concursãao de Mato Grosso

>Maggi anuncia novas datas para o concursão de Mato Grosso e mantem Unemat

Posted on novembro 26, 2009. Filed under: ´Concurso de Mato Grosso, Blairo Maggi, concursãao de Mato Grosso, concurso público, Unemat |

>

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) foi destituída de grande parte das funções do concurso público. O governador Blairo Maggi afirmou que o governo irá assumir a distribuição, fiscalização e segurança, ficando para a universidade apenas a elaboração das provas. Além disso, uma equipe do Tribunal de Contas do Estado (TCE) estará em Cáceres para verificar o caixa da Unemat. O novo certame será nos dias 31 de janeiro e 21 de fevereiro de 2010.


Maggi não substituiu a Unemat, mas, por meio de convocação de servidores públicos, disse que o Estado estará a frente do concurso para que os erros ocorridos no domingo (22) não se repitam. A intenção é que a Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Defensoria Pública e qualquer servidor que seja convocado e aceite participar se envolvam nas próximas provas.


Para que, dessa vez, dê certo, um comitê de acompanhamento formado por até 5 pessoas (com nomes ainda não definidos) foi criado pelo Executivo. Restará à Unemat a elaboração das provas, que deverão ser entregues lacradas.


Após muitas críticas, representantes da coordenação do concurso discutiam fragmentar a data das provas desde domingo. O Ministério Público Estadual também exigiu que isso ocorresse, já que a concentração de milhares de candidatos sobrecarregou o trânsito da Capital. No dia 31 de janeiro acontecerá a prova para os cargos de uma fase e 21 de fevereiro os de 2 fases.


O reitor Taisir Karim minimizou a entrada do governo do Estado na condução do concurso, dizendo que a Unemat participará ainda da preparação dos fiscais. O secretário de Administração, Geraldo de Vitto, disse que talvez não haja necessidade de ter 13 mil fiscais com a realização do concurso em 2 dias.


O governador reiterou que o Estado não gastará nada com a realização de novas provas, já que a Unemat foi contratada por R$ 13 milhões. “O lucro que a Unemat teve será usado para a preparação do novo concurso”.


O reitor não informou qual foi o “lucro”. Sabe-se apenas que o entidade gastou R$ 5 milhões até agora. Para verificar os recursos gastos no certame cancelado pela universidade mato-grossense, uma equipe de auditores do TCE visitará Cáceres para fazer uma tomada de contas especial. A averiguação foi pedida pelo conselheiro Alencar Soares. A equipe apresenta o resultado dia 17 de dezembro.

Fonte: A Gazeta

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...