candidata

>A difícil missão de Dilma Rousseff

Posted on outubro 20, 2010. Filed under: Arnaldo Jabor, candidata, Dilma Rousseff, Marqueteiros, Missão, presidente da República |

>Por Arnaldo Jabor

“Dilma faz isso, Dilma faz aquilo… Dilma, corta o cabelo! Dilma se maquia mais rosadinha! Dilma você está sem emoção, tem de passar mais verdade… Dilma, seu sorriso não está sincero…Dilma isso, Dilma aquilo…”
(Coitada da pobre senhora que, canhestramente, segue as ordens do patrão e dos petistas que a usam para ficar eternamente em seus buraquinhos ou para realizar o que seria a torta caricatura de um vago socialismo, que não passa de uma reles aliança com a banda podre do PMDB)
Dilma Rousseff candidata a presidente da República
“Dilma não fale nada de novo sobre aborto que você já deu uma entrevista na TV e agora não adianta desmentir. Dilma ajoelha, isso, sei que está cansada, mas ajoelha e faz cara de religiosa devota de Nossa Senhora Aparecida; Dilma, eu sei que você é ateia, que para você a religião é o ópio do povo, mas, dane-se, ajoelha e reza, mas não fica com a cara muito em êxtase feito uma madre Tereza de Calcutá não, que eles desconfiam. Dilma levanta e vai confessar e comungar, mas não conte tudo ao padre não, porque esses padres de hoje não são confiáveis e podem fazer panfletos. Dilma isso, Dilma aquilo!…Sei que foi duro para você, bichinha, ser preterida pela Marina, tão magrinha, um top model do seringal , sabemos de tudo que você tem sofrido, mas você é uma revolucionaria e tem de agüentar as intempéries para garantir os empregos de tantos militantes que invadiram esse Estado burguês para “revolucionar” por dentro.Viu, Dilma? Feito ensinou aquele cara italiano que os comunas vivem falando, o tal de Gramsci…só que nosso Gramsci é o Dirceu….ah ah… Você tem de esquentar minha cadeira ate 2014, pois você acha que vou ficar de pijama em S. Bernardo ?”
Aí, chegam os marqueteiros, escondendo sua depressão, pois o segundo turno não estava em seus planos de tomada do poder:
“Dilma, companheira, esculacha bem o FHC e o Serra , pois você pode inventar os números que quiser, porque ninguém confere. Diz aí que nós tiramos 28 milhões de brasileiros da miséria! Claro que é mentira, pô, mas diz e esconde que foi o governo do FHC que inventou o Bolsa Família e negue com todas as forças se disserem que o Plano Real tirou 30 milhões da faixa de pobreza, quando acabou com a inflação. Esqueça no fundo de tua mente que a inflação só ameaçou o Plano Real quando Lula barbudo ia vencer…Mas, quando o Duda escreveu a cartinha do Lulinha “paz e amor”, a inflação voltou ao normal.
Dilma, você tem de negar em todos os debates que o PT tentou impedir o Plano Real no STF, assim como não assinou a Constituição de 88 para não compactuar com o “Estado burguês”; todos têm de esquecer que fomos contra a Lei de Responsabilidade Fiscal, que demos força a todos os ladrões que pudemos para manter as alianças para nosso poder eterno, pois as ordens do companheiro Dirceu ( “sim, doutor Dirceu, como está? Estamos ensinando aqui à dona Dilma suas recomendações…”) eram: atacar tudo do governo FHC, mesmo as coisas inegavelmente boas. Dilma, afirme com fé e indignação que as “privatizações roubaram o patrimônio do povo”, mesmo sabendo que a Vale, por exemplo, quando foi privatizada em 97 valia 8 bilhões de reais e que hoje vale 273 bilhões, que seu lucro era de 756 milhões e que agora é de 10 bilhões, que seus empregados eram 11 mil e que agora emprega 40 000. Mesmo sabendo que
a Embraer entregava 4 jatos em 97 e que agora entrega 227, que a telefonia não existia na Telebrás e que agora quase todos os brasileiros têm celular. Não podemos divulgar, mas a telefonia privatizada aumentou o numero de telefones em 2500 por cento…Isso. Mas, não diga nada..Pode citar numero quanto quiser que ninguém confere…diga que os municípios tem saneamento básico, quando
metade deles não tem esgoto nem água tratada, depois de nossos oito anos no poder…Pode dizer o que quiser. Viu o belo exemplo do Gabrielli, que ousou dizer que o FHC queria que a Petrobras morresse de inanição e que o Zylberstajn era a favor da privatização do pré-sal”? Ninguém contesta, mesmo sendo publicado o que FHC escreveu na época, dizendo que “nunca privatizaria a Petrobras.”. Diga sempre que a culpa é das “elite”, que o povão do Bolsa acredita… Dilma, faz isso, faz aquilo…Dilma sobe no palanque, desce do palanque…”
(Eu acho que Dilma é uma vitima. Uma “tarefeira” do narcisismo de Lula. Agora que Dilma não tem mais certeza de que vai vencer, seu semblante é repassado por uma vaga inquietude. Gente autoritária odeia duvidas, porque a duvida não é “de esquerda”; a duvida é coisa de pequenos burgueses – como dizia Marx: “pequeno burguês é a contradição encarnada”. Lula também odeia duvidas…Ele fica retumbante quando vitorioso, mas sua cara muda com fracassos. Lembram do seu pior momento, quando explodiu o mensalão?
Agora Lula está deprimido de novo, o PMDB está angustiado, querendo trair, como mostra a cara do candidato a vice presidente, o mordomo inglês de filme de terror…Lula teme a derrota, como se caísse de volta na linha de pobreza que ele diz que interrompeu. Talvez no fundo, Dilma tema a própria vitoria, porque terá de agüentar o PMDB exigindo coisas, Força Sindical, CUT, ladrões absolvidos, renunciados, cassados, novos corruptos no poder, novas Erenices, terá de receber ordens do comissário do povo Dirceu, terá de beijar e gostar do Sarney, Renan, Collor, seus aliados. Vai ter de beijar com delicia o Armadinejad, o beiçudo leão de chácara Chávez, o cocaleiro Evo , com o MST enfiando bonés em sua cabeça, vai ter de aturar as roubalheiras revolucionarias dos fundos de pensão que já mandaram para o Exterior bilhões em contas secretas..
Coitada da Dilma – sendo empurrada com a resignação militante, para cumprir ordens, tarefas, como os militantes rasos que pichavam muros ou distribuíam panfletos.
Dilma às vezes dá a impressão de que não quer governar…Ela quer sossego, mas não deixam…

Como é que fazem isso com uma senhora?

Fonte: A Gazeta

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Dilma critica Serra por por declarar que governo da Bolívia é cúmplice na exportação de cocaína para o Brasil

Posted on maio 29, 2010. Filed under: campanha, candidata, candidatos, candidatura, Dilma Roussef, Dilma Rousseff, Discurso, droga, drogas, eleições, eleições 2010, José Serra, Presidência, PSDB, PT, sc, tráfico |

>

Pela primeira vez desde que se tornou pré-candidata do PT à Presidência, a ex-ministra Dilma Rousseff cumpriu agenda em Santa Catarina. Durante o Encontro de Habitação da Agricultura Familiar, em Chapecó, nesta sexta-feira, a petista aproveitou para criticar duramente as declarações de José Serra (PSDB) sobre o tráfico de cocaína no Brasil. “Isso não é papel de estadista”, afirmou ela.

Durante visita ao Rio de Janeiro na última quarta-feira, o tucano disse que a droga vem de “80% a 90% da Bolívia, que é um governo amigo. Você acha que a Bolívia iria exportar 90% da cocaína consumida no Brasil sem que o governo de lá fosse cúmplice? Impossível”, declarou Serra.
De acordo com a petista, porém, não é atitude de nenhum estadista atribuir responsabilidade ao governo boliviano pelo tráfico de drogas no Brasil. “Incriminar um governo é diferente de dizer que da Bolívia vem droga”, explicou a ex-ministra que ainda afirmou que a Polícia Federal (PF) e o Ministério da Justiça estão colaborando “intensamente” em ações conjuntas com o país vizinho para o combate ao tráfico. Dilma não perdeu a oportunidade de alfinetar Serra. “É prudente não atribuir, sem informações e provas, responsabilidades ao governo boliviano. Não é papel de um estadista fazer isso”.
Depois do evento da agricultura, a petista concedeu entrevista à TV RSB local, filiada à Rede Globo, e à RIC Record. Entre os temas discutidos em Chapecó, a energia ganhou destaque, quando a ex-ministra afirmou que não há viabilidade econômica no Brasil para investimentos em energia solar, apontando para a eólica como a melhor alternativa.
De Chapecó, Dilma Rousseff segue para Belo Horizonte (MG), para a abertura do Congresso das Mulheres do PDT-MG, às 19 horas desta sexta. Fonte: Veja
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Eleição 2010: Hugo Chávez afirma "Minha candidata é a Dilma"

Posted on setembro 27, 2009. Filed under: candidata, Casa Civil, Chávez, Dilma Rousseff, Eleição 2010, Hugo Chávez, Venezuela |

>

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse neste sábado que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, é sua candidata para as eleições brasileiras de 2010.


“Dilma será a próxima presidente do Brasil”, afirmou Chávez em seu discurso na abertura da 2ª Cúpula América do Sul-África, realizada em Isla Margarita, na Venezuela.


“Sei que vão me acusar de ingerência, meu coraçãozinho é quem está falando”, disse. “Minha candidata é a Dilma.” A ministra tem o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva para disputar a Presidência pelo PT.


Lula, que participa da Cúpula na Venezuela, sorriu ao ouvir o discurso do colega. Chávez lamentou o término do mandato do presidente brasileiro.


“Mas Lula não se irá, ele fica, assim como Néstor Kirchner [ex-presidente da Argentina], que se foi, mas não se foi”, afirmou Chávez, em referência à eleição da presidente Cristina Kirchner como sucessora do marido.


Sul-Sul

Durante a sessão plenária dos chefes de Estado, Chávez defendeu a multipolaridade nas relações internacionais e disse ser “vital” a união entre a América do Sul e a África.


Lula, em seu discurso, disse acreditar “no poder de transformação de uma parceria entre regiões que vivem realidades semelhantes e enfrentam problemas comuns”.


Críticas ao chamado “modelo imperialista” como causa do subdesenvolvimento das duas regiões foram mencionadas na maioria das intervenções dos chefes de Estado.


A presidente argentina, Cristina Kirchner, disse que o desafio dos dois continentes é o de modificar os velhos modelos de cooperação até agora implementados.


“No século 20, o que importava era vender, e não fazê-lo sob um conceito de cooperação, de transferência de tecnologia, que é o que nós estamos impulsionando”, afirmou.


Projetos

A preocupação levantada pela maioria dos mandatários é a de como concretizar mecanismos viáveis de integração para fortalecer o eixo sul-sul.


Chávez, que antes da Cúpula disse que do encontro sairia um plano de trabalho para os próximos 10 anos, pediu a criação de uma comissão de ministros que se dediquem exclusivamente à implementação de projetos de desenvolvimento comum. “Temos que elevar o nível e dar mais solidez à cooperação”, disse.


Nos últimos seis anos, o comércio entre América do Sul e África foi ampliado de US$ 6 bilhões para US$ 36 bilhões, dos quais o Brasil tem sido o principal beneficiário. Neste mesmo período, o intercâmbio comercial Brasil-África saltou de US$ 5 bilhões, registrados em 2002, para US$ 26 bilhões em 2008.


O primeiro encontro da ASA foi realizado em Abuja, na Nigéria, em 2006. Na reunião deste sábado, os presidentes decidiram que a próxima Cúpula será em 2011, na Líbia.

Fonte: BBC e Folha Online

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...