Barack Obama

>Sorridente, família Obama chega a Brasília sob forte esquema de segurança

Posted on março 19, 2011. Filed under: Barack Obama |

>

Sob forte esquema de segurança, o presidente dos Estados Unidos, sua mulher e as duas filhas desembarcaram em Brasília. Barack Obama, que chegou sorridente e acenou para a imprensa, seguiu para um hotel. Às 10h, ele será recebido pela presidente Dilma Rousseff no Palácio do Planalto e, à noite, vai para o Rio de Janeiro.

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Obama discursa sobre o Estado da União e prega concialiação

Posted on janeiro 26, 2011. Filed under: Barack Obama |

>

Diante das duas casas legislativas reunidas, de seu secretariado, do alto comando militar e de todos os juizes da Suprema Corte, Barack Obama mostrou um tom conciliatório e a intenção de unir todos os políticos em busca da reconquista do sonho americano.
Nesse terceiro discurso sobre o Estado da União, que marca o iníco de seu terceiro ano de mandato, Obama concentrou-se nos temas econômicos na maior parte do pronunciamento que durou exatos 61 minutos. O presidente pregou o trabalho conjunto de democratas e republicanos, destacando que a tarefa de reeguer o país é maior que os partidos políticos.
Homenageou os mortos do atentado de Tucson, em especial a deputada Gabrielle Giffords, que se recupera da tentativa de assassinato que sofreu. Todos os presentes usavam um laço de fita na lapela para lembrar a colega ausente.
Obama aproveitou para relembrar o histórico voo do foguete Sputnik, lançado pela União Soviética na década de 50, que pegou de surpresa os EUA, num tempo em que a Nasa não existia. Mas com investimentos em tecnologia e em educação, “não apenas ultrapassamos os soviéticos, mas lançamos uma onda de inovação que criou novas indústrias e milhões de novos empregos “, completou Obama.
Em tom motivacional, Obama se empolgou: “este é o momento sputnik da nossa geração”. E desafiou os americanos a investirem em inovação, pesquisa científica e educação, para criar empregos e manter a liderança econômica mundial.
O presidente americano confirmou que viajará ao Brasil em março, num giro pela América Latina que incluirá também visitas ao Chile e El Salvador. Para Obama a viagem tem como objetivo reforçar os laços com a região. Fonte: Blog da Leila Cordeiro
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Eleição nos EUA para renovar Congresso é ‘teste de fogo’ para Obama

Posted on novembro 2, 2010. Filed under: Barack Obama, Câmara dos Representantes, Eleição nos EUA, Estados Unidos, pesquisa |

>

As eleições legislativas nos Estados Unidos estão sendo consideradas um teste de fogo para o presidente Barack Obama. 

 Barack Obama presidente dos Estados Unidos

A votação já começou para eleger todos os 435 deputados da Câmara dos Representantes, 37 das 100 vagas do Senado, além de 37 dos 50 governadores. O descontentamento dos americanos com a economia é uma preocupação para o governo de Obama, que deve perder a maioria parlamentar. De acordo com a última pesquisa, a oposição detém 52% das intenções de voto.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Mundo não caiu no truque de Lula e Ahmadinejad na pantomina do Irã

Posted on maio 19, 2010. Filed under: Ahmadinejad, Barack Obama, Irã, Lula, ONU |

>

A pantomima do governo brasileiro no suposto acordo nuclear com o Irã não durou 24 horas. Não sou exatamente um entusiasta de Barack Obama, mas dou a mão à palmatória nesse caso: não caiu no truque encenado por Mahmoud Ahmadinejad e por Luiz Inácio Lula da Silva. Hillary Clinton, a secretária de Estado dos EUA, anunciou que as cinco potências com assento permanente no Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha chegaram a um acordo para um esboço “strong” — uma boa tradução seria “peremptório”, “sem ambigüidades” — de sanções, que vai ser discutido pelo Conselho.
 Mahmoud Ahmadinejad e Luiz Inácio Lula da Silva
O consenso anunciado por Hillary acontece 24 horas depois do grande “acordo”!!! É a mais formidável derrota da destrambelhada política externa brasileira até agora. A todos ficou claro o óbvio: no que diz respeito à questão nuclear propriamente, o suposto acordo só interessa ao Irã por causa da protelação das sanções.


No que diz respeito à questão política, a mentira só serve para inflar a biografia de Lula dentro e fora do Brasil, além, obviamente, de alimentar a fantasia de que está em formação um novo eixo de poder na “nova ordem mundial”.


Vocês sabem que o nosso Dom Giovanni tem o seu pressuroso Leporello, não? É Marco Aurélio Garcia — convenham: é uma metáfora mais docinha, embora mais servil, do que o Cérbero. E o que quer, agora, o assessor especial? Que o grupo “Cinco mais Um” (os  membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha) se transforme em “Cinco mais Dois”, com a entrada do Brasil. Por quê? Ora, porque o governo Lula acha que tem esse “direito”…

Qual o objetivo? Lula quer mais um fórum para poder defender o Irã!
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Revista "Time" elege Lula um dos líderes mais influentes do mundo

Posted on abril 29, 2010. Filed under: Barack Obama, Bolsa-Família, Fome Zero, influentes, líderes, Lula, Revista Time |

>

  • Em perfil assinado por Michael Moore, a história de vida de Lula é ressaltada; cineasta<br>chama o presidente brasileiro de verdadeiro filho da classe trabalhadora da América Latina Em perfil assinado por Michael Moore, a história de vida de Lula é ressaltada; cineasta
    chama o presidente brasileiro de “verdadeiro filho da classe trabalhadora da América Latina”


    • O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito nesta quinta-feira (29) pela revista americana “Time” um dos líderes mais influentes do mundo. Lula aparece na lista com 25 nomes ao lado de J.T Wang, presidente da empresa de computadores pessoais Acer, o almirante Mike Mullen, chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, o presidente americano Barack Obama e Ron Bloom, assessor sênior do secretário do Tesouro dos Estados Unidos. Essa é a segunda vez que o brasileiro aparece em uma lista da publicação. A primeira foi em 2004.

      Em um primeiro momento, a revista divulgou a lista das personalidades mais influentes sem indicar os critérios de classificação. No site, o presidente brasileiro aparece na primeira colocação da lista de “líderes”, ao lado do número 1. O UOL Notícias entrou em contato com o departamento de Relações Públicas da revista, que esclareceu que a lista das pessoas mais influentes do mundo não é elaborada em forma de ranking. Segundo a assessoria, “a Time não faz distinção no nível de influência das 100 pessoas que aparecem na lista.”

      No perfil escrito pelo cineasta Michael Moore, o programa Fome Zero (praticamente substituído pelo Bolsa Família) é citado como destaque no governo do PT como uma das conquistas para levar o Brasil ao “primeiro mundo”. A história de vida de Lula também é ressaltada por Moore, que chama o presidente brasileiro de “verdadeiro filho da classe trabalhadora da América Latina”.

      A revista relembra que Lula decidiu entrar para a política quando, aos 25 anos, perdeu sua primeira esposa Maria, grávida de oito meses, pelo fato de os dois não terem acesso a um plano de saúde decente. Ironizando, Moore dá um recado aos bilionários do mundo: “Deixem os povos terem bons cuidados com a saúde, e eles causarão muito menos problemas para vocês”.

      Moore afirma que quando os brasileiros elegeram Lula pela primeira vez em 2002, os “barões do roubo”, que transformaram o país em um dos locais mais desiguais do planeta, nervosamente verificaram os medidores de combustível de seus jatos particulares.

      Entre os líderes em destaque também estão a ex- governadora do Alasca e ex-candidata republicana à Vice-Presidência dos EUA, Sarah Palin; o diretor do FMI (Fundo Monetário Internacional), Dominique Strauss-Kahn; os primeiros-ministros japonês e palestino, respectivamente Yukio Hatoyama e Salam Fayyad, e o chefe do Governo da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

      A lista mostra os 100 nomes de pessoas mais influentes do mundo em diversas áreas –líderes da esfera pública e privada, heróis, artistas, pensadores, entre outros.

      Outras posições de destaque
      Lula apareceu no ranking da “Time” pela primeira vez em 2004, dois anos depois de ser eleito pela primeira vez à Presidência. Na ocasião, Lula ganhou destaque pela posição na reunião da OMC (Organização Mundial do Comércio) no México, em setembro passado, quando liderou uma coalizão de nações em desenvolvimento que se recusaram a negociar novas regras de investimento estrangeiro até que os EUA e a União Europeia prometessem o fim dos subsídios agrícolas à exportação.

      O perfil do presidente em 2004 afirmava que “ao contrário dos radicais contra a globalização, Lula, 58, insiste que não quer destruir a nova ordem mundial. Ele só quer que funcione de forma mais justa.” O texto lembrava também os escândalos de corrupção que caíram sob seu governo, mas ressaltava que, apesar de alegações, ele havia se tornado porta-voz do novo mundo em desenvolvimento.

      Líderes mais influentes do mundo:

      Luiz Inácio Lula da Silva
      J.T. Wang
      Almirante Mike Mullen
      Barack Obama
      Ron Bloom
      Yukio Hatoyama
      Dominique Strauss-Kahn
      Nancy Pelosi
      Sarah Palin
      Salam Fayyad
      Jon Kyl
      Glenn Beck
      Annise Parker
      Tidjane Thiam
      Jenny Beth Martin
      Christine Lagarde
      Recep Tayyip Erdogan
      General Stanley McChrystal
      Manmohan Singh
      Bo Xilai
      Mark Carney
      Irmã Carol Keehan
      Xeque Khalifa bin Zayed al-Nahyan
      Robin Li
      Scott Brown

      Ano passado, Lula ganhou destaque internacional quando foi eleito personagem do ano pelo jornal espanhol El País e pelo francês Le Monde.

      Mais categorias
      O ex-presidente americano Bill Clinton aparece em destaque na categoria dos “heróis” pelo trabalho realizado no Haiti depois do terremoto de 12 de janeiro por meio da ONU (Organização das Nações Unidas). Segundo seu perfil, escrito pelo cantor Bono Vox, da banda irlandesa U2, “sem ele, o universo não seria tão amigável para os seres humanos.”
      Ao lado de Clinton aparecem: a sul-coreana Kim Yu-na, que conseguiu o primeiro ouro em patinação artística para seu país em Vancouver; o opositor iraniano Mir Hussein Musavi, e o ator Ben Stiller por seu trabalho na reconstrução de escolas no Haiti.

      A cantora Lady Gaga aparece na categoria “artistas” e recebe elogios da colega Cyndi Lauper, que mostra sua admiração pelo trabalho da nova-iorquina de 24 anos. Lauper destaca que “a arte de Lady Gaga capta o período em que estamos agora” e rasga elogios à postura polêmica de Gaga: “ela mesma é a arte. Ela é a escultura.”

      Além disso também aparecem a cantora Taylor Swift, os atores Ashton Kutcher e Neil Patrick Harris, assim como o produtor e popular juiz do programa de talentos “American Idol”, Simon Cowell.

      Outros que estão na lista artística são: o humorista Conan O”Brien, que abandonou seu programa na rede de televisão americana “NBC”; a cineasta Kathryn Bigelow, primeira mulher a ganhar o Oscar de melhor direção por seu filme “Guerra ao Terror” e a apresentadora Oprah Winfrey.

      Ex-governador do Paraná aparece em lista
      Na lista dos “pensadores”, o urbanista Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba e ex-governador do Paraná, aparece em destaque por seu “maravilhoso legado de sustentabilidade urbana”, destacado pelo prefeito de Vancouver.

      A revista “Time” também inclui uma análise de quem de sua lista são os mais influentes na internet, através de uma análise do número de seguidores e de conexões que essas pessoas acumulam nas redes sociais Facebook e Twitter. Fonte: Notícias UOL

      Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

      >Câmara dos EUA aprova texto principal da reforma da saúde de Obama

      Posted on março 22, 2010. Filed under: Barack Obama, Câmara dos EUA, Estados Unidos, presidente americano, Saúde |

      >

      A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou, no fim da noite deste domingo, o texto principal do projeto do presidente Barack Obama que muda o sistema de saúde do país.
      Aprovada com 219 votos a favor e 212 contra, a proposta precisava de 216 votos para passar na Câmara. A reforma é a principal bandeira da política doméstica do presidente americano. Se aprovado pelo Senado, o projeto deve seguir para sanção presidencial amanhã.
      Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

      >José Serra e seu medo maior

      Posted on dezembro 21, 2009. Filed under: Barack Obama, José Serra, medo, plebiscito, sucessão |

      >

      Do que José Serra mais tem medo? Da transformação das eleições presidenciais em plebiscito entre os governos Fernando Henrique e Lula. Com a saída de Aécio Neves da disputa, ressurge a tentativa, por parte do governo, do PT e aliados. Não querem os detentores do poder um confronto entre Serra e Dilma Rousseff, muito menos voltado para programas de governo. Preferem resumir tudo num cabo de guerra onde, numa ponta, ficaria o presidente Lula, com suas realizações e números de sucesso. Na outra, os oito anos do sociólogo, que já vão longe.

      Posta a sucessão nesses termos, mesmo sem a certeza da transferência de votos, a tendência óbvia do eleitorado seria ficar com Dilma, quer dizer, com Lula.


      O objetivo do governador de São Paulo é desligar-se da imagem de Fernando Henrique, mesmo sem ofender o seu ego, até por razões ligadas à memória nacional. Não parece fácil, dada a prevalência dos paulistas no ninho dos tucanos. Aécio Neves, se fosse candidato, disporia de muito melhores condições para travar a tertúlia com a chefe da Casa Civil com os olhos voltados para o futuro.


      Serra não pretende antecipar o debate, mas, quando começar a campanha, fará tudo para levar a chefe da Casa Civil a apresentar um elenco não de realizações efetuadas pelo Lula, mas de seus planos para o mandato, se vencedora. Nada de obras do PAC, em andamento ou paralisadas. A eleição exigiria um embate entre promessas e concepções a ser implantadas a partir de 2011.


      Resta saber se Lula e Dilma estarão dispostos a abrir mão de seu carro-chefe, as realizações do governo, desde 2003. Pelo jeito, não.


      Aplaudido de pé – Ponto para o presidente Lula, na última sessão da Conferência do Meio Ambiente, em Copenhague. Foi interrompido três vezes pelos aplausos do plenário, inclusive quando anunciou estar o seu governo decidido a injetar dinheiro no fundo para o combate à poluição. Ao final, os delegados dos demais países aplaudiram-no de pé.


      Com Barack Obama foi diferente, porque recebeu as palmas protocolares apenas ao encerrar seu pronunciamento, ainda que prometesse boa parte dos 100 bilhões de dólares a ser reunidos e distribuídos.


      De qualquer forma, o mundo continuou frustrado, pois foram pífios os resultados da reunião. Quase que só intenções.


      Batendo de frente – Apesar de haverem entrado de férias na quinta-feira, 17, um dia depois os ministros do Supremo Tribunal Federal reagiram às palavras do ministro da Justiça, Tarso Genro, para quem a mais alta corte nacional de justiça transformou-se numa “loja de conveniências”. A referência foi para o fato de Tarso acusá-los de terem mudado de decisão “na calada da noite”. Para os meritíssimos, o presidente Lula está agora obrigado a cumprir os termos do acordo de extradição com a Itália. Estaria compelido a mandar Cesare Batistti para seu país natal, coisa com a qual o ministro não concorda.


      Por conta do Natal, do Ano Novo e das férias, estão adiadas as escaramuças, mas quando fevereiro chegar a temperatura vai subir, em Brasília.


      Mais um – O cavalo branco da imaginação parece solto no campo das indicações para a vice-presidência da República dos pré-candidatos já indicados para a presidência. Apesar da maioria do PSDB esperar que Aécio Neves acabe se tornando o companheiro de chapa de José Serra, e da alternativa de que o DEM só dispõe do nome do senador Marco Maciel para preencher a lacuna aberta por José Roberto Arruda, há quem suponha novos rumos no vôo dos tucanos. Caso o PMDB não se acerte com a candidatura Dilma Rousseff e sua convenção decida deixar cada grupo seguir seu destino, que tal o senador Jarbas Vasconcelos para vice de José Serra? Pernambuco exultaria assim como os adversários mais ferrenhos do presidente Lula. Do jeito que as coisas estão, pode ser.

      Autor: Carlos Chagas é articulista político – Fonte: A Gazeta. E-mail: carloschagas37@uol.com.br

      Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

      >Barack Obama recebe Nobel da Paz

      Posted on dezembro 10, 2009. Filed under: Barack Obama, prêmio Nobel da Paz, TSE |

      >

      Foto
      BARACK OBAMA

      <!– function paginaSlideShow217709(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

      O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, participa neste momento da cerimônia de entrega do Prêmio Nobel da Paz, na Noruega. O comitê responsável pelo Nobel da Paz disse que escolheu Obama por, entre outras conquistas, “colocar os Estados Unidos na luta contra o aquecimento global e por apoiar a diplomacia multilateral”. No entanto, o marco virou motivo de muito protesto e manifestações na cidade de Oslo. Ativistas do Greenpeace espalharam mensagens com a frase “Você ganhou, agora o mereça. Mude a política, salve o clima”. Manifestantes antiguerra também argumentam que a decisão de Obama de aumentar as tropas no Afeganistão em 30 mil soldados representa uma gozação com o fato de dar ao presidente o prêmio cujo mandato inclui honrar aqueles que trabalham pela “abolição ou redução dos exércitos em atuação”.

      TSE: ministro deixa caso Arruda

      <!– function paginaSlideShow217707(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

      O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Marcelo Ribeiro deixou a relatoria do mandado de segurança impetrado nesta quarta (9) pelo governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM). Segundo a assessoria do TSE, ele alegou suspeição para analisar o caso, mas não explicou o motivo. A ministra Cármen Lúcia assumiu a função. O governador entrou com mandado de segurança pedindo a suspensão do processo interno aberto pelo DEM, que pode resultar em sua expulsão dos quadros do partido. Ele é acusado de comandar um esquema de corrupção e pagamento de propina a aliados políticos. No pedido, Arruda alega que faltou prazo para sua defesa. O pedido ao TSE ocorre às vésperas da reunião da Executiva Nacional do DEM, marcada para sexta (11). Fonte:www.claudiohumberto.com.br

      Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

      >Revista Forbes inclui governador Blairo Maggi na lista dos 67 líderes mais influentes do mundo

      Posted on novembro 13, 2009. Filed under: Barack Obama, Ben Bernanke, Blairo Maggi, carbono, Forbes, Hugo Chávez |

      >

      .fullpost{display:inline;}

      O governador Blairo Maggi e o presidente Lula constam na lista da Forbes de líderes mais influentes do mundo, divulgada nesta quinta-feira. O topo da lista é liderado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Maggi é reconhecido como alguém que tem desenvolvido ações a favor de políticas ambientais, segundo texto da Forbes.


      Maggi é apresentado pela “Forbes” como homem “poderoso na agricultura”. A revista lembra que ele já foi tratado como “eco-bandido” mas que se transformou em herói devido a campanha pela regularização de propriedades e da produção. Além de governador, Maggi é o maior produtor individual de soja do mundo. De acordo com a publicação, Maggi vem trabalhando para que seja implantado o “mercado da compensação do carbono” de forma a permitir que os fazendeiros evitem derrubar as florestas.

      No total a publicação de conteúdo nomeia 67 líderes. Lula e Maggi se reúnem nesta quinta-feira em Brasília para tratar de políticas ambientais para Estados Amazônicos.



      Lula está na posição número 33 e o governador está na 62, em uma lista que tem ainda o presidente chinês, Hu Jintao, como o número 2, seguido do ex-presidente russo, Vladimir Putin, o presidente do Banco Central dos Estados Unidos, Ben Bernanke. Na posição cinco estão os fundadores do Google, Sergey Brin e Larry Page. A lista é completada por personalidades como Osama bin Laden e o presidente da Fifa, Joseph Blatter.

      Entre os 20 primeiros também estão o bilionário mexicano, proprietário da Claro, Carlos Slim; o bilionário da mídia, Rupert Murdoch; o megaempresário do setor energético, Michael Duke; o papa Bento XVI; os premiês Silvio Berlusconi, também magnata das comunicações (Itália) e Angela Merkel (Alemanha); a secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton (cargo no país que é o de ministra das Relações Exteriores) e o prefeito de Nova York e empresário da comunicação, Michael Bloomberg. Além de Lula, entre líderes latinos, consta ainda o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Fonte: Mega Debate

      Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

      >Nobel da Paz 2009 vai para Barack Obama

      Posted on outubro 9, 2009. Filed under: Barack Obama, prêmio Nobel da Paz |

      >

      O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, venceu o prêmio Nobel da Paz por seus esforços para reduzir os estoques de armas nucleares e por seu trabalho pela paz mundial. Primeiro presidente americano de origem africana, Obama também trabalhou para reiniciar o estagnado processo de paz no Oriente Médio desde que assumiu o cargo, em janeiro deste ano.
      • Liester Filho/Folha Imagem - 15.jun.2005

        Primeiro presidente americano de origem africana, Obama foi escolhido por seus esforços na redução dos estoques de armas nucleares e por reiniciar o estagnado processo de paz no Oriente Médio

      O comitê também citou os “esforços extraordinários” de Obama para “fortalecer a diplomacia e a cooperação entre os povos”. O prêmio no valor de 10 milhões de coroas suecas (US$ 1,4 milhões) será entregue em Oslo, a capital da Noruega, em 10 de dezembro.

      O anúncio causou surpresa. Além de Obama, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, era um dos candidatos, mas ambos não eram tidos como favoritos. As indicações são feitas por milhares de pessoas de todo o mundo, tais como parlamentares, ministros, ganhadores de anos anteriores, professores universitários e membros de organizações internacionais. Os nomes são mantidos em segredo pelo comitê, mas alguns acabam vazando.

      Para a edição deste ano, foram 205 indicados, entre pessoas e organizações. “Trata-se de um número recorde, depois de 2005, quando foram apresentadas 199 candidaturas”, informou o diretor do Instituto Nobel, Geir Lundestad.

      O comitê, que esperou até o último momento, fez sua escolha em uma última reunião celebrada na segunda-feira (5). Dada a quantidade de indicados e sem um grande favorito, o Comitê Nobel precisou se reunir neste ano mais vezes do que o habitual para poder designar o premiado. “Tivemos mais reuniões que de costume, pois desta vez havia um grande número de candidatos, porque dois de nossos membros são novos e porque tentamos utilizar o tempo que temos para fazer a melhor escolha”, explicou Lundestad.

      Vencedores das edições anteriores
      No ano passado, o prêmio Nobel da Paz foi entregue ao ex-presidente da Finlândia Martti Ahtisaari, que esteve envolvido em várias negociações de conflitos como o de Kosovo e Iraque.

      Em 2007, o prêmio foi para ex-vice-presidente americano e ativista Al Gore, juntamente com o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas. Um ano antes o escolhido foi o bengalês Muhammad Yunus, pioneiro na implementação do microcrédito para pessoas em extrema pobreza (2006).

      Fonte: UOL – Com informações da BBC e de agências internacionais.

      #uolcelular { clear: both; margin:1.5em 0 0 0; font-size:0.8em; } #uolcelular h3 { background:#efefef;color:#000;font:bold 1.1em arial;padding:3px;height:12px;display:block;margin:0;padding-left:1em;} #uolcelular #borda { height:3em;border:1px solid #efefef;color:000;font:normal 13px arial;background:url(http://img.uol.com.br/wap-ico.gif) 1em 0.4em no-repeat;padding:0;padding-top:1.1px; } #uolcelular #borda #txtCel { margin: 0.2em 0 1em 4em; *margin-bottom:1em; } #uolcelular #borda #txtCel a {color:#666666; text-decoration:none; } #uolcelular #borda #txtCel a:hover { text-decoration:underline; } #uolcelular #borda #txtCel a strong {color:#000000;}

      Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

      « Entradas Anteriores

      Liked it here?
      Why not try sites on the blogroll...