Bio Extratus

>Indústria da beleza em MT "ignora" crise e investe alto

Posted on abril 20, 2009. Filed under: Bio Extratus, comésticos, emagrecedores, Floravita, Indústria da beleza, O Boticário, perfumaria |

>

As empresas de cosméticos, perfumaria e embelezadores é um dos setores imunes às turbulências do mercado e por enquanto não tem o que reclamar

A superintendente executiva do Boticário, Dalva Ferraz, que tem nove lojas em Cuiabá, diz que empresa vai investir mais este ano

A crise financeira internacional trouxe preocupação e já provocou a retração nas vendas de vários setores econômicos. Porém, mesmo diante de tantos dados negativos, um segmento parece estar alheio à recessão e ao contrário, coleciona resultados positivos e se mostra otimista para o ano de 2009. As empresas de cosméticos, perfumaria e embelezadores é um dos setores imunes às turbulências do mercado e por enquanto não tem o que reclamar.

Empresários afirmam que crise é oportunidade e aproveitam para fazer investimentos pesados nos negócios com o objetivo de conseguir mais espaço. Uma das ações implementadas, além dos investimentos em produtos são os voltados para o marketing, para divulgação dos produtos. Relatório da Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) de março traz um panorama do setor e aponta que nos últimos anos o faturamento das empresas do setor no país vem crescendo de forma extraordinária. Para se ter uma ideia, em um intervalo de 10 anos, o faturamento líquido (livre de impostos) cresceu 267,7%. Em volume financeiro, saltou de R$ 5,9 bilhões em 1998 para R$ 21,7 bilhões.

De acordo com o documento, vários fatores têm contribuído para o desempenho e destaca pelo menos três deles. O primeiro é a participação crescente da mulher brasileira no mercado de trabalho. O segundo é a utilização de tecnologia de ponta e o consequente aumento da produtividade, favorecendo os preços praticados pelo setor, que tem aumentado menos que outros produtos da economia em geral. E por último, lançamentos constantes de novidades, atendendo cada vez mais as necessidades dos consumidores, que querem ter uma aparência saudável e com aspecto jovem.

Afinal de contas, que mulher resiste a um hidratante, batom ou esmalte? Um exemplo de vaidade e vontade de se sentir bem consigo mesma é a funcionária pública terceirizada Rosemeire Rocha. Ela diz que mensalmente compra cremes (para corpo e rosto), hidratantes, desodorantes, perfumes e maquiagem. “Tenho vários tipos de produtos e não resisto a um batom. Trabalho sempre maquiada e não deixo de comprar”. Conforme o relatório da ABIHPEC Brasil ocupa o terceiro lugar no mercado mundial de cosméticos, perfumaria e higiene pessoal, atrás apenas dos Estados Unidos e Japão.

Nada de crise – Atuando há 28 anos em Mato Grosso, a Matos e Matos – franquia de O Boticário em Cuiabá e Várzea Grande – é uma prova de que não há crise no setor. A superintendente executiva da empresa, Dalva Beatriz Malhado Ferraz, afirma que no primeiro trimestre deste ano, as vendas já cresceram 15% em relação ao mesmo período do ano passado. Ela diz que a vaidade das mulheres e também dos homens é crescente e que por ter uma linha variada de produtos, as pessoas sempre acabam encontrando o que precisam.

“Outra ferramenta fundamental para se sair bem em qualquer crise é o atendimento. Primamos pela qualidade no nosso serviço e temos sempre consultoras bem treinadas para atender o cliente”.

A superintendente informa que são nove lojas em Cuiabá e outras três em Várzea Grande. Além disso, tem uma equipe de venda física para atender sete municípios do interior do Estado, entre eles Chapada dos Guimarães, Santo Antônio do Leverger, Rosário Oeste e Livramento. E mais um fato que comprova a imunidade à crise do setor, O Boticário pretende reformar duas lojas no segundo semestre deste ano além de abrir mais dois quiosques.

Com um projeto ousado, o proprietário da Procap, distribuidora exclusiva de produtos Bio Extratus, Aparecido Ignácio da Costa, conta que a partir do mês que vem vai colocar em prática uma espécie de salão itinerante. Ele diz que a empresa adquiriu dois veículos, e que será equipado com produtos que levará informações às consumidoras espalhadas por todo o Estado. “Levaremos os produtos da Bio Extratus para o interior com toda a orientação de como usar os produtos e quais são os melhores para cada tipo de pele e cabelo, por meio de uma análise capilar”.

O empresário espera que com este projeto, o fechamento de 2009 seja 60% maior que o de 2008. A previsão de crescimento é elevada baseada no resultado conseguido no primeiro trimestre de 2009, que registrou uma alta nas vendas de 42,6% e vem de um crescimento no ano anterior. Costa afirma que o público do produto é na maioria feminino, mas que conta também com a participação do masculino em várias itens, com qualidade testada e aprovada pelos clientes.

Expansão – O bom desempenho do setor no mercado estadual trouxe para Mato Grosso a Floravita, empresa de cosméticos e de produtos naturais voltados para o emagrecimento. Com 45 dias de atuação no Estado, a gerente de Marketing, Angélica Aguas, afirma que uma pesquisa de mercado foi feita, a qual revelou região como uma boa consumidora destes produtos. “Há muito tempo tínhamos vontade de atuar em Mato Grosso e este ano surgiu a oportunidade. Viemos e estamos muito satisfeitos com os resultados”, afirma a gerente ao informar que a marca é de Curitiba (PR).

Ela conta que são produtos para pele, creme para dores, linha de emagrecedores e outros que proporcionam saúde e beleza às pessoas. “Os clientes estão em busca de uma vida mais saudável e os tratamentos fazem com que a autoestima fique sempre alta”, diz ao avaliar que para este mercado não há crise e que as perspectivas para este ano são animadoras. Para aumentar a divulgação dos produtos, Angélica afirma que investiu em publicidade e propaganda, e salienta que os recursos foram bem aplicados.

Termômetro – O diretor Comercial do Grupo Gazeta de Comunicação, Carlos Dorileo, confirma a que os investimentos em publicidade feitos pelos setores de cosméticos, perfumaria e emagrecedores cresceu. Em 2008 houve aumento de 35% nas vendas de mídia para estes segmentos e no primeiro semestre deste ano (sobre o mesmo período do ano passado), já contabiliza alta de 7%. “O avanço é explicado também porque os veículos do Grupo -TV Record, Rádio Gazeta e Jornal A Gazeta – são os de maior alcance no Estado, com 100% de cobertura em Mato Grosso”

Fabiana Reis
Da Redação de A Gazeta

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...