>Copa do Mundo de 2014 não resolverá todos os problemas da Grande Cuiabá

Posted on maio 14, 2011. Filed under: Sem-categoria |

>

O trânsito cada vez mais caótico de Cuiabá é um dos grandes problemas enfrentados pelos moradores e um dos maiores desafios para os gestores. Desde que a Capital de Mato Grosso foi escolhida, há um ano, como uma das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014, a luz no fim do túnel se acendeu e todas as esperanças de melhorias foram depositadas nas obras de mobilidade urbana que serão realizadas.
Os projetos – se realmente forem executados como estão no papel – indicam que Cuiabá será uma outra cidade após o Mundial, mais moderna, dinâmica, bonita, e com um trânsito que funciona. Para isso, serão construídos túneis, viadutos, alargamentos de avenidas, melhor iluminação e um transporte público mais moderno que o atual, seja ele BRT ou VLT.
Toda essa mudança com certeza vai transformar a cidade, mas isso não é garantia de que teremos um trânsito melhor, já que não existem projetos – ou pelo menos não se fala neles – envolvendo a população. As obras de mobilidade urbana sozinhas não vão resolver, por exemplo, a questão da violência no trânsito em Cuiabá, onde todos os anos morrem, em média, 180 pessoas.
É preciso criar programas que tenham como foco a educação no trânsito. As pessoas precisam dirigir com respeito à vida, não apenas delas, mas principalmente dos outros, já que dezenas de pessoas morrem – principalmente atropeladas – nas ruas e avenidas de Cuiabá por motoristas que transformam o veículo em uma máquina da matar.
De nada vai adiantar termos um trânsito moderno, se não educarmos quem faz parte dele, todos os dias. Primeiro, é necessário mais rigor no momento da emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ter “permissão” para dirigir não é sinônimo de estar preparado para assumir um volante. Segundo, a fiscalização precisa ser mais rigorosa e tirar das ruas pessoas despreparadas, que não têm a mínima condição de serem chamadas de motoristas. Os investimentos em educação são imprescindíveis e devem começar lá na pré-escola, quando as crianças começam a aprender as primeiras noções de trânsito, a começar pelas placas de sinalização que são ignoradas por grande parte dos condutores.
Os pedestres também precisam aprender que o trânsito é composto não apenas por motoristas, mas por todos aqueles que usam a via, incluindo ciclistas e motociclistas. Enquanto todos não se envolverem e entenderem que um trânsito de qualidade se faz com pequenas atitudes, como respeitar a faixa de pedestre, não avançar o sinal vermelho, ver as placas de sinalização e dirigir seguindo os limites de velocidade da via, vamos continuar com índices elevados e assustadores de mortes no trânsito. As obras da Copa são bem-vindas e vão trazer melhorias, mas cada cidadão também precisa fazer a sua parte, caso contrário continuaremos a ter esse trânsito assassino e que não respeita crianças, jovens, adultos e idosos. Todos são vítimas, não importa a idade, não importa o sexo, não importa o dia.
Fonte: A Gazeta

Make a Comment

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: