>Vasco empata com o Avaí aos 47′ do 2º tempo

Posted on maio 19, 2011. Filed under: Sem-categoria |

>

Mobile - Vasco x Avaí (Foto: Gilvan de Souza)
Diego Souza marcou o gol do empate vascaíno em 
São Januário (Foto: Gilvan de Souza)

No primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, em São Januário, nesta quarta-feira, quase deu Avaí. Quase mesmo. O time catarinense vencia com gol de Julinho até aos 47 minutos do segundo tempo, quando em um pênalti marcado, Diego Souza igualou o placar e livrou o Vasco de um grande prejuízo para o jogo de volta.
Agora, o Cruz-Maltino precisa vencer ou garantir um empate com dois ou mais gols para passar à decisão da competição. Para o Avaí, o empate sem gols já é necessário para chegar à final da competição.
Equilíbrio e chances perdidas

O jogo começou a todo o vapor. Com apenas um minuto de jogo, quase que a equipe cruz-maltina abriu o placar. Eder Luis recebeu na direita, avançou e achou Alecsandro bem colocado na área. O camisa 9 ajeitou para Diego Souza, que chegou finalizando, mas Marcinho Guerreiro, de cabeça, tirou em cima da linha.

Aos 10 minutos, os vascaínos, mais uma vez, ficaram com o grito de “gol” preso na garganta. Após levantamento na área e cabeçada de Dedé, a bola sobrou para Felipe, que emendou com um chute forte e Renan fez boa defesa. A resposta do Avaí não demorou e, no lance seguinte, Marquinhos avançou e passou a bola para Willian, na área, mas o atacante demorou para chutar e o zagueiro Anderson Martins conseguiu afastar o perigo.

Quanto o cronômetro marcava 15 minutos, mais um susto para os vascaínos. Julinho, de fora da área, arriscou chute e a bola passou próximo ao travessão, assustando o goleiro Fernando Prass. O ritmo do jogo era frenético e, poucos minutos depois, foi a vez do Vasco, de novo, quase abrir o placar, quando Alecsandro cruzou a Anderson Martins desviou de cabeça. A bola passou rente à trave esquerda de Renan.

No último minuto do primeiro tempo, uma última chance para ambos os lados. Após escanteio, a bola sobrou nos pés de Gustavo Bastos, que dominou e chutou, mas a bola explodiu em Anderson Martins e foi para fora. No ataque vascaíno, Diego Souza acionou Eder Luis em velocidade, mas o camisa 7 não conseguiu o domínio e a bola sobrou sem problemas para Renan.

Depois do equilíbrio da etapa inicial e das chances desperdiçadas, o árbitro assinalou o fim do primeiro tempo e o placar marcava o empate sem gols.

Vasco perde chances e… gol do Avaí


O segundo tempo começou assim como o primeiro, em ritmo acelerado e com os dois times buscando o gol. E no primeiro minuto os jogadores do Vasco reclamaram de pênalti em Ramon, quando o lateral, ao tentar jogada individual na linha de fundo, teve sua camisa puxada dentro da área, mas o árbitro mandou o jogo seguir. Sete minutos depois, Diego Souza recebeu passe na intermediária de Felipe e arriscou o chute. A bola passou muito perto da trave direita de Renan.
A equipe do técnico Ricardo Gomes estava melhor, mas levava sustos nos contra-ataques do time de Santa Catarina. Aos 17 minutos, Felipe ligou o ataque rapidamente e achou Alecsandro na área, mas Renan saiu bem e afastou o perigo.
Aos 19 minutos, grande defesa de Fernando Prass. Primeiramente, após escanteio e desvio de cabeça após cabeçada de Marquinhos Gabriel. Na sequencia do lance, outra grande defesa. Desta vez, após cabeçada de Willian, o camisa 1 vascaíno fez grande defesa praticamente em cima da linha.
Após pressão do Avaí, o Vasco voltou a ter boa chance de abrir o placar aos 30 minutos. Allan recebeu na ala, avançou e chutou cruzado. Renan fez defesa parcial e bola voltou aos pés de Allan, que cruzou para Ramon. O camisa 33 também chutou cruzado, a bola passou por toda a área e ninguém conseguiu o desvio.

Aos 35 minutos, porém, a rede balançou para os visitantes. Ramon errou passe no meio de campo e ligou ataque do Avaí. Julinho recebeu, driblou Allan e bateu no canto esquerdo de Fernando Prass.

Quando tudo parecia estar perdido para os vascaínos, Elton foi puxado na área, nos acréscimos, e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Diego Souza deixou tudo igual em São Januário. Após o gol do meia, um torcedor invadiu o gramado e foi contido pelos policiais militares.Fonte: Lacenet

Make a Comment

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: