Copa 2014 em Cuiabá

>Copa 2014: Mato Grosso cria agência para coordenar e executar obras

Posted on setembro 15, 2009. Filed under: agência, Copa 2014, Copa 2014 em Cuiabá, estádio do Verdão, Palácio Paiaguás |

>

Foto

O secretário Extraordinário de Apoio às Políticas Ambientais e ex-prefeito de Rondonópolis Adilton Sachetti deve ser anunciado, nesta 3ª feira, como futuro presidente da Agência da Copa de 2014, em Cuiabá. A informação foi obtida esta noite, por Só Notícias, com uma fonte ligada ao governador Blairo Maggi que vai se reunir com deputados estaduais, detalhar o projeto regulamentando a agência e os nomes que indicará para serem sabatinados na Assembleia. Os secretários Geraldo De Vitto (Administração), Yenes Magalhães (Planejamento) e Yuri Bastos (Turismo) também devem ser diretores da agência. Os secretários deverão deixar seus cargos no governo, os que estão filiados, como o caso de Sachetti, por exemplo, devem se desfiliar e também não poderão ser candidatos.

A agência vai coordenar os projetos e executar as obras, como a construção do estádio do Verdão, por exemplo. O orçamento que vai gerir e outras regras também serão apresentadas aos deputados, neste encontro, no Palácio Paiaguás, para ouvir as sugestões de ajustes e mudanças antes de ser votado em plenário na Assembleia. O parlamento deve indicar 2 nomes para compor a agência.


O prefeito Wilson Santos disse, ao Só Notícias, disse que está analisando o nome que indicará. “Provavelmente deve ser o secretário municipal especial da copa, Agripino Bonilha Filho, como representante da prefeitura”, admitiu

Ao todo, a agência terá 80 cargos e funcionará no antigo prédio do Moitará, no bairro Duque de Caxias, que foi cedido sem custos para o governo do Estado pelo Sebrae.

Fonte: Só Notícias (foto: Edson Rodrigues/arquivo)

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( 1 so far )

>Copa 2014, começou a festa em Cuiabá

Posted on agosto 26, 2009. Filed under: Copa 2014, Copa 2014 em Cuiabá, Copa do Mundo, Mato Grosso |

>


A cinco anos da realização da Copa do Mundo, já se identificam agressões ao orçamento público de governos municipais das cidades sedes ao evento de 2014.


O primeiro caso de desrespeito à legislação ocorreu em Mato Grosso, que tem na capital, Cuiabá, uma das 12 sedes do Mundial. O governo do estado contratou, sem licitação, o projeto executivo para construir o estádio municipal.


Motivo da pressa: falta de tempo.

Custo da brincadeira: R$ 14 milhões.


Além disso, o governo contratou uma “consultoria técnica” de R$ 400 mil mensais, pagos também atropelando as normas legais, isto é, sem licitação.


A construção da nova praça de esportes está orçada em R$ 400 milhões.


As informações são do presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Antônio Joaquim, hoje, em Brasília, em conversa com o deputado Silvio Torres.


“Vamos ver muito desses casos. Começa a se repetir para a Copa do Mundo o que ocorreu com a preparação do Rio de Janeiro para o Pan-americano de 2007. Mas vamos agir”, prometeu Silvio Torres, que preside a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara federal.


Rede de informações


Silvio Torres presidiu hoje a solenidade que criou uma rede para troca de informações entre os tribunais de contas das 12 cidades-sedes, os respectivos estados, o Tribunal de Contas da União e as comissões de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara e do Senado.


A convite, a ONG Contas Abertas prestará consultoria sem qualquer custo para o Legislativo.


O presidente do TCU, Ubiratan Aguiar, acredita que a ação preventiva chamará a atenção da população, que deverá se interessar em saber como está sendo gasto o dinheiro público.


Análise

O filme sobre a preparação do país para grande eventos já vimos e é um desastre pavoroso. O Pan-2007 é o exemplo mais triste neste sentido.


A rede de integração entre tribunais de contas, TCU e Legislativo é a novidade. Disposição para combater o abuso existe, ficou claro na reunião de hoje.


Mas só o tempo poderá mostrar a eficiência dessa iniciativa, porque do outro lado do campo de jogo está o poderoso time dos cartolas do futebol amparados por espertos políticos.

Fonte: Blog do Cruz

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Copa do Mundo em Cuiabá

Posted on fevereiro 28, 2009. Filed under: ar condicionado, climatizador, Copa 2014 em Cuiabá, Copa do mundo em Cuiabá, Copa do Pantanal, SÓ HOJE NO SubMarino |

>

multi+climatizador+quente+e+frio+c/+controle+e+ionizador+kc7l+-+komeco

Umidificador: utiliza a evaporação da água para refrescar naturalmente o ambiente sem ressecar o ar.

De: R$ 469,00 por: R$ 399,00 ou 8x de R$ 49,88 sem juros no cartão


Ou Campo Grande, dever de casa

As chances de Cuiabá e Campo Grande de conquistar uma das sedes dos jogos da Copa do Mundo receberam um grande alento nas suas pretensões com a opção da regionalização turística dos critérios de escolha, embora alguns assessores da CBF contestem tal modelo, mas o critério existe e serviu para justificar o aumento das doze vagas pretendidas pela CBF. Rivalidade à parte, o que vale mesmo é o cumprimento das exigências da Fifa.

A recepção da comitiva que nos visitou, que recebeu grande manifestação popular nas ruas, obteve um empate técnico com o outro pretendente. Entendo que Cuiabá saiu com uma certa vantagem por hospedar a comitiva, tendo a oportunidades de promover um concorrido jantar com manjares e doces regionais, músicas, danças e poesias cuiabanas. Um gesto que mostrou o perfil de uma cidade que cultiva tradição, história e cultura. Tivemos, também, mais tempo e oportunidade para mostrar os projetos, sobrevoar a nossa bicentenária capital, parte do Pantanal e estreitar a aproximação com os dirigentes da entidade máxima do futebol.

A competência técnica e a criatividade nas apresentações dos projetos foi o marco competente do nosso comitê coordenador da Copa, tendo sobressaído a integração dos governos estaduais, municipais, federação de futebol, políticos, empresários e autoridades, todos num gesto único de apoio.

Foi entregue um book à comitiva, num estojo em madeira onde estava esculpida a nossa rica fauna e flora, o qual continha preciosas fotografias do Pantanal, com todas suas nuances, de Nobres, Chapada dos Guimarães, Cristalino e, também, a apresentação de hotéis, transportes, segurança, saúde, enfim, uma síntese de Mato Grosso com força na sua economia e potencialidade turística.

Ao projeto do novo estádio não cabe defeito, tendo sido apresentado o projeto que contempla todos os ajustes exigidos, tais como estrutura, segurança, primeiros socorros, estacionamento, acomodações, praça de alimentação, iluminação, suprimento de energia, impacto ambiental, estúdio de TV, qualidade do gramado, salas de conferencia, reunião, administrativas, etc, etc.

Foram mostradas, ainda, as vias de acesso terrestre, com ampliação da malha rodoviária, sua arborização e zoneamento ambiental.

O projeto contempla, também, a construção de novos parques e áreas para eventos, segurança pública, acomodações, centros de treinamento, mídia, soluções tecnológicas de informação, centro de transmissão, isenção fiscal-tributária, energia e saneamento e todas as medidas estruturais para viabilizar o turismo.

Foi, portanto, um trabalho construtivo desenvolvido ao longo de dois anos, sem o mico da improvisação e o uso de marqueteiros de ocasião, pois para desenvolver todos os projetos exigidos pela Fifa foram contratadas empresas multinacionais do porte da Deloitte, credenciada pela Fifa como uma das organizadoras da Copa do Mundo da África do Sul, a ISG da Inglaterra, a Global Consultant e a CSA dos Estados Unidos, a GMP da Alemanha, além das brasileiras no porte de Castro Melo e Arena de São Paulo, Kango de Curitiba, que formam, com certeza, um time de primeiro mundo.

Entendo que a realização de uma Copa do Mundo não pode ser uma aventura meramente política e eleitoreira. Deve ter, isso sim, a marca do planejamento eficiente, investimentos de risco a curto e longo prazo, obedecer a critérios de qualidade nas contratações e operar na prática destinando recursos orçamentários antecipados.

Mato Grosso cumpriu com eficiência o dever de casa e deu passos concretos com atitudes práticas e políticas que levam tranquilidade e consciência do dever cumprido, tanto que recebeu, por sua destacada demonstração de interesse em sediar uma das sedes da Copa 2014, o convite da Presidência da República, o que só poucos estados brasileiros receberam, para participar na Fifa da indicação brasileira como sede da Copa de 2014, o que, para um bom entendedor, significa entrosamento político e administrativo entre Mato Grosso e o governo federal, pois os investimentos exigidos para os Estados devem ser complementados, pela sintonia, entrosamento e afinidade, com verbas federais.

Não faltou diálogo entre o governador do Estado de Mato Grosso e o presidente da Fifa Joseph Blatter, João Havelange, presidente de honra da Fifa e presidente da CBF, Ricardo Teixeira. Não faltou responsabilidade para cumprir as rigorosas exigências da Fifa. Não faltou demonstração de prestígio com o governo federal. Falta tão-somente a visão para enxergar, tal como em relação a Amazônia, que Mato Grosso também é uma das pérolas do Brasil a ser descoberta pelo mundo para exibir a exuberância múltipla da criatividade divina.

Resta-nos esperar e ter confiança nas decisões certas de que cumprimos a nossa parte.

Agripino Bonilha Filho é ex-presidente da Federação Mato-grossense de Desportos. E-mail: agripinobonilha@hotmail.com – Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Fifa confere hoje se Cuiabá pode subsediar a Copa 2014

Posted on fevereiro 3, 2009. Filed under: CBF, Copa 2014, Copa 2014 em Cuiabá, CUIABÁ, Fifa |

>

MT está preparado para receber membros da FIFA, diz Yuri

<!–

Atualizada em 20/05/2006 às 20:51

–>

Guilherme Filho

Em reunião com a imprensa nesta segunda-feira, 02 de fevereiro, o secretário de Estado de Desenvolvimento do Turismo, que também é presidente do Comitê Pró-copa do Mundo de futebol em Cuiabá, Yuri Bastos Jorge, falou sobre os preparativos do Estado para a visita da comitiva da Fifa/CBF a Cuiabá.

A comitiva realizará uma inspeção na quarta-feira (04.02) onde sobrevoará áreas como o Aeroporto Marechal Rondon, o Estádio Verdão e o Centro Histórico de Cuiabá.

Yuri Bastos destacou o esforço que o Governo do Estado está fazendo para que Cuiabá seja sede dos jogos da Copa. O secretário relembrou que desde 2007 o Governo vem se empenhando para atender três pontos básicos: a unidade política, que demonstra a vontade política em trazer o evento para Cuiabá; o planejamento que o Comitê Pró-copa está realizando para que Mato Grosso tenha a estrutura necessária para receber visitantes, jogadores e organizadores dos jogos; e o financiamento para as obras.

Segundo ele, o Governo do Estado está preparado para realizar os investimentos necessários para a realização dos jogos em Mato Grosso. Segundo o secretário, já existe um Fundo “Pró Copa”, que já soma R$ 100 milhões.

“Mas o dinheiro que o Estado vai investir não chega nem perto dos recursos que virão através do Governo Federal e da iniciativa, que devem beirar os R$ 8 bilhões”, disse Yuri Bastos. “Além disso, Cuiabá e cidades vizinhas receberão investimentos nas áreas de Saúde, Infra-estrutura e Segurança Pública que vão gerar emprego e melhorar a qualidade de vida de todos”.

Para o secretário, trazer a Copa para Mato Grosso também é uma oportunidade de mostrar o potencial do Estado em diferentes setores, além de acelerar o desenvolvimento econômico e social. “É uma oportunidade única de mostrar Mato Grosso para o mundo”, destaca ele.

MOBILIZAÇÃO – A população cuiabana está sendo convidada a recepcionar o Comitê Organizador da Copa do Mundo, à partir das 18 horas. A intenção é mostrar a mobilização popular e o apoio dos cuiabanos à realização dos jogos em Cuiabá. A Prefeitura de Cuiabá declarou ponto facultativo nas repartições nesta terça-feira, a partir 15 horas.

Os membros do Comitê serão recepcionados pelos caciques Megaron Txucarramãe e Raoni Metuktire que realizarão uma saudação aos membros da comitiva. Segundo Yuri, eles serão a comissão de frente da recepção, já que Mato Grosso, além de ter belezas naturais e turísticas, desenvolvimento econômico, é também um Estado rico em diversidade cultural, marcado por respeito às diferenças e principalmente à integração das diferentes culturas.

IMPRENSA – Durante a reunião, os profissionais de imprensa puderam conhecer o roteiro da Comitiva, e ter acesso às normas para a atuação da imprensa, que prevêem somente a participação de profissionais credenciados. Outra informação repassada é que apenas o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, irá falar com a imprensa ao final da visita na quarta-feira.

Virão a Mato Grosso, representando o Comitê organizador da Copa do Mundo de 2014, além de Ricardo Teixeira, Joana Havelange, Rodrigo Paiva, Mário Rosa, Carlos Geraldo Langoni e Alexandre Silveira; e representando a FIFA virão Carlos de La Corte, Thierry Weil, Dick Wiles e Fulvio Danilas.

Fonte: Olhar Direto

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...