concurso público

>Prefeitura de Tangará da Serra abre concurso público com 325 vagas

Posted on novembro 4, 2010. Filed under: Cargos, concurso público, escolaridade, Mato Grosso, Prefeitura de Tangará da Serra, vagas |

>

A Prefeitura de Tangará da Serra, cidade localizada no médio norte do estado de Mato Grosso,  abriu concurso público com 325 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. 
 Tangará da Serra, Mato Grosso

Salários oferecidos
Os salários vão de R$ 523,74 a R$ 8.351,86 .


Inscrições até o dia 5 de dezembro
As inscrições devem ser feitas até 5 de dezembro pelo site www.institutocidades.org.br. A taxa varia de R$ 23 a R$ 26.

Recomendamos a leitura cuidadosa do edital. (veja aqui o edital

Cargos oferecidos

Entre os cargos estão biólogo, fonoaudiólogo, psicólogo, enfermeiro, cirurgião dentista, médicos, farmacêutico, biomédico, assistente social, nutricionista, bioquímico, fisioterapeuta, administrador, contador, arquiteto, advogado,  engenheiro sanitarista, professor de educação pré-escolar infantil, técnico em enfermagem, técnico em imobilização ortopédica, operador de raio-X, operador de ETA, recepcionista, auxiliar de farmácia, ajudante serviços gerais, borracheiro, lubrificador e vigia.

As provas objetivas serão realizadas na cidade de Tangará da Serra, com data prevista para os dias 9 e 16 de janeiro, em locais e horários que serão divulgados oportunamente no site http://www.institutocidades.org.br.

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Concurso da Prefeitura de Pontes e Lacerda abre 120 vagas com salário até R$ 4.222,52

Posted on outubro 1, 2010. Filed under: concurso, concurso público, Pontes e Lacerda, Prefeitura de Pontes e Lacerda |

>Concurso público da  Prefeitura de Pontes e Lacerda, Mato Grosso, abriu 120 vagas temporárias em cargos de todos os níveis de escolaridade.

Descrição das vagas

Ensino Fundamental
Adjunto de Segurança, Cozinheira, Jardineiro, Mecânico, Lavador de Veículos, Motorista, Motorista Escolar, Operador de Escavadeira Hidráulica (PC), Operador de Pá Carregadeira, Operador de Patrol, Operador de Patrol – categoria Master, Auxiliar de Consultório Dentário, Auxiliar de laboratório, Agente Administrativo, Tratorista.
 
Ensino Médio
Agente de Pesquisa, Assistente Administrativo, Desenhista, Orientador Social, Padeiro, Técnico Operacional em Assuntos Administrativos, Técnico Agrícola, Técnico em Enfermagem, Técnico de Prótese Dentária.
 
Nível Superior
Assistente Social, Bioquímico/Farmacêutico, Enfermeiro Padrão, Historiador, Médico, Nutricionista, Odontólogo, Professor de Educação Física, Psicólogo, Técnico Administrativo em Recursos Humanos, Turismólogo. 

Inscrições de 27 de setembro a 7 de outubro 

Clique aqui para inscrever

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Sesc de Mato Grosso abre concurso com 107 vagas

Posted on agosto 24, 2010. Filed under: concurso, concurso do Sesc de Mato Grosso, concurso público, Sesc de Mato Grosso |

>Concurso público organizado pelo Sesc, Serviço Social do Comérciodo Mato Grosso, abre inscrições para 107 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade para as cidades de Cáceres, Alta Floresta, Rondonópolis, Cuiabá e Poxoréu.

Salário
O salário varia de R$ 497,30 a R$ 2.132,59.

Inscrições de 25 de agosto a 15 de setembro
As inscrições devem ser feitas entre as 7h de 25 de agosto e as 18h de 15 de setembro pelo site www.institutocetro.org.br. A taxa vai de R$ 20 a R$ 55.

Leia atentamente o edital
Veja aqui o edital

Pode pedir isenção do pagamento da taxa o candidato com renda de até um salário mínimo e meio ou que esteja desempregado, ou ainda doador de sangue.

As provas objetivas serão realizadas nas cidades de Cuiabá, Rondonópolis, Alta Floresta, Cáceres e Poxoréu, na data prevista de 24 de outubro.

Veja lista de cargos:

Nível fundamental
Auxiliar de Copa e Cozinha (Atividade Nutrição)
Auxiliar de Serviços Gerais
Auxiliar de Serviços Gerais (Atividade Ação Comunitária)
Cozinheiro

Nível médio
Artífice de Manutenção Objetiva
Auxiliar de Consultório Dentário
Assistente Técnico (Atividade Biblioteca)
Auxiliar de Biblioteca
Assistente Técnico (Atividade Serviços Financeiros)
Assistente Técnico (Atividade Vendas)
Auxiliar Administrativo (Atividade Secretaria Escolar)
Auxiliar de Disciplina (Atividade Educação)
Motorista
Assistente Técnico (Atividade Edificações)
Assistente Técnico (Atividade Segurança do Trabalho)
Assistente Técnico (Atividade Serviços Administrativos)
Assistente Técnico (Atividade Serviços Financeiros – Caixa)
Auxiliar de Recepção
Atendente (Garçom)
Telefonista
Técnico Adjunto (Atividade Serviços de Secretaria)
Técnico Adjunto (Atividade Recreação)
Técnico Adjunto (Atividade de Sonorização)
Técnico Adjunto (Atividade Logística Organizacional e Patrimônio)
Técnico Adjunto (Atividade Serviços Financeiros)
Técnico Adjunto (Atividade Serviço de Matrícula)

Nível superior
Coordenador de Ensino (Atividade Ensino Fundamental)
Coordenador de Ensino (Atividade EJA)
Instrutor
Técnico Especializado (Atividade Biblioteca)
Técnico Especializado (Atividade Dança)
Técnico Especializado (Atividade Artes Plásticas)
Técnico Especializado (Atividade Cinema)
Técnico Especializado (Atividade Nutrição)
Técnico Especializado (Atividade Comunicação e Divulgação)
Técnico Especializado em Saúde (Atividade Odontologia)
Técnico Especializado (Atividade Serviço de Pessoal)
Técnico Especializado (Atividade Almoxarifado)
Professor I (Atividade Educação Infantil)
Professor I (Atividade EJA)
Professor I (Atividade Educação Fundamental)
Professor II (Disciplina Informática)
Professor I (Atividade Educação Fundamental 1º segmento – Inglês)

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Concurso da Prefeitura de Campo Verde(MT) tem 110 vagas e salário até R$ 4.546,20

Posted on julho 6, 2010. Filed under: Concurso da Prefeitura de Campo Verde, concurso de Campo Verde, concurso público |

>

Concurso público da Prefeitura e a Câmara de Campo Verde, estado do Mato Grosso, abrem 110 vagas para os níveis, fundamental, médio e superior. 
 Empreendimento na cidade de Campo Verde MT
Salário
Os salários variam conforme o cargo, de R$ 704,66 a R$ 4.546,20.
As vagas são para os seguintes cargos: 
  • Controlador Interno,
  • Enfermeiro, 
  • Atendente de Farmácia,
  • Fiscal, 
  • Auxiliar de Laboratório, 
  • Cozinheiro, 
  • Motorista,
  • Técnico em Informática, entre outras.
Período de incricões vai de 19 de julho a 8 de agosto 
As inscrições podem ser feitas de 19 de julho até 8 de agosto no site www.consulplan.net ou na Central de Atendimento da Consulplan (rua Manoel Genildo de Araújo, nº. 224, Bairro Campo Real 2, Campo Verde), das 8h30 às 16h. A taxa vai de R$ 50,00 a R$ 80,00.
As provas objetivas serão aplicadas na data prevista de 19 de setembro de 2010. O concurso de Campo Verde terá prova prática e de títulos para Professor.


Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Concurso da Prefeitura de Sapezal oferece 118 vagas

Posted on maio 26, 2010. Filed under: Concurso de Sapezal, concurso público, IPEDMT, Sapezal |

>A Prefeitura Municipal de Sapezal realiza concurso público com a oferta de 118  vagas em vários cargos em todos os níveis de escolaridade. 

Vista aéria da cidade de Sapezal – MT



Vagas e salários
As vagas em  nível Alfabetizado, Fundamental, Médio, Técnico e Superior, com carga horária de 40 a 44h semanais e remuneração variada entre R$ 621,05 a R$ 1.570,08.

O valor da taxa de inscrição varia entre R$ 40,00 a R$ 80,00.

Inscrições de 17 de maio a 18 de junho
As inscrições serão realizadas no período de 17 de maio de 2010 a 18 de junho de 2010, exclusivamente, via internet, através do site do Ipedmt  

O Concurso de Sapezal é organizado pelo IPEDMT, Instituto de Pesquisa, Desenvolvimento e Gestão, a abertura de inscrições ao Concurso Público de Provas e Títulos, será de provas com valoração de títulos para os cargos de:

Professor de Artes, Educação Física, Geografia, Inglês, Matemática, Pedagogia,  Pedagogia/Educação Infantil, e exclusivamente de provas para os demais cargos.

As provas do Concurso Sapezal IPEDMT estão previstas para o dia 18 de julho de 2010, em horário único e locais a serem divulgados através de Edital próprio que será na Prefeitura, através de jornal com circulação no município e através do portal eletrônico da empresa organizadora do concurso com antecedência mínima de 10 dias.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Ipiranga do Norte realiza concurso com 64 vagas e salário até R$ 10 mil

Posted on dezembro 17, 2009. Filed under: concurso, concurso público, Ipiranga do Norte, Mato Grosso, Prefeitura de Ipiranga do Norte |

>Concurso público organizado pela Prefeitura de Ipiranga do Norte (MT) e SAAE, abre 64 vagas em todos os níveis de escolaridade.

São vaga para médico, professor, auxiliar de farmácia, bibliotecária, recepcionista, motorista, zeladora, etc.


Salários Os salários que variam entre R$568,22 e R$10 mil.


Inscrições de 4 a 12 de janeiro de 2010 As inscrições estarão disponíveis de 4 a 12 de janeiro (em dias úteis) junto à Central de Atendimento do Concurso (Rua dos Girassóis, s/nº, esquina com a Avenida Fortaleza, Centro – Paço Municipal), das 7h30 às 13h00.

www.ipirangadonorte.mt.gov.br

A taxa custa R$ 20,00 para as funções de nível alfabetizado, R$ 40,00 para as de nível fundamental, R$ 50,00 para as de nível médio e R$ 100,00 para nível superior.

As provas objetivas estão previstas para o dia 17 de janeiro, no turno da manhã. O turno da tarde será disponibilizado para as provas práticas.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Maggi anuncia novas datas para o concursão de Mato Grosso e mantem Unemat

Posted on novembro 26, 2009. Filed under: ´Concurso de Mato Grosso, Blairo Maggi, concursãao de Mato Grosso, concurso público, Unemat |

>

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) foi destituída de grande parte das funções do concurso público. O governador Blairo Maggi afirmou que o governo irá assumir a distribuição, fiscalização e segurança, ficando para a universidade apenas a elaboração das provas. Além disso, uma equipe do Tribunal de Contas do Estado (TCE) estará em Cáceres para verificar o caixa da Unemat. O novo certame será nos dias 31 de janeiro e 21 de fevereiro de 2010.


Maggi não substituiu a Unemat, mas, por meio de convocação de servidores públicos, disse que o Estado estará a frente do concurso para que os erros ocorridos no domingo (22) não se repitam. A intenção é que a Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Defensoria Pública e qualquer servidor que seja convocado e aceite participar se envolvam nas próximas provas.


Para que, dessa vez, dê certo, um comitê de acompanhamento formado por até 5 pessoas (com nomes ainda não definidos) foi criado pelo Executivo. Restará à Unemat a elaboração das provas, que deverão ser entregues lacradas.


Após muitas críticas, representantes da coordenação do concurso discutiam fragmentar a data das provas desde domingo. O Ministério Público Estadual também exigiu que isso ocorresse, já que a concentração de milhares de candidatos sobrecarregou o trânsito da Capital. No dia 31 de janeiro acontecerá a prova para os cargos de uma fase e 21 de fevereiro os de 2 fases.


O reitor Taisir Karim minimizou a entrada do governo do Estado na condução do concurso, dizendo que a Unemat participará ainda da preparação dos fiscais. O secretário de Administração, Geraldo de Vitto, disse que talvez não haja necessidade de ter 13 mil fiscais com a realização do concurso em 2 dias.


O governador reiterou que o Estado não gastará nada com a realização de novas provas, já que a Unemat foi contratada por R$ 13 milhões. “O lucro que a Unemat teve será usado para a preparação do novo concurso”.


O reitor não informou qual foi o “lucro”. Sabe-se apenas que o entidade gastou R$ 5 milhões até agora. Para verificar os recursos gastos no certame cancelado pela universidade mato-grossense, uma equipe de auditores do TCE visitará Cáceres para fazer uma tomada de contas especial. A averiguação foi pedida pelo conselheiro Alencar Soares. A equipe apresenta o resultado dia 17 de dezembro.

Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Blairo Maggi culpa Unemat pela confusão e anuncia novo concurso para breve

Posted on novembro 22, 2009. Filed under: Blairo Maggi, concurso, concurso público, confusão, desorganização, Unemat |

>

O governador Blairo Maggi disse neste domingo, em entrevista exclusiva para o RDNews, que, assim que recebeu telefonema do secretário Geraldo de Vitto, comunicando sobre a confusão e desorganização por parte da Unemat, sob o reitor Taisir Karim, daquele que seria o maior concurso público do país, sugeriu, de imediato, que anunciasse o cancelamento oficial. Foi a partir daí que Vitto, até então resistente à ideia, reuniu o comitê gestor e comunicou a suspensão do concurso. Em seguida, convocou entrevista coletiva, que começou às 14h15, no Palácio Paiaguás.

Maggi esta visitando alguns municípios no Médio-Norte. Neste domingo, às 14h, quando falou com RDNews, ele se encontrava em Sapezal. Do município fundado pelo sua família, ele retorna direto para Cuiabá. Vai cobrar explicações. O governador observa que a responsabilidade pelo concurso é da Universidade do Estado (Unemat). Se mostra preocupado com a repercussão negativa. “É duro porque a gente optou por uma instituição de Mato Grosso, até para evitar que todo esse dinheiro (pago para as inscrições) fosse para outro Estado”. O mais grave, diz Maggi, são as denúncias de que as provas vazaram antes. “Sugeri o cancelamento de imediato, não pode acontecer uma coisa dessa”.

Blairo Maggi disse que, mesmo com tanto transtorno e confusão, é preciso agir rápido para repor o concurso, ou seja, convocar um novo processo seletivo o mais rápido possível. Assegura que não haverá prejuízos aqueles que fizeram inscrição. Disse também que exige procedimentos e investigações para culpar responsáveis pelas falhas e irregularidades. A Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar responsabilidades. “Vamos detectar onde estão os erros e punir os culpados”.

O governador enfatiza que é preciso convocar novo concurso para os próximos dias porque. Pondera que 2010 é ano eleitoral e existe prazo para convocar e nomear os aprovados. Nesse caso, o tempo só se estenderia até 4 de abril, já que a legislação proíbe contratação de servidores durante os seis meses que antecedem às eleições, que acontecem em outubro do próximo ano. Observa que existem vagas em abertos para cargos de profissionais que, antes de começarem a atuar, precisam passar por formação. (Romilson Dourado) Fonte: RDNews

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Tumulto no concurso de MT: "Tinha gente desesperada, gritando, tentando entrar"

Posted on novembro 22, 2009. Filed under: concurso de Mato Grosso, concurso público, Tumulto no concurso de MT |

>

A radialista Ana Cláudia Simas, que participou do concurso público deste domingo, narra que viveu um verdadeiro caos. Ela fez a prova na Unirondon e relata que a confusão começou no início da manhã, e que por volta das 10h30 foi comunicada que as provas dos período matutino, naquele local, seriam canceladas e remarcadas, e que as provas do período vespertino continuariam conforme previsto.


Segundo a radialista, os portões fecharam às 8h15 e mesmo assim muita gente ainda estava do lado de fora. “Tinha gente desesperada, gritando, tentando entrar”, lembra. Depois, já na sala de aula, a desorganização prevalecia. “Todo mundo entrava com bolsa na sala, com celular. Provas voaram pelas janelas! Enquanto esperávamos, muitas pessoas falavam no telefone, filmavam tudo”, indigna-se.

Enquanto isso, conta, nos corredores, dezenas de pessoas esperavam sem saber para onde ir, “muita gente simplesmente não sabia onde fazer a prova”, lembra. Então, por volta das 10h, ela fora informada de que em algumas salas a prova já estava sendo aplicada.


A notícia causou alvoroço entre os participantes que decidiram se organizar para reinvidicar o cancelamento do exame. “Saímos de nossa sala e começamos a mobilizar as outras pessoas. Fomos de sala em sala, um tumulto, caos! Gritávamos, cancela, cancela, cancela”.

Simas que faria prova apenas de manhã, afirma que sentiu-se lesada. “Me senti desrespeitada, por não fazer um concurso seguro. Sem credibilidade, sem nada”, finalizou.

Já Leonardo Reis, que fez a prova para o cargo de Gestor Público, na UNIC, diz que o que mais lhe causou estranheza foi o fato dos gabaritos não estarem lacrados. “Os gabaritos não estavam lacrados, além disso houve confusão na hora da entrega das provas e algumas salas receberam o exame que deveria ser respondido de tarde. Tem gente que levou para casa a prova que será respondida de tarde”, conta.

Erros ortográficos grotescos também foram identificados pelo candidato. “Havia uma alternativa por exemplo que deveria ser ‘pregão eletrônico’ e estava escrito ‘ cegrão eletrônico’. Marquei a questão, mas fiquei decepcionado com o descomprometimento”, declarou.

De acordo com Reis, muitas pessoas foram direto da UNIC para a delegacia registrar boletim de ocorrência. Indagado sobre o sentimento diante do caos que se transformou aquele que deveria ser o maior concurso público do país, Reis é incisivo: “colocamos em xeque todo o processo seletivo”.

Fonte: Olhar Direto – Fotos: RDNews

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Maior concursos público de Mato Grosso é cancelado por desorganização e indícios de fraudes

Posted on novembro 22, 2009. Filed under: anulação do concurso, concurso de Mato Grosso, concurso público, fraudes, suspeita |

>

O maior Concurso Público para contratação de pessoal, promovido pelo Governo do Estado, começou errado e terminou errado. O secretário de Administração, Geraldo de Vitto, anunciou a anulação do concurso sob suspeita de fraudes. Durante toda a manhã, houve denuncias de favorecimento e também falhas dos mais variados tipos. As provas da parte da tarde, que deveriam ter início as 14 horas, foram suspensas, segundo informaram funcionários do Governo.

O Governo alegou problemas de logística para cancelar o concurso. Faltou local para os candidatos fazerem as provas. Já em outros locais as provas não chegaram a tempo. Há informações de que houve vazamento de provas. Candidatos disseram ter observado que concorrentes tiveram acesso às provas que ainda seriam aplicadas no período da tarde. Outros candidatos tiveram acesso a provas para outros cargos. Os candidatos disseram que receberam essas provas dentro da própria sala onde prestavam o concurso.

A situação mais grave pelo que se tem registro até o momento foi na Unirondon, em Cuiabá. No local não teve prova nesta manhã. Muitos candidatos que estavam lotados em outros locais foram transferidos para a Unirondon, alguns recentemente, faltando três ou quatro dias para o concurso, o que aumentou ainda mais a confusão. Vários candidatos chegaram ao local e não encontraram sala para fazer a prova. Os candidatos chegaram a registrar boletins de ocorrência como forma de provar que eles estão sendo prejudicados.

Em outros lugares candidatos disseram ter recebido os envelopes de provas rasgados, sem lacre e ainda engano no momento de distribuição de formulários. Os questionários que deveriam ser respondidos de tarde foram entregues agora pela manhã, gerando um clima de insegurança entre os concorrentes.

O concurso público é considerado o maior da história de Mato Grosso. Ao todo, serão atendidos 19 órgãos: Auditoria Geral do Estado, Casa Civil, Instituto de Defesa Agropecuária, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Militar, Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Polícia Judiciária Civil, Instituto de Terras de Mato Grosso, Secretarias de Meio Ambiente, de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, de Infraestrutura, de Comunicação, de Administração, de Planejamento, de Turismo, de Cultura, de Esporte e Lazer, de Desenvolvimento Rural, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Junta Comercial e Procon.

Os problemas desse concurso começaram muito antes, ainda na fase de preparação do certame, quando o Ministério Público Estadual anunciou medida para desqualificar a Fundação de Apoio ao Ensino Superior (Faesp), órgão da Universidade de Mato Grosso (Unemat). A Faesp é uma fundação privada que arrecada dinheiro público por convênio com a instituição de ensino superior, mas até hoje, nunca prestou contas dos valores arrecadados por meio da universidade. Para que o concurso fosse mantido, foi necessário um Termo de Conduta, ajustado com o MPE.

As provas estavam sendo aplicadas em Cuiabá, Várzea Grande, Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Diamantino, Juara, Juína, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra, Vila Rica, Cáceres e Nova Xavantina.

Na sexta-feira, agentes da Polícia Federal apreenderam documentos na casa da professora Geysa Atala Curvo, coordenadora de concurso e vestibulares da Unemat , entidade responsável pela organização e elaboração das provas. Ainda não há informações sobre os motivos do mandato de apreensão. Fonte: www.24horasnews.com.br

Ler Post Completo | Make a Comment ( 1 so far )

« Entradas Anteriores

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...