história, o Zé. “Deixo tudo pronto e então estamos prontos para mais um dia”, relata.

Doce picantes do Zé

Quem vê o Zé, sempre discreto, trajando camisa branca e avental preto, pode nem imaginar que ele teve clientes que poderiam formar um verdadeiro glossário de personalidades.
Há exatos 21 anos ele atende quase todos os dias não só a juventude cuiabana bem nascida, mas também transeuntes, autoridades políticas, jogadores de futebol, secretários, apresentadores de tevê. Músicos como Leonardo e os integrantes das bandas Titãs e Jota Quest também já foram atendidos pelo Zé. “O Bruno Galiasso (ator) já esteve aqui também. Mal educado aquele rapaz! Queria passar na frente de todo mundo!”, confidencia sem nenhum constrangimento.

Depois de atender tanta gente e ouvir tanta coisa, Zé admite que suas histórias dariam um livro dos grossos. “Articulação política, fofoca, ih… Aqui fico sabendo de tudo. Muita gente diz que devo escrever um livro, de repente até deveria mesmo”, diz.

Embora o “fazedor de delícias” assuma que detém informações preciosas sobre tudo que acontece na Cidade Verde, ele dá uma má notícia para os curiosos: “Fico aqui escutando tudo, mas sou muito discreto. Não posso comentar sobre o que descubro aqui”.

Para participar dos capítulos da história do Zé Dog, basta ir até a praça Clóvis Cardoso, de terça-feira a domingo, a partir das 19h. O cachorro quente custa R$ 4,00.

Fonte: Olhar Direto

Ler Post Completo | Make a Comment ( 1 so far )

>Senador Expedito Júnior está em 1º lugar nas pesquisas para governador de RO e é cassado pelo TSE e STF

Posted on outubro 29, 2009. Filed under: eleições 2010, Expedito Júnior, IRPE, Rondônia, Senador, STF, TSE |

>

Condenado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por compra de votos e abuso do poder econômico nas eleições de 2006, o senador Expedito Júnior (PSDB-RO) lidera pesquisa para as eleições ao governo de Rondônia em 2010.

O senador Expedito Júnior (PSDB-RO) Expedito deve ser retirado do seu cargo amanhã

Expedito deve ser retirado do seu cargo de senador amanhã. Devido à decisão do STF da quarta-feira (28), o Senado deve empossar no lugar vago o senador derrotado nas urnas, Acir Marcos Gurgacz (PDT).

Apesar das condenações nos dois tribunais, Expedito teria 25% dos votos segundo pesquisa do Instituto Rondoniense de Pesquisa e Estatística (IRPE).

Em segundo lugar, aparecem empatados Natan Donadon (PMDB), com 14,4% das intenções de voto, e Confúcio Moura (PMDB), com 12,1%. Eduardo Valverde teria 8,1% dos votos e João Cahula (PPS), 4,1%. Outros 12,3% dizem não saber em quem votariam e 14,3% não opinaram.

A pesquisa, divulgada nesta quinta-feira (29), foi feita entre os dias 1º e 16 de outubro de 2009 com 2.084 eleitores em 22 municípios do Estado. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. Fonte: UOL #uolcelular { clear: both; margin:1.5em 0 0 0; font-size:0.8em; } #uolcelular h3 { background:#efefef;color:#000;font:bold 1.1em arial;padding:3px;height:12px;display:block;margin:0;padding-left:1em;} #uolcelular #borda { height:3em;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 13px arial;background:url(http://img.uol.com.br/wap-ico.gif) 1em 0.4em no-repeat;padding:0;padding-top:1.1px; } #uolcelular #borda #txtCel { margin: 0.2em 0 1em 4em; *margin-bottom:1em; } #uolcelular #borda #txtCel a {color:#666666; text-decoration:none; } #uolcelular #borda #txtCel a:hover { text-decoration:underline; } #uolcelular #borda #txtCel a strong {color:#000000;}

Ler Post Completo | Make a Comment ( 1 so far )

>Hotéis e pousadas turísticas de Mato Grosso já estão lotados

Posted on outubro 29, 2009. Filed under: Chapada dos Guimarães, hotéis, Hotéis em Mato Grosso, Hotel Mato Grosso Águas Quentes, Hotel Sesc Porto Cercado, Pousada Penhasco, Turismo, turismo em MT |

>

Os hotéis localizados em pontos turísticos de Mato Grosso estão, em sua grande maioria, com lotação esgotada para o feriado prolongado. Segundo Luiz Verdun, presidente da Associação Brasileira de Hotéis em Mato Grosso (ABIH-MT) enquanto o setor hoteleiro da Capital não tem tanta ocupação neste período por estar mais direcionado ao turismo de negócios, os hotéis e pousadas do interior vivem um bom momento em ocasiões como o próximo feriadão. “Pantanal e Chapada estão entre os locais mais visitados, não apenas por pessoas que moram na Capital mas por gente do interior e de fora do Estado também. Nos finais de semana as pessoas saem da cidade o que explica esta grande procura em outros municípios. Já em Cuiabá e Várzea Grande o movimento cai vertiginosamente”.

O Hotel Sesc Porto Cercado (localizado no Pantanal de Poconé e de Barão de Melgaço, às margens do rio Cuiabá e distante 145 km da Capital) está entre os mais visados. De acordo com Ludivino Romão, do setor de reservas, a procura dos turistas por apartamentos livres no feriado desta semana começou há quatro meses. “Para a Semana Santa do próximo ano, dos 108 apartamentos, há apenas dez livres. O restante já está reservado”.

Segundo o funcionário a maior parte dos turistas vem da Baixada Cuiabana. A diária média para um período de três dias (de sábado a segunda) é de R$ 380,00 para comerciário e R$ 760,00 para usuário com pensão completa.

Também não há mais vagas para quem quiser passar o feriado prolongado na Pousada Penhasco, em Chapada dos Guimarães. Almira Pereira de Andrade, gerente de reservas, disse que as reservas para o feriadão começaram a ser confirmadas há mais de duas semanas. “Feriado é sinônimo de pousada lotada, mesmo que os clientes já conheçam a Chapada porque são, em sua maioria, de Cuiabá”. Na Penhasco a diária é de R$ 279 o final de semana para um casal e com café da manhã.

O Hotel Mato Grosso Águas Quentes também não tem nenhum dos 70 apartamentos disponível pois foi reservado há um ano pela Igreja Presbiteriana no feriado prolongado. Já o Hotel Fazenda Primavera, localizado na rodovia MT-358, no município de Nova Olímpia (a 196 quilômetros da Capital), já tem 90% dos seus 46 apartamentos já reservados. O hotel está localizado entre os Chapadões da Serra de Tapirapuã. Segundo a gerente Elaine Vieira, a procura começou há 15 dias, inicialmente com as reservas que foram sendo confirmadas ao longo desta semana. “Nossos clientes vêm de Cuiabá e municípios como Lucas do Rio Verde e Nova Mutum mas também há gente de outros estados como Rondônia, por exemplo”. A diária custa R$ 300 para o casal com café da manhã.

Se nos hotéis de municípios do interior o movimento é intenso, a Capital costuma ficar vazia nos feriados prolongados. Mas, na opinião de Verdun, isso não chega a ser prejudicial. “Durante a semana o setor hoteleiro de Cuiabá e Várzea Grande tem uma boa frequência o que acaba compensando períodos os feriados. Há esta sazonalidade que permite que os hotéis, tanto da Capital quanto do interior, tenham boa frequência em épocas diferentes”.

Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>69% das estradas brasileiras são ruins e precisa investir R$ 32 bilhões para recuperar

Posted on outubro 29, 2009. Filed under: CNT, estradas, gestão pública, investir, rodovias, trafegabilidade |

>

O Brasil precisa investir R$ 32 bilhões para recuperar todas as estradas que estão em más condições de tráfego, segundo pesquisa divulgada hoje (28) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Entre os problemas encontrados estão a má qualidade do asfalto (63,9%), estradas com sinalização ruim (54,2%) e rodovias sem acostamento (46,3%).

A pesquisa foi feita durante 45 dias e foram analisados 89.552 quilômetros de rodovias, o que inclui todas as estradas federais pavimentadas e as principais estaduais. O presidente da CNT, Clésio Andrade, disse que os investimentos ainda não são suficientes para manter ou recuperar as estradas.

“O governo tem condições de colocar todo o sistema em condições ideais em 10 anos. Depende de recursos financeiros e de boa vontade política”, disse. Apesar da situação ruim, houve melhoras em relação a última pesquisa, em 2007. Segundo Andrade, houve melhoria de 26% a 32% das rodovias classificadas como ótima ou boa.

As piores estradas estão na região Norte: mais de 90% das estradas apresentam más condições. A situação mais crítica é no Amazonas, que tem toda a malha rodoviária considerada como regular, péssima ou ruim. Em seguida está o Acre, que tem 98,7% das estadas em condições precárias. Roraima foi o que teve a maior parte das estradas avaliadas como ruins (43,6%) – a BR-210 foi considerada a pior estrada no estado.

As melhores rodovias estão na região Sudeste, onde 45,7% estão em boas condições. São Paulo apresenta as melhores condições das estradas. Mais de 70% delas estão em boas ou ótimas condições. A melhor estrada é a BR-478 (entre Limeira e o litoral sul de SP), que foi avaliada como ótima. A SP-070 (que é privada) liga a capital paulista a Taubaté e foi avaliada como a melhor estrada.

O Estado de Minas Gerais, que possui a maior malha rodoviária do país, tem as piores estradas da região Sudeste. Um total de 73,7% das estradas mineiras foram avaliadas como ruins, péssimas ou regulares. Apenas as BR-496 (no norte do estado) e 464 (próxima a Uberaba) foram avaliadas como ótima ou boa. As outras nove foram avaliadas como péssimas, ruins ou regulares, sendo que a BR-482 (na região de Viçosa) foi a que recebeu a pior classificação.

No total, 69% das estradas brasileiras são ruins e 31% estão em boas condições. Entre as rodovias sob gestão pública, 77,6% não apresentam boas condições para os motoristas e o restante (22,4%) tem boa trafegabilidade. No caso das rodovias privatizadas, a situação se inverte: 76,5% estão em boas condições e 23,5% apresentam problemas.

Fonte: UOL Economia

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Exportações: Presidente da Abinee defende retorno à banda cambial

Posted on outubro 29, 2009. Filed under: Abinee, câmbio, CNI, dólar, Exportações, Fiesp, real |

>

Instalada em Pedreira (SP), perto de Campinas, a fabricante de isoladores elétricos Cerâmica Santa Teresinha cortou quase pela metade suas exportações nos últimos meses. O motivo foi a perda de rentabilidade nas exportações provocada pela valorização do real frente ao dólar.

Os embarques que respondiam por 40% do faturamento agora não passam de 24%. Não caíram mais porque a empresa decidiu continuar vendendo para clientes que fidelizou nos últimos 10, 15 anos. Fora isso, a lógica é simples: se conseguir aumentar o preço do produto em dólar, vende. Caso contrário, nem pensar.

O real valorizado frente ao dólar não afeta apenas as indústrias de roupas e tecidos . O setor de produtos elétricos e eletrônicos, no exemplo, tem reduzido o ritmo de exportação por causa do câmbio, efeito da perda de competitividade e lucratividade.

Humberto Barbato é o presidente da empresa acima. Ele também é presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee). Humberto defende uma intervenção forte no câmbio, algo difícil de se concordar: volta a uma banda cambial, baseada em uma cesta de moedas.

— Não existe investimento em produtividade na fábrica que consiga vencer o câmbio. O Brasil vive problema de país rico, o que nunca teve, e precisa proteger sua moeda.

Nenhum país rico que se tenha notícia utiliza banda cambial. Humberto diz considerar China e Coréia do Sul nesse grupo. Para ele, os países asiáticos sabem defender sua moeda da especulação internacional.

— Só nós achamos que existe uma flutuação pura, Isso não não existe — diz o executivo, que defende a tese da banda cambial no govermo, na CNI, na Fiesp. Ele reconhece que é uma voz solitária. Fonte: Blog da Mirian Leitão

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

« Entradas Anteriores

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...