BR-158

>Três obras de pavimentação em Mato Grosso serão prioridades de Antonio Pagot

Posted on maio 18, 2009. Filed under: BR-158, BR-364, Dnit, eleições de 2010, Luiz Antônio Pagot |

>

Começa mês, encerra mês, e o que se tem não passa do falatório dos políticos a respeito de obras, tanto para Mato Grosso como o Brasil, parece que vai ficar tudo para ser lançado as vésperas das eleições de 2010, consequentemente, ficará para o futuro governo realizar.

Desta vez o diretor-geral do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagot, comemora as conquistas à frente da instituição e informa que muitas outras obras também serão destaques em 2009. Depois da considerada “vitória histórica”, com a pavimentação da tão esperada BR-158, sendo 201 quilômetros da rodovia que vai em direção à divisa com o Pará, agora, a BR-364 está na lista de prioridade.

Com o aval do presidente Lula para desenvolver projetos de infra-estrutura, o presidente do Dnit disse ao site Olhar Direto que se sente otimista com o trabalho na pasta e vai realizar uma verdadeira revolução na área da malha rodoviária federal. Isso porque, ele reforça que os números contabilizam o montante de R$ 1 bilhão em obras e serviços destinados em 2009, para as rodovias federais no Estado.

Pagot disse ainda, que a BR-364, considerada uma das mais importantes rodovias diagonais do Brasil, está com o andamento das obras avançadas. “São mais de 300 km de pavimentação e as obras já iniciaram de Mundo Novo a Sapezal. A entrega total será até 2011”, afirmou.

Entre as prioridades também está a rodovia BR-163, que liga Cuiabá a Santarém, no Pará. São quatro trechos de obras de Lucas do Rio Verde a Guarantã do Norte e a ordem de serviço deverá ser dada nos próximos meses. Já quanto à duplicação de Rondonópolis para o Posto Gil, Pagot enfatiza que a licitação dos primeiros trechos também deverá ocorrer no decorrer deste ano.

O processo para garantir a concretização das obras demanda tempo. No entanto, o presidente do Dnit avalia que a instituição passou por uma nova reformulação que vem garantindo menos tempo para aprovação de projetos como a licitação. “Antes uma licitação demorava quase dois anos e a aprovação de projetos, que agora é no máximo 45 dias, antes era de 60”, enfatizou.

Pagot afirmou que a superintendência do Dnit em Mato Grosso concluiu, no final de 2008, licitações para 1.719 quilômetros de obras que incluem serviços de conservação, restauração e implantação de rodovias.

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...