Concurso do TJ de Goiás

>Eleita, como Dilma agirá para enfrentar essas situações?

Posted on setembro 3, 2010. Filed under: Brasília, Complacente, Concurso do TJ de Goiás, Dilma Rousseff, Direitos do cidadão, Fernando Henrique, Itamar Franco, José Serra, leniente, PMDB, presidente Lula, PT, Receita Federal, tolerante |

>

Por Carlos Chagas

Complacente, tolerante, leniente? Talvez a razão lhe pertença. Falamos do presidente Lula. Afinal, o Brasil é assim, como ele, faz muito tempo. Do que a  Constituição mais cuida senão dos direitos do cidadão? De deveres, nem pensar.
 
Só que agora estouraram todos os limites. Exige medidas cirúrgicas a  lambança encenada pela Receita Federal nos episódios de quebra do sigilo fiscal de um bando de tucanos, incluída a filha do candidato José Serra. Para começar, a demissão do  secretario, até do ministro da Fazenda, seu chefe. Mais ainda, há que identificar os interessados nessa inadmissível  intromissão na vida privada dos adversários, envolvendo falsificação de documentos e de assinaturas.   Se forem do PT, como  os antigos “aloprados”, paciência. Pau neles. O que não dá é ver o governo tergiversando, inventando versões fantasiosas como a de que tudo não passa de uma briga interna no PSDB. Ou a de que ninguém sabia de nada.
 
Desde a primeira posse que o Lula hesita em punir auxiliares flagrados  em ilícitos variados. Até nisso segue o exemplo do antecessor, Fernando Henrique, levando o país a ter saudades do Itamar Franco, aquele que primeiro demitia para mandar ministros e altos funcionários se defenderem, depois.  Para o atual  presidente, o mensalão jamais aconteceu, como agora a Receita Federal merece toda a sua confiança porque é séria.
 
O EIXO SÃO PAULO-MINAS-GOIÁS    
Um inusitado eleitoral ameaça acontecer nos dois maiores colégios eleitorais do país: Dilma Rousseff ser eleita presidente da República e, para os governos estaduais, Gerado Alckmin e Antônio Anastásia. Uma demonstração de sabedoria do eleitorado ou uma contradição dos diabos?
 
Caso se configure essa hipótese, como Brasília se comportará, cercada por adversários? Acresce que Marconi Perilo, outro tucano, parece a um passo de eleger-se em Goiás.
 
Mais uma vez, o PMDB precisará vir em socorro do governo federal. Dominando o Congresso, o maior partido nacional buscará opor a política à  geografia.  Com a natural fatura apresentada na portaria do palácio do Planalto. O PT poderá fazer barulho nos três estados referidos, mas levar seus novos  governadores à defensiva, só mesmo o PMDB, atuando na Câmara, no Senado e nas Assembléias Legislativas.
 
Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Concursos dos Tribunais de Justiça do Brasil tem 1.848 vagas e R$ 18 mil

Posted on junho 27, 2009. Filed under: Concurso do TJ de Goiás, Concurso do TJ de MG, Concurso do TJ de Santa Catarina, Concurso do TJ de SP, Concurso do TJ do Paraná, Concurso do TJ do Piauí, Concurso do TJ do Sergipe |

>


O blog Bom Dia Mato Grosso não está operando normalmente com publicação de matéria dos principais fatos de Mato Grosso, na política, economia, sociedade, esporte, et., mas em breve você terá todas essas informações aqui, enquanto isso estamos postando oportunidade de colocação no mercado de trabalho, principalmente por meio de concusos públicos como os dos Tribunais de Justiça dos Estados de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Piauí, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe somam 1.848 oportunidades de níveis fundamental, médio e superior com remunerações entre R$ 1.170,24 a R$ 18 mil.

Confira a relação abaixo:


  • Tribunal de Justiça de Goiás

O Tribunal de Justiça de Goiás abriu concurso para 23 vagas de juiz substituto. O edital determina que o candidato tenha concluído o curso de direito há pelo menos três anos e comprove período mínimo de três anos de atividade jurídica. Vale destacar que 5% das vagas são reservadas para candidatos portadores de deficiência física. O salário inicial da carreira ainda não foi divulgado, mas gira em torno de R$ 18 mil.


Confira aqui mais informações.


  • Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Concurso visa ao preenchimento de duas oportunidades e formação de cadastro reserva na função de taquígrafo judiciário, que exige nível superior e oferece remuneração de R$ 2.571,55. A carga horária é de 30 horas semanais.


Confira aqui mais informações.


  • Tribunal de Justiça do Paraná

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná abre oferece 1.119 vagas efetivas e formação de cadastro reserva do 1º grau de jurisdição. As oportunidades são para analista judiciário (com especialidade na área judiciária, psicologia, contadoria e assistência social) e técnico judiciário. Os salários variam de R$ 1.422 para técnico e R$ 2.303,66 para analista.


Confira aqui mais informações.


  • Tribunal de Justiça do Paraná

Tribunal publicou a abertura, em dois editais, do concurso público que visa ao preenchimento de 56 vagas para os cargos de analista de sistemas (11) e técnico em computação (45). Do total de vagas, 5% está reservado para portadores de necessidades especiais e 10% para afrodescendentes. A remuneração é de R$ 5.192,96 para analista e de R$ 1.959,86 para técnico.


Confira aqui mais informações.

  • Tribunal de Justiça do Piauí

As inscrições serão recebidas até o dia 2 de julho para o concurso que visa preencher 250 oportunidades de auxiliar, técnico e analista judiciário, que envolvem todos os níveis escolares.

As vagas de auxiliar estão distribuídas entre as funções de bombeiro hidráulico, marceneiro e pedreiro, que exigem nível fundamental e oferecem salário de R$ 1.170,24. Os interessados nas oportunidades de técnico deverão optar por uma das seguintes áreas: administrativa, contabilidade, eletricidade, informática ou gráfica. Neste caso é exigido nível médio e a remuneração é de R$ 1.788,54. A carreira de analista é destinada a um dos seguintes cargos: analista judicial, analista de sistemas, arquiteto, arquivologista, auditor, contador, engenheiro civil, estatístico, psicólogo, escrivão judiciário e oficial de justiça avaliador. Para concorrer a uma dessas funções é preciso ter nível superior completo na área da vaga. Os salários são de R$ 3.464,57 para oficial de justiça avaliador e de R$ 2.864,57 para os demais cargos.


Confira aqui mais informações.



  • Tribunal de Justiça de Santa Catarina

O TJ/SC divulgou edital que abre 65 oportunidades de nível superior em diversos municípios para preenchimento através de concurso público. Do total de vagas, 42 são para analista jurídico e 23 estão destinadas à carreira de assistente social. Em ambos os casos, as remunerações são de R$ 3.522,68, além de auxílio-alimentação (R$ 600) e abono (R$ 100).


Confira aqui mais informações.


  • Tribunal de Justiça de São Paulo

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo divulgou concurso público para a Outorga de Delegações de Notas e de Registro do Estado de São Paulo – Delegações de Registro Civil das Pessoas Naturais. São 265 vagas para ingresso na atividade e 133 para remoção na capital e em várias cidades do interior do Estado. O candidato deverá ser bacharel em Direito ou possuir certidão do exercício, por dez anos, completados até a data de inscrição. Os profissionais de serviços notariais e de registro são remunerados, exclusivamente, por meio dos valores cobrados em razão do ofício, de acordo com legislação específica.


Confira aqui mais informações.

  • Tribunal de Justiça de São Paulo

Do total de vagas, quatro são para o cargo de enfermeiro, que oferece remuneração de R$ 4.832,17, para carga horária de 30h semanais; e duas são para médico (clínico geral e psiquiatra), função que conta com salário de R$ 5.172,26, para carga horária de 20h semanais. Ambos as carreiras exigem nível superior completo nas respectivas áreas.


Confira aqui mais informações.


  • Tribunal de Justiça do Sergipe

O concurso oferece 62 oportunidades e formação de cadastro reserva de analista e técnico judiciário. A carreira de analista judiciário apresenta vagas nas áreas de direito (12), contabilidade (3), serviço social (7), engenharia civil (2), arquitetura (1), psicologia (CR) e análise de sistemas (7). O salário inicial é de R$ 1.952,29. Para técnico judiciário há 30 postos para a área administrativa/judiciária e formação de cadastro reserva para a área de programação de sistemas. O candidato deve ter concluído o ensino médio para concorrer a uma dessas oportunidades para salário inicial de R$ 1.259,43.


Confira aqui mais informações sobre.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...