Chevrolet

>Zafira Elite da Chevrolet aposta no conforto e na tecnologia em veículos de sete lugares

Posted on agosto 7, 2010. Filed under: Carro da família, Chevrolet, Kia Carens, Nissan Grand Livina, veículo, Zafira Elite |

>

Carro da família – A Chevrolet Zafira é um carro de amplo espectro. Se aproveita da configuração sete lugares a primeira minivan com tal capacidade fabricada no Brasil, lançada em 2001 para brigar junto com as versões mais enxutas e mais incrementadas no segmento. Com sua versão topo de linha, chamada Elite, e que equivale a 18% do total de suas vendas, a marca está pronta para disputar vendas com Nissan Grand Livina e Kia Carens, suas principais rivais. 

 Zafira Elite da Chevolet

O preço não chega a ser acessível como já é de praxe no mercado brasileiro para um veículo com a terceira fileira de bancos. A General Motors pede R$ 79.020 pela configuração mais recheada da minivan, que ganhou mais potência no motor 2.0 litros 8V flex no ano passado, o mesmo da linha Vectra. Agora a unidade de força gera potência 140/133 cv e torque de 19,7/ 18,9 kgfm, com etanol/gasolina.
E essa tática de ter configuração mais simples e mais recheada até que funciona. A marca acumula 4.868 unidades emplacadas da Zafira no ano. Foram 757 unidades em julho, 85 a mais que junho. Já a Nissan comercializou 783 unidades dao Livina, sendo que apenas 22% equivalem às vendas da Grand Livina, capaz de transportar sete passageiros que na versão topo é oferecida por R$ 69.390. Enquanto isso, a Kia Carens vem “na lanterna” do segmento, com 35 unidades no referido mês e um acumulado de 408. A configuração mais “bem servida” do modelo sul-coreano aparece por R$ 79.700.
Parte da “vantagem” da Zafira Elite é obtida pela ampla lista de equipamentos. Na versão Elite estão presentes direção hidráulica, computador de bordo, faróis de neblina, ar-condicionado automático, volante multifuncional, ajuste de altura e profundidade do volante, controle de cruzeiro, freios ABS com EBD, airbags frontais e laterais, rádio com CD, revestimento em couro no volante, nos assentos e nas portas, além do câmbio automático de quatro velocidades.
Pesam a favor da Zafira, ainda, virtudes inegáveis, como conforto e habitabilidade. Isso sem falar na estrutura da montadora norte-americana no mercado brasileiro, com mais de 500 concessionárias em todo o país e mais de sete décadas de atuação por aqui. Qualidades que conseguem deixar de lado até mesmo o visual bastante datado e com a cara de carro de vovô da minivan, que desde o lançamento, há quase 10 anos, recebeu apenas um único face-lift, em 2005.

ficha técnica
Chevrolet Zafira Elite 2.0 8V Flex

Motor: Gasolina e etanol, dianteiro, transversal, 1.998 cm³, quatro cilindros em linha, duas válvulas por cilindro e comando simples no cabeçote. Injeção eletrônica multiponto sequencial e acelerador eletrônico.

Transmissão: Câmbio automático com quatro velocidades à frente e uma a ré. Tração dianteira. Não oferece controle de tração.

Potência máxima: 133 cv com gasolina e 140 cv com etanol, a 5.600 rpm.

Torque máximo: 18,9 kgfm com gasolina e 19,7 kgfm com etanol, a 2.600 rpm.

Diâmetro e curso: 86,0 mm x 86,0 mm. Taxa de compressão: 11,3:1

Suspensão: Dianteira independente do tipo McPherson, com subframe, molas helicoidais, amortecedores pressurizados, braço de controle inferior e barra estabilizadora. Traseira do tipo eixo de torção, com molas do tipo barril, amortecedores pressurizados e braço de controle integrado. Não oferece controle de estabilidade.

Freios: Dianteiros a discos ventilados e traseiros a discos sólidos. ABS e EBD de série.

Carroceria: Monovolume em monobloco com quatro portas e sete lugares. Com 4,33 metros de comprimento, 1,74 m de largura, 1,62 m de altura e 2,70 m de distância entre-eixos.

Peso: 1.480 kg em ordem de marcha, com 600 kg de carga útil.

Porta-malas: 150 litros/500 litros/1.700 litros, com uso de sete bancos, cinco bancos e dois bancos, respectivamente.

Tanque: 58 litros.
 

 
Suavidade urbana


A versão Elite topo de linha da Chevrolet Zafira é a que mais representa e confirma a vocação familiar da minivan de sete lugares da Chevrolet. Isso porque, a configuração é um resumo de tudo o que a marca oferece de melhor em termos de conforto e tecnologia para os sete passageiros que podem ocupar o veículo. A minivan não é um modelo de imagem, que esbanja estilo por onde passa. Seu jeitão sóbrio esconde uma proposta totalmente racional de compra.
O espaço interno é um dos aspectos principais do veículo. Com a terceira fileira de assento, o modelo consegue comportar até sete pessoas. De maneira confortável, sem apertos a segunda fileira de bancos desliza com facilidade e permite que dois passageiros ocupem a parte extrema da Zafira. A vida a bordo é privilegiada por uma grande quantidade de porta-objetos espalhados por todos os cantos e iluminação disponível em várias partes do veículo. 
Há também uma saída de ar-condicionado para o banco traseiro, além de bandejas tipo avião nas costas dos bancos do carona e do motoristas, e revisteiros.
O motor 2.0 litro flex, com seus ágeis 140 cv de potência e 19,7 kgfm de torque, é capaz de proporcionar respostas eficientes quanto o condutor pressiona o pedal do acelerador. E faz com que a minivan chegue aos 180 km/h tal velocidade não é aconselhável, mas a minivan trafega com segurança até os 140 km/h. Em velocidades moderadas, a minivan se mostra um veículo de excelente uso urbano, que oferece conforto e espaço para toda a prole.

Fonte: Auto Press

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>GM do Brasil eleva investimentos em SP em R$700 milhões

Posted on junho 1, 2010. Filed under: Astra hatchback, Astra sedã, Chevrolet, Classic, Corsa hatchback, Corsa sedã, Ford, General Motors, GM, Investimentos, Vectra GT, Vectra sedã |

>

A General Motors anunciou nesta segunda-feira que elevou os investimentos em sua fábrica em São Caetano do Sul, região metropolitana de São Paulo, em 700 milhões de reais. Com o aumento, os desembolsos na unidade até 2012 somarão 2,05 bilhões de reais.
A companhia havia anunciado no final de março novo um plano de investimento de 1,4 bilhão de reais para renovar a atual linha de veículos Chevrolet até 2012. Desse volume, 1,35 bilhão de reais seriam voltados para a fábrica em São Caetano do Sul, que produz os modelos Classic, Corsa hatchback, Corsa sedã, Astra hatchback, Astra sedã, Vectra sedã e Vectra GT (hatchback)
“(O investimento adicional) será destinado ao desenvolvimento e produção de um novo modelo Chevrolet para atender o mercado brasileiro e, eventualmente, para exportação”, afirma a GM do Brasil em comunicado. “Os recursos completam o plano de investimentos da empresa entre 2008 e 2012, totalizando um montante superior a 5 bilhões de reais.”
A GM do Brasil é a terceira maior operação da GM no mundo depois de Estados Unidos e China, no primeiro quadrimestre de 2010, a companhia obteve vendas de 206,6 mil automóveis e comerciais leves, crescimento de 26 por cento sobre igual período de 2009.
O anúncio da GM acontece depois que a Ford divulgou em abril investimentos adicionais de 500 milhões de reais no país que elevaram o total a ser injetado pela empresa no Brasil para 4,5 bilhões de reais, entre 2011 e 2015. Fonte: Veja
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Será que Chevrolet (GM), Ford e Chrysler são fortes suficientes para nao entrarem em colapso com a crise atual?

Posted on outubro 30, 2008. Filed under: Chevrolet, Chrysler, Detroit, Ford, GM, Henri Paulson |

>

GIGANTES AMEAÇADAS

Será que Chevrolet (GM), Ford e Chrysler são fortes suficientes para não entrarem em colapso com a crise atual? Essa é uma pergunta que corre nas rodas do governo e das grandes corporações. A queda de uma delas ou das três, que juntas empregam quase dois milhões de norte-americanos, seria uma desgraça em termos de credibilidade do país. Por isso, não é impossível que elas possam pegar uma beiradinha do pacote de 800 bi que está sendo administrado pelo Secretário do Tesouro, Henri Paulson.

Essas três empresas, conhecidas como as gigantes de Detroit, têm sido através dos anos os ícones do american way of life. Este ano, já perderam 20 por cento das vendas e realmente correm o risco de ir pro buraco, se o governo não ajudar… com o dinheiro do contribuinte.

Fonte: Blog da Leila Cordeiro

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...