5 de outubro

>5 de outubro: Dia da República Portuguesa

Posted on outubro 5, 2009. Filed under: 5 de outubro, Dia da República Portuguesa |

>

Hoje é o dia em que oficialmente se comemora a fundação da República Portuguesa. Não se sabe, porém, qual delas. A data indica que é de facto a instauração da Primeira República que hoje se comemora. A República da bagunça. Da corrupção e da incompetência, do caos económico e financeiro. A República que envergonhou os portugueses e produziu a palavra francesa portugaisé para indicar uma nação em estado de desgraça.


Certamente a intenção dos membros da actual classe política não será de comemorar a Segunda Republica, essa que nasceu no 28 de Maio de 1926. O propósito dos generais que agiram nesse dia era de acabar com a Primeira República o que de facto conseguiram, estabelecendo mais tarde o Estado Novo. Conclusão, portanto, é de estarmos a comemorar a Terceira República. Mas essa tem a sua data própria: o 25 de Abril. Quanto a ignorar regimes e olhar a data como homenagem à nação, já existe para esse efeito o dia 10 de Junho.


Eliminando todas essas hipóteses só podemos concluir que o que se está de facto a comemorar é o derrubo da monarquia: processo que se iniciou dois anos antes com o regicídio. Se reflectirmos um pouco sobre as desgraças que se seguiram a este hediondo acto, parece realmente questionável o mérito de tal comemoração.


Eu, pessoalmente, vou celebrar a data doutra forma. Nunca fui adepta do Estado Novo, mas para mim a oposição anti-salazarista, herdeira da Primeira Republica, deixou de merecer o meu respeito no processo que levou ao assassinato de Humberto Delgado em 1965. Assim vou comemorar o dia 5 de Outubro deste ano lançando na internet o meu livro sobre esse processo: chama-se As Misérias do Exílio: Os Últimos Meses de Humberto Delgado, publicado em edição impressa em 1998. Publicado e boicotado. Agora todos os interessados podem lê-lo, gratuitamente, necessitando só de acesso à internet e uns cliques no rato. Foram reproduzidas na íntegra as 260 páginas da versão impressa incluindo os tais documentos classificados por Álvaro Cunhal de apócrifos.


Termino esta minha homenagem ao 5 de Outubro com desejos de um bom feriado a todos os insurgentes e a seus leitores.

Fonte: O Insurgente


Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...