concurso

>Concurso da Prefeitura de Pontes e Lacerda abre 120 vagas com salário até R$ 4.222,52

Posted on outubro 1, 2010. Filed under: concurso, concurso público, Pontes e Lacerda, Prefeitura de Pontes e Lacerda |

>Concurso público da  Prefeitura de Pontes e Lacerda, Mato Grosso, abriu 120 vagas temporárias em cargos de todos os níveis de escolaridade.

Descrição das vagas

Ensino Fundamental
Adjunto de Segurança, Cozinheira, Jardineiro, Mecânico, Lavador de Veículos, Motorista, Motorista Escolar, Operador de Escavadeira Hidráulica (PC), Operador de Pá Carregadeira, Operador de Patrol, Operador de Patrol – categoria Master, Auxiliar de Consultório Dentário, Auxiliar de laboratório, Agente Administrativo, Tratorista.
 
Ensino Médio
Agente de Pesquisa, Assistente Administrativo, Desenhista, Orientador Social, Padeiro, Técnico Operacional em Assuntos Administrativos, Técnico Agrícola, Técnico em Enfermagem, Técnico de Prótese Dentária.
 
Nível Superior
Assistente Social, Bioquímico/Farmacêutico, Enfermeiro Padrão, Historiador, Médico, Nutricionista, Odontólogo, Professor de Educação Física, Psicólogo, Técnico Administrativo em Recursos Humanos, Turismólogo. 

Inscrições de 27 de setembro a 7 de outubro 

Clique aqui para inscrever

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Sesc de Mato Grosso abre concurso com 107 vagas

Posted on agosto 24, 2010. Filed under: concurso, concurso do Sesc de Mato Grosso, concurso público, Sesc de Mato Grosso |

>Concurso público organizado pelo Sesc, Serviço Social do Comérciodo Mato Grosso, abre inscrições para 107 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade para as cidades de Cáceres, Alta Floresta, Rondonópolis, Cuiabá e Poxoréu.

Salário
O salário varia de R$ 497,30 a R$ 2.132,59.

Inscrições de 25 de agosto a 15 de setembro
As inscrições devem ser feitas entre as 7h de 25 de agosto e as 18h de 15 de setembro pelo site www.institutocetro.org.br. A taxa vai de R$ 20 a R$ 55.

Leia atentamente o edital
Veja aqui o edital

Pode pedir isenção do pagamento da taxa o candidato com renda de até um salário mínimo e meio ou que esteja desempregado, ou ainda doador de sangue.

As provas objetivas serão realizadas nas cidades de Cuiabá, Rondonópolis, Alta Floresta, Cáceres e Poxoréu, na data prevista de 24 de outubro.

Veja lista de cargos:

Nível fundamental
Auxiliar de Copa e Cozinha (Atividade Nutrição)
Auxiliar de Serviços Gerais
Auxiliar de Serviços Gerais (Atividade Ação Comunitária)
Cozinheiro

Nível médio
Artífice de Manutenção Objetiva
Auxiliar de Consultório Dentário
Assistente Técnico (Atividade Biblioteca)
Auxiliar de Biblioteca
Assistente Técnico (Atividade Serviços Financeiros)
Assistente Técnico (Atividade Vendas)
Auxiliar Administrativo (Atividade Secretaria Escolar)
Auxiliar de Disciplina (Atividade Educação)
Motorista
Assistente Técnico (Atividade Edificações)
Assistente Técnico (Atividade Segurança do Trabalho)
Assistente Técnico (Atividade Serviços Administrativos)
Assistente Técnico (Atividade Serviços Financeiros – Caixa)
Auxiliar de Recepção
Atendente (Garçom)
Telefonista
Técnico Adjunto (Atividade Serviços de Secretaria)
Técnico Adjunto (Atividade Recreação)
Técnico Adjunto (Atividade de Sonorização)
Técnico Adjunto (Atividade Logística Organizacional e Patrimônio)
Técnico Adjunto (Atividade Serviços Financeiros)
Técnico Adjunto (Atividade Serviço de Matrícula)

Nível superior
Coordenador de Ensino (Atividade Ensino Fundamental)
Coordenador de Ensino (Atividade EJA)
Instrutor
Técnico Especializado (Atividade Biblioteca)
Técnico Especializado (Atividade Dança)
Técnico Especializado (Atividade Artes Plásticas)
Técnico Especializado (Atividade Cinema)
Técnico Especializado (Atividade Nutrição)
Técnico Especializado (Atividade Comunicação e Divulgação)
Técnico Especializado em Saúde (Atividade Odontologia)
Técnico Especializado (Atividade Serviço de Pessoal)
Técnico Especializado (Atividade Almoxarifado)
Professor I (Atividade Educação Infantil)
Professor I (Atividade EJA)
Professor I (Atividade Educação Fundamental)
Professor II (Disciplina Informática)
Professor I (Atividade Educação Fundamental 1º segmento – Inglês)

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Destaques dos jornais desta 5ª feira: Lobista preso na Hygeia está ligado à fraude em concurso

Posted on abril 15, 2010. Filed under: concurso, Destaques dos jornais, fraude, lobista, Operação Hygeia |

>


 
A Gazetawww.gazetadigital.com.br
– Relatório mostra irregularidades
– Vendas no varejo estadual registram alta no bimestre
– Menor morre e ônibus é destruído
– Interdição da área do lixão não é respeitada
– Corinthians supera o Racing
– Terremoto de 6,9 graus mata 589 e fere 10 mil
– Um terço dos alunos foi agredido
– Choro bom de chorar
Folha do Estado  – www.folhadoestado.com.br
– Lobista preso na Hygeia está ligado à fraude em concurso
– Pulseiras do sexo devem ficar proibidas
– Criança morre atropelada por ônibus
– Bancada do PT no Senado defende Serys
– Superávit de MT é duas vezes maior que o do país
– Médicos residentes fazem paralisação
– Dal Bosco critica demissão de comissionados
– Preço do etanol deve cair mais em todo o país
Diário de Cuiabá www.diariodecuiaba.com.br
– Março foi de recordes para os negócios mato-grossenses
– Embargo ainda ‘empaca’
– MPF é contra a revogação de prisões
– MPE investiga suposto superfaturamento
– Criança é atropelada por ônibus e morre
– Saúde quer aumentar a imunização entre jovens
– Servidores da PF suspendem atividades
– Valorização de 4,88%

Correio do Estado (MS) – www.correiodoestado.com.br
Terremoto na China mata 589 e fere 10 mil

O Estado de São Paulo – www.estadao.com.br/estadaodehoje
Aliados se rebelam e elevam aposentadorias em 7,71%

Jornal da Tarde – www.jt.com.br
Receita devassa cinco anos de IR dos paulistas

Valor Econômico – www.valoronline.com.br
Economia cresce e já aponta para PIB recorde em 24 anos

Brasil Econômicowww.brasileconomico.com.br
Emergentes discutem sinergias para ampliar comércio

O Globo – oglobo.globo.com
Senado derruba cobrança de INSS dos aposentados

Correio Braziliense – www.correiobraziliense.com.br
Troca de nome ajudou maníaco a não ser preso

Estado de Minaswww.uai.com.br/em.html
Contribuição ao Ipsemg é ilegal
Diário Catarinense – www.diariocatarinense.com.br
50 mil servidores estão de fora do pacote do reajuste

Correio do Povo (RS) – www.correiodopovo.com.br
MST invade fazenda em Sanaduva, no Norte do Estado

Gazeta do Povo (PR) – portal.rpc.com.br/gazetadopovo
Sem respostas, Justus vê injustiça contra AL

Zero Hora – www.zerohora.com.br
Morte de jovem em parada de ônibus expõe cadeia de falhas

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Enem – uma operação de guerra

Posted on janeiro 28, 2010. Filed under: concurso, Enem, Gramática, INEP, MEC, prolixas |

>

Não faço parte do grupo que critica violentamente o Enem. Considero uma boa iniciativa, sujeita a aperfeiçoamentos que estão sendo providenciados pelo MEC, para o ano próximo. Fazer as provas em duas etapas (em semestres distintos) já protege o exame do seu gigantismo, que torna quase impraticável a sua implementação. Vejam o que aconteceu: 38% dos inscritos não compareceram, dando um enorme prejuízo ao erário, pois as provas foram impressas e havia locais e professores para a eventualidade de uma presença integral. Quem paga pela imprevidência?

O Enem é uma espécie de operação de guerra. A primeira versão foi a tragédia conhecida, com a anulação do concurso, pela falta de cuidados essenciais dos vencedores da licitação, todos inexperientes. Veio a segunda versão, feita agora, e muitas universidades federais se retiraram do processo, diminuindo a importância do exame. Perda de confiança ou falta de tempo? Ficou a dúvida.



O que nos causou espécie, nas segundas provas, foi o aperto geral dado na elaboração das questões. Os alunos sentiram e se queixaram. Não há uma explicação lógica para a mudança de nível e os técnicos do Inep não vieram a público para esclarecer o fato. Aliás, outro erro indesculpável foi o conhecimento de que uma das questões (no 101) deveria ser anulada, por admitir duas respostas, e mesmo assim foi mantida. Prejuízo claro para os alunos, pois perderam um tempo precioso para escolher a opção que seria correta, quando havia duas respostas possíveis. Não se entende porque uma prova assim complexa não tem um gabarito confiável.



A dúvida jamais poderia ser repassada aos alunos, mesmo que a questão depois fosse anulada. Isso é de uma clara irresponsabilidade, como ficou provado pelas manifestações dos 2,5 milhões de estudantes que fizeram a prova de linguagens, onde ocorreu o fenômeno. Nenhuma desculpa é válida, ainda mais depois do que havia acontecido na primeira e fracassada versão.



Outra crítica está sendo feita – e se avoluma – pelos professores de língua portuguesa. As questões eram prolixas, muito texto, e pouquíssimo apelo aos conhecimentos de Gramática. Só o bom senso não pode ser o fator determinante do sucesso.



O que está acontecendo, meio na surdina, é que os linguistas tomaram de assalto a elaboração das questões e desprezaram, como é do seu estilo, a importância da Gramática para o bom conhecimento do nosso idioma. Não dá para justificar essa preferência, a menos que o Inep deseje entrar para a história como o órgão público que acabou com a Gramática, nas nossas escolas. De onde terá vindo essa esdrúxula orientação?



Não vamos diminuir a dificuldade de elaborar tantas questões, inclusive com as diferentes cores (quatro) que impedem a existência da antiga “cola”. É muito trabalho, sabemos disso, mas é preciso começar o processo com toda antecedência que garanta a lisura e a correção de tudo o que é feito, teoricamente por pessoas altamente qualificadas. Esses erros desmoralizam o empenho do próprio MEC e todos saem perdendo.



Autor: Arnaldo Niskier – é da Academia Brasileira de Letras e presidente do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE/Rio). Fonte: CH

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Concurso público de Mato Grosso tem novas datas de provas

Posted on dezembro 29, 2009. Filed under: Blairo Maggi, concurso, Concurso público de Mato Grosso, Geraldo de Vitto, Unemat |

>

O concurso público do Estado de Mato Grosso, para o provimento de 10 mil vagas, será realizado em três datas distintas conforme antecipou o site Olhar Direto. As provas serão realizadas mediante nível de formação exigido em cada cargo. Candidatos do ensino fundamental farão prova no dia 31 de janeiro; do ensino médio em 21 de fevereiro; e do ensino superior, 21 de março de 2010. O cronograma foi divulgado oficialmente pelo Comitê de Acompanhamento do Concurso Público em coletiva realizada na tarde desta segunda-feira (28), no Palácio Paiaguás.

As novas mudanças sustentam a negligência por parte dos organizadores do maior concurso do país, que chegaram a aplicar todas as provas em um único dia 22 de novembro. A data fatídica ganhou repercusão nacional. A grande Cuiabá intransitável testemunhou uma sequência de equívocos que incluíram falta de informação sobre locais de provas, fiscais desqualificados, utilização de equipamentos eletronicos dentro da sala de aula, troca de provas e até vazamento de gabarito.

“Nossa preocupação é que os erros relatados não se repitam. Entendemos que dividir as provas em apenas duas datas não seria adequado tendo em vista a demanda de candidatos e a estrutura física disponível. Após analisar a situação sugerimos o novo fracionamento para a realização em três dias distintos e o governador Blairo Maggi acatou nosso pedido”, disse o chefe da Casa Militar, coronel Alexander Maia.

De acordo com o secretário de Administração de Mato Grosso, Geraldo de Vitto, os aprovados no concurso serão chamados antes do início do ano eleitoral, até julho do ano que vem. “Conforme foi desde o início, a expectativa é fazer o chamamento em abril.Todos os aprovados devem tomar posse em 2010” afirmou o secretário, salientando que a regra não valerá para inscritos a cargos que incluem mais de uma etapa de prova. Estes deverão tomar posse somente em 2011.

De Vitto e Maia garantiram que nesta quarta-feira (30) será divulgado nos jornais de grande circulação do estado e no site www.concurso.mt.gov.br a relação dos candidatos às vagas para nível fundamental. Eventuais equívocos na documentação, por exemplo, deverão ser manifestados até o dia 06 de janeiro. As listas contento os demais candidatos serão divulgadas posteriormente.

Para o primeiro dia de prova estima-se que sejam utilizados 183 escolas. A divulgação dos locais será feita a partir de 15 de janeiro. O chefe da Casa Militar explica ainda que tanto a divulgação das listas de inscritos quanto a dos locais de provas serão publicadas mediante conclusão do número de desistências.

De acordo com dados do Comitê, apenas 0,3% dos 274 mil inscritos formalizaram o pedido de desistência. “Os candidatos pagantes que não farão mais a prova serão ressarcidos a partir da abertura do ano orçamentário, fevereiro ou março de 2010”, informou Maia.

O Comitê de Acompanhamento foi criado após o cancelamento das provas de novembro. Os integrantes são representantes do Governo, Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), Secretaria de Segurança Pública, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT).

Fonte: Olhar Direto

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Ipiranga do Norte realiza concurso com 64 vagas e salário até R$ 10 mil

Posted on dezembro 17, 2009. Filed under: concurso, concurso público, Ipiranga do Norte, Mato Grosso, Prefeitura de Ipiranga do Norte |

>Concurso público organizado pela Prefeitura de Ipiranga do Norte (MT) e SAAE, abre 64 vagas em todos os níveis de escolaridade.

São vaga para médico, professor, auxiliar de farmácia, bibliotecária, recepcionista, motorista, zeladora, etc.


Salários Os salários que variam entre R$568,22 e R$10 mil.


Inscrições de 4 a 12 de janeiro de 2010 As inscrições estarão disponíveis de 4 a 12 de janeiro (em dias úteis) junto à Central de Atendimento do Concurso (Rua dos Girassóis, s/nº, esquina com a Avenida Fortaleza, Centro – Paço Municipal), das 7h30 às 13h00.

www.ipirangadonorte.mt.gov.br

A taxa custa R$ 20,00 para as funções de nível alfabetizado, R$ 40,00 para as de nível fundamental, R$ 50,00 para as de nível médio e R$ 100,00 para nível superior.

As provas objetivas estão previstas para o dia 17 de janeiro, no turno da manhã. O turno da tarde será disponibilizado para as provas práticas.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Maggi pede desculpas à população pelo fiasco do concurso

Posted on novembro 26, 2009. Filed under: concurso, concurso anulado., fiasco, Maggi, Unemat |

>

O governador Blairo Maggi pediu desculpas à população por todos os problemas ocasionados no concurso cancelado. Maggi eximiu a Unemat dos transtornos ocorridos ao dizer que o erro foi de todo o governo do Estado. Entretanto, para que não haja problemas novamente, o governador exigiu a substituição da equipe responsável pelo concurso, o que inclui a coordenadora do Covest, Geysa Atala.

Após a confusão, o governo fez um levantamento e definiu mudanças no novo concurso. “Verificamos que houve problemas de condução, mas que ocorreram depois que as provas chegaram nos locais”, disse Maggi. Com base nisso, o Estado assumiu a logística do processo. Além disso, uma nova equipe formada por professores da própria Unemat foi criada para a condução do certame.

Essa equipe estará a frente da elaboração das provas, outro item muito questionado pelos candidatos . Mas Maggi lembrou da prova da Ordem do Advogados do Brasil (OAB), que teve 8 questões anuladas por problemas de conteúdo e destacou que situações nesse sentido são passíveis de surgir. Para realmente melhorar as provas, a Unemat terá o apoio de outra universidade para a confecção dos questionários.

Notificação – Alencar Soares não é o único conselheiro do Tribunal de Contas que exige esclarecimento sobre o concurso anulado. Waldir Teis pediu na tarde do ontem explicações ao secretário de Administração Geraldo de Vitto sobre medidas adotadas em relação ao certame. O titular da pasta tem até 15 dias para responder ao procedimento.

Mas o delegado Massao Ohara (Fazendária) descartou até o momento qualquer possibilidade de fraude no concurso. Ohara se baseia nos quase 40 boletins de ocorrências feitos no domingo. Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Blairo Maggi culpa Unemat pela confusão e anuncia novo concurso para breve

Posted on novembro 22, 2009. Filed under: Blairo Maggi, concurso, concurso público, confusão, desorganização, Unemat |

>

O governador Blairo Maggi disse neste domingo, em entrevista exclusiva para o RDNews, que, assim que recebeu telefonema do secretário Geraldo de Vitto, comunicando sobre a confusão e desorganização por parte da Unemat, sob o reitor Taisir Karim, daquele que seria o maior concurso público do país, sugeriu, de imediato, que anunciasse o cancelamento oficial. Foi a partir daí que Vitto, até então resistente à ideia, reuniu o comitê gestor e comunicou a suspensão do concurso. Em seguida, convocou entrevista coletiva, que começou às 14h15, no Palácio Paiaguás.

Maggi esta visitando alguns municípios no Médio-Norte. Neste domingo, às 14h, quando falou com RDNews, ele se encontrava em Sapezal. Do município fundado pelo sua família, ele retorna direto para Cuiabá. Vai cobrar explicações. O governador observa que a responsabilidade pelo concurso é da Universidade do Estado (Unemat). Se mostra preocupado com a repercussão negativa. “É duro porque a gente optou por uma instituição de Mato Grosso, até para evitar que todo esse dinheiro (pago para as inscrições) fosse para outro Estado”. O mais grave, diz Maggi, são as denúncias de que as provas vazaram antes. “Sugeri o cancelamento de imediato, não pode acontecer uma coisa dessa”.

Blairo Maggi disse que, mesmo com tanto transtorno e confusão, é preciso agir rápido para repor o concurso, ou seja, convocar um novo processo seletivo o mais rápido possível. Assegura que não haverá prejuízos aqueles que fizeram inscrição. Disse também que exige procedimentos e investigações para culpar responsáveis pelas falhas e irregularidades. A Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar responsabilidades. “Vamos detectar onde estão os erros e punir os culpados”.

O governador enfatiza que é preciso convocar novo concurso para os próximos dias porque. Pondera que 2010 é ano eleitoral e existe prazo para convocar e nomear os aprovados. Nesse caso, o tempo só se estenderia até 4 de abril, já que a legislação proíbe contratação de servidores durante os seis meses que antecedem às eleições, que acontecem em outubro do próximo ano. Observa que existem vagas em abertos para cargos de profissionais que, antes de começarem a atuar, precisam passar por formação. (Romilson Dourado) Fonte: RDNews

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Dia 22 quase 300 mil candidatos disputam mais de 10 mil vagas em MT, veja informações úteis

Posted on novembro 21, 2009. Filed under: concurso, Concurso em Mato Grosso, concurso público, Mato Grosso |

>

No próximo domingo (22), o Governo de Mato Grosso realiza o maior concurso público do País, pelo menos em número de vagas. No total, são 274 mil inscritos, distribuídos em 16 cidades pólos, 3.912 salas e 422 estabelecimentos de ensino.

A Secretaria de Administração recomenda que os inscritos fiquem atentos aos locais de provas, uma vez que 18 estabelecimentos deixaram de receber o exame.

Em Cuiabá e Várzea Grande, as escolas serão substituídas pelo Centro Universitário Unirondon, na Avenida Beira-Rio. Já em Rondonópolis, os estabelecimentos serão substituídos pela Escola Professora Gildázia Souza Pirozi e Escola Cenecista 13 de Junho.

Os inscritos devem atentar ainda para o horário de fechamento dos portões dos locais onde serão realizados o exame. No período matutino, as provas serão para os cargos de nível superior e fundamental e os portões serão fechados às 8h.

Já no período vespertino, para os cargos de nível médio, além da continuidade das provas de quatro cargos do nível superior (delegado, perito, gestor e auditor). O portão será fechado às 14h.

Para realização da prova, é imprescindível a apresentação de um documento de identificação original com foto e uma caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente.

Segurança

No dia da aplicação das provas, será aumentado o número de policiais militares nas ruas, inclusive, para auxiliar no fluxo de veículos, visando garantir a chegada dos candidatos às escolas. Além disso, a PM vai fazer a escolta do transporte das provas para as cidades do Interior. A Polícia Civil também irá reforçar o efetivo.

Transportes

Conforme informações da SMTU, haverá um aumento nas linhas de ônibus para atender os candidatos, nos horários das 5h30 às 8h e das 11h às 14h. Em Várzea Grande, os ônibus vão circular quase que na sua totalidade, principalmente nas horas de pico.

Materiais não permitidos

Armas – Policiais militares, policiais civis, membros das Forças Armadas ou civis que possuam porte de arma e que irão prestar o concurso não poderão realizar as provas portando o armamento, conforme item previsto no edital.

Aparelhos eletrônicos – Como bip, telefone celular, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, aparelhos de MP3 ou similares, calculadora, máquina fotográfica, controle de alarme de carro e relógio de qualquer tipo.

Acessórios pessoais – Como óculos escuros, chapéu, boné e gorro.

Além disso, não será permitido: o uso de lápis, lapiseira, borracha, livros, anotações, folhas, réguas de cálculo ou qualquer outro material de consulta, inclusive, códigos ou legislação

Em caso de dúvidas, o interessado deve entrar em contato com os seguintes números de telefone: 3613-3682/3613-3741/3613-3799 ou pelo disque – servidor (0800-647-3633).

Confira aqui os locais de provas alterados, bem como os novos locais:


Cargos em disputa, o número de inscritos e as vagas disponíveis:

Apoio Administrativo Educacional – 75.068 (2 mil)
Agente de Serviço de Trânsito – 28.119 (284)
Técnico Administrativo Educacional – 25.499 (500)
Professor – 22.432 (3 mil)
Agente Prisional- 18.080 (859)
Polícia Militar – 16.704 (1 mil)
Agente de Desenvolvimento Econômico Social – 9.517 (198)
Delegado de Polícia- 7.713 (60)
Técnico da Área Instrumental – 6.756 (320)
Agente da Área Instrumental – 6.165 (100)
Assistente do Sistema Prisional – 5.474 (161)
Agente Orientador do Sistema Socioeducativo – 5.395 (280)
Técnico de Desenvolvimento Econômico Social – 4.378 (183)
Agente Fiscal de Defesa Agropecuária e Florestal II – 4.286 (97)
Gestor Governamental – 4.253 (50)
Assistente do Sistema Socioeducativo – 4.205 (54)
Fiscal de Defesa do Consumidor – 3.811 (11)
Técnico do Sistema Prisional – 3.779 (124)
Analista do Meio Ambiente – 3.105 (100)
Investigador de Polícia Civil – 2.793 (60)
Escrivão – 2.649 (60)
Perito Oficial Criminal – 2.169 (60)
Fiscal de Defesa Agropecuária e Florestal – 2.118 (163)
Agente Fiscal de Defesa Agropecuária e Florestal I – 1.958 (47)
Técnico em Necropsia – 1.832 (20)
Auditor – 1.438 (15)
Corpo de Bombeiros Militar – 1.346 (60)
Técnico do Sistema Socioeducativo – 984 (66)
Técnico de Serviço de Trânsito – 623 (16)
Conciliador de Defesa do Consumidor – 458 (11)
Analista Regulador – 398 (14)
Agente Fundiário – 345 (9)
Técnico Fundiário – 126 (18)
Analista Administrativo de Defesa Agropecuária e Florestal – 65 (6)

Números do concurso

A maioria dos 274 mil inscritos fará a prova na cidade pólo de Cuiabá, que inclui Várzea Grande, sendo 151.641 candidatos. A segunda cidade com maior número de candidatos é Rondonópolis (34.454), seguida de Cáceres (17.370), Barra do Garças (12.706), Sinop (2.267), Tangará da Serra (10.882), Alta Floresta (6.430), Diamantino (5.841), Pontes e Lacerda (4.432), Juina (4.346), Vila Rica (2.815), Sorriso (2.794), Água Boa (2.267), Juara (2.107), Nova Xavantina (2.035) e São Félix do Araguaia (1.690).

Do total de inscritos, 59% pagaram sua inscrição, 28% conseguiram isenção por desemprego, 12% por receber até um salário mínimo e apenas 1% por doação regular de sangue.

Apenas 5% dos inscritos, ou seja, aproximadamente 13 mil candidatos, são oriundos de outros Estados brasileiros e até mesmo de outros países, como Japão e Inglaterra. A grande maioria – 95%, ou cerca de 260 mil – é de Mato Grosso.

Em relação ao nível de escolaridade dos candidatos, a maioria dos inscritos possui o ensino superior (49%), 27% possuem apenas o nível fundamental e a minoria (24%) o ensino superior.

E, mais uma vez, as mulheres são a maioria. Dos 274 mil inscritos, 169.928 (62%) são do sexo feminino e 104.150 mil (38%) são do sexo masculino.

Plantão

A Secretaria de Estado de Administração (SAD) aumentou o número de linhas telefônicas para os candidatos tirarem as dúvidas. Os atendentes estarão de plantão até domingo (22) às 17 horas.

Telefones da Secretaria de Estado de Administração

3613-3682
3613-3741
3613-3799

Telefones da Unemat:

3644 – 4022
3644 – 4023
(65) 3221-0083
(65) 3222-1090

Com informações da Secretaria de Comunicação Social do Estado

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Concurso do TRE abre 23 vagas para Mato Grosso

Posted on novembro 13, 2009. Filed under: concurso, concurso do TRE, Concurso em MT, concurso público, TRE MT |

>

Concurso público organizado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, abre no dia 16 de novembro inscrições para 23 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior.

Considerando que no próximo ano será realizado eleições gerais, e na opinião de analistas na área de concursos, é que mesmo se tratando de cadastro reserva, é quase certo que os aprovados serão convocados para assumir suas funções.

Cargos e Salários

O salário inicial é de R$ 4.367,68 para analista e R$ 2.662,06 para técnico, acrescidos de gratificações de atividade judiciária e vantagem pecuniária individual, que elevam as remunerações para R$ 6.611,39 e R$ 4.052,96, respectivamente. Ambos os cargos recebem ainda auxílio alimentação, no valor de R$ 489,72.


Inscrições de 16 de novembro a 8 de dezembro
As inscrições devem ser feitas entre as 10h de 16 de novembro até as 23h59 de 8 de dezembro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/tre_mt2009. O valor da inscrição custa R$ 70 (analista) e R$ 55 (técnico).

(veja aqui o edital).

O tribunal oferece 13 vagas para analista judiciário, divididas em cargos na área administrativa – para candidatos com diploma em qualquer área de formação – e nas seguintes especialidades: contabilidade, análise de sistemas, engenharia civil e direito.

Os cargos de técnico judiciário, com 10 vagas, são para as áreas administrativa – para quem tem certificado de conclusão do ensino médio –, programação de sistemas e operação de computadores. Esses últimos exigem certificado de curso técnico equivalente, além do certificado de conclusão de ensino médio.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )


« Entradas Anteriores

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...