Corinthians

>Corinthians vence Linense e assume liderança

Posted on março 5, 2011. Filed under: Corinthians |

>

Na tarde deste sábado, o time do técnico Tite venceu o Linense por 2 a 0, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, em Lins, pela 11.ª rodada. Destaque da equipe neste início de ano, Liedson marcou mais um e se igualou a Elano, do Santos, na artilharia do campeonato, com oito gols.
Liedson comemora com os companheiros o segundo gol da partida 
(Foto: Celio Messias)
Com a vitória, o invicto Corinthians chegou aos 25 pontos e superou o Mirassol na tabela. O antigo líder chegou apenas a 23 ao empatar com o Noroeste, por 2 a 2, na sexta-feira. O Linense segue com 6 pontos, na penúltima colocação, dentro da zona de rebaixamento.
Sob chuva, em um gramado pesado e irregular, Corinthians e Linense proporcionaram poucas emoções ao bom público presente neste sábado de carnaval. O empate sem gols era coerente com o futebol apresentado pelos dois times. No entanto, aos 35 minutos, o Corinthians aproveitou vacilo da defesa e abriu o placar.
Alessandro avançou pela direita, fez jogada com Ralf e cruzou para a área. O zagueiro Bruno Quadros tentou cortar na primeira trave e acabou mandando contra as próprias redes. Paulo Musse ainda tentou fazer a defesa, mas não segurou a forte cabeçada.
Com o gramado em estado ainda mais deteriorado no segundo tempo, a alternativa foi atacar pelo alto. Por contar com jogadores de melhor nível técnico, o Corinthians levou vantagem e exigiu algumas boas intervenções de Paulo Musse. A mais importante destas aconteceu aos 11, na cabeçada forte de Leandro Castán, na pequena área. O goleiro desviou para escanteio.
Melhor em campo, o Corinthians chegou ao segundo gol aos 20 minutos, novamente pela direita. Alessandro fez a jogada e cruzou para Liedson subir sozinho na segunda trave e cabecear firme. Foi seu oitavo gol em seis jogos desde seu retorno ao Brasil.
O placar poderia ter sido até mais tranquilo para o Corinthians, mas a sorte não ajudou Paulinho. O volante recebeu livre na área, ajeitou e bateu cruzado. A bola explodiu na trave.
Na próxima rodada, o Corinthians encara a Ponte Preta, no Pacaembu, na quarta-feira, às 21h50. Mais cedo, às 17 horas, o Linense visita o Mogi Mirim, no Estádio Romildo Ferreira. Fonte: Estadão
Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Futebol: Clube dos 13 tenta dar um xeque-mate no Corinthians

Posted on fevereiro 24, 2011. Filed under: Corinthians |

>

A guerra entre o Clube dos 13 e o Corinthians terá um novo capítulo hoje: a entidade envia ao clube uma notificação destinada a esticar a corda da briga.
Nela, constará a lembrança ao clube de que o artigo doze do estatudo da entidade prevê que um pedido de desfiliação só se consumará de fato em 60 dias. Neste prazo, serão avaliadas eventuais pendências do associado com o Clube dos 13. O Corinthians deve 25 milhões à entidade.
O que o Clube dos 13 quer é claro: nestes 60 dias, em que legalmente continuará representando o Corinthians, tentará fechar os contratos de direitos de transmissão do Brasileirão.

A estratégia do Clube dos 13

Com ou sem dissidência, o Clube dos 13 está expedindo hoje uma carta-convite a todos os interessados (TVs, operadoras de telefonias e portais) em participar da concorrência pelos direitos de transmissão do Brasileirão.
Mas não seria o caso de negociar antes com os clubes dissidentes? Não, de acordo com a estratégia da diretoria do Clube dos 13. O que ela quer é botar a concorrência na rua.
Assim, receberá propostas da Record e RedeTV! que, imagina (no caso da Record) ser em torno dos 600 milhões de reais para a TV aberta. Com a proposta firme nas mãos vão confrontá-la com os atuais 250 milhões de reais que a Globo paga.
A diretoria do Clube dos 13 avalia que, dessa forma, acabará com qualquer dissidência.
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Corinthians é barrado de deixar o Clube dos 13 devido dívida milionária

Posted on fevereiro 23, 2011. Filed under: Corinthians |

>

O Corinthians terá de gastar dinheiro para levar a cabo sua ideia de deixar o Clube dos 13. O clube antecipou uma boa parte das cotas de TV com a entidade e, caso leve à frente os planos de se desligar, terá de quitar um débito que, segundo cálculos de pessoas que acompanham as negociações de perto, está na casa dos milhões.

CORINTHIANS PEDE LICENÇA DO C-13

  • O Corinthians deu o primeiro passo para deixar o Clube dos 13. Nesta terça-feira, Andrés Sanchez, presidente no Parque São Jorge, compareceu à sede da entidade para comunicar a Fábio Koff que está se licenciando. O cartola do time paulista negou, no entanto, que já tenha feito um acordo prévio com outros clubes.
A dívida corresponde a parte das cotas de televisão que o clube tem direito a receber até o fim de 2011. Por temporada, o Corinthians recebe apenas da TV aberta um total de R$ 33 milhões, valor semelhante ao que entra nos cofres de Flamengo, Vasco, São Paulo e Palmeiras.
A prática de antecipar receitas é comum entre os afiliados do Clube dos 13, que apelam à entidade em momentos de aperto financeiro. O débito normalmente é quitado aos poucos, com o passar do tempo. Só que esse débito milionário pode impedir uma saída imediata do Corinthians.
Na última terça-feira, Andrés Sanchez compareceu à sede do Clube dos 13 para comunicar seu licenciamento da entidade. O presidente do Corinthians ainda falou sobre a intenção de deixar o órgão de vez e prometeu tomar uma atitude definitiva nas próximas 48h.
Fábio Koff, por sua vez, negou a possibilidade de o Corinthians se licenciar da entidade, atitude anunciado por Andrés na última terça-feira. Além disso, reforçou a proibição de o clube alvinegro ter sucesso em uma negociação solo dos direitos de transmissão para o triênio 2012-2014 do Campeonato Brasileiro, como ameaçou o mandatário do time paulista.

CLUBE DOS 13 REJEITA LICENCIAMENTO

  • O Clube dos 13 não reconheceu a licença anunciada por Andrés Sanchez, presidente do Corinthians. Segundo Fábio Koff, presidente da entidade, o afastamento temporário não está previsto no estatuto e o clube do Parque São Jorge segue filiado normalmente.

    “Em nenhum momento falou-se em licenciamento, até porque isso não existe. Ele me disse que a princípio pediria a desfiliação, mas que voltou atrás e pediu um tempo para pensar”, rebateu Koff.

“Nossa lei não prevê que um clube negocie sozinho. Um clube não pode receber sozinho por uma partida. Tem de ser os dois”, disse o presidente do Clube dos 13.
Apesar do aparente fogo cruzado envolvendo o Corinthians e o Clube dos 13, outros membros da entidade tentam apaziguar os ânimos para buscar novamente uma unidade nas negociações dos direitos de transmissão.
“O Andrés está com a cabeça quente e, em uma ruptura, todo mundo perderia, seja a Globo, o Clube dos 13, é só escolher o credor. Por isso eu acho que o Andrés vai voltar. Ele está só pensando em todas as possibilidades, como é o direito dele”, minimizou Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG.
Nesta quarta-feira, dirigentes se reunirão novamente na sede do Clube dos 13 em São Paulo para definir os últimos detalhes do edital para a comercialização dos direitos de transmissão do triênio 2012-2014 do Campeonato Brasileiro. A ideia é que o lance inicial para TV aberta seja de R$ 500 milhões, dobrando o atual montante recebido pelos clubes. Fonte:Espote UOL
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Corinthians bate Santos por 3 a 1 em partida que Fábio Santos e Liedson brilham

Posted on fevereiro 20, 2011. Filed under: Corinthians |

>

O domingo começou com festa para o Timão. Sob aplausos, Ronaldo subiu ao gramado e agradeceu o apoio da Fiel nos dois anos em que jogou pelo clube. Em homenagem ao Fenômeno, todos os atletas corintianos jogaram com um número nove na camisa. O nome do jogo, no entanto, a Fiel não esperava…
Fabio Santos comemora um dos dois gols marcados no clásico 
 (Foto: Miguel Schincariol)
Em baixa desde que foi contratado pelo Corinthians, o lateral-esquerdo Fábio Santos foi decisivo na vitória do Corinthians sobre o Santos por 3 a 1, neste domingo, no Pacaembu. Ele voltou a ser titular após ficar na reserva de Marcelo Oliveira e anotou os dois gols, um de falta e outro de pênalti. Liedson fez um golaço de cobertura para fechar o placar, enquanto Elano marcou o único gol do time da Biaxada.
Nem mesmo o “intruso” Elano conseguiu estragar a festa corintiana… Apesar de ter feito boa partida e anotado o gol do Peixe, caiu o tabu do meia de nunca ter perdido para o Corinthians. Muito apagado, Neymar pouco produziu e fez uma de suas piores partidas com a camisa do Santos.
No reencontro de Adilson Batista com o Corinthians quase cinco meses após sua demissão, Fábio Santos, indicação de Tite, decidiu e abriu o caminho para a vitória. E como a festa era em Ronaldo, Liedson inspirou-se pelo clima das homenagens. Numa arancada que lembrou as do Fenômeno no passado, o Levezinho fuzilou o goleiro Rafael no finalzinho da segunda etapa e matou a partida!
Fábio Santos resolve!
Inspirados pelo calor que fazia na cidade de São Paulo, o jogo começou quente e com muitas faltas cometidas pelas duas equipes. O equilíbrio, no entanto, não durou muito. Aos poucos o Corinthians tomou a iniciativa do jogo, e passou a envolver o Pexe com rápidas subidas ao ataque pelas laterais.
O Santos, por outro lado, perdia o domínio no meio de campo e apostava, sem sucesso, nos contra-ataques. Nervoso em campo, o time do técnico Adilson Batista ainda cometia muitas faltas e tinha dificuldade em armar boas jogadas. Ao Timão, no entanto, faltava transformar o domínio em gols.
E se com a bola rolando estava difícil, o lateral Fábio Santos resolveu desencatar justamente no clássico. Numa cobrança de falta perfeita, já na metade do primeiro tempo, o lateral colocou a bola no ângulo de Rafael, indefensável. Um golaço e a vantagem corintiana consumada no placar.
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Mano Menezes despede do Corinthians com vitória, liderança e carinho da torcida

Posted on julho 26, 2010. Filed under: Bruno César, Campeonato Brasileiro, CBF, Corinthians, Esportes, FUTEBOL, Guarani, Jorge Henrique, Mano Menezes, Mazola, seleção brasileira |

>”Espero fazer um grande jogo aqui para comemorar”, não escondia Mano Menezes, antes mesmo de a bola rolar. “O torcedor ajudou muito e isso fica marcante em nossas vidas e, certamente, vai deixar saudade”, disse. Despedida feita, ele se concentra agora nos compromissos com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Será apresentado nesta segunda, no Rio.

Na despedida de Mano Menezes, Corinthians ganha do Guarani no Pacaembu
por 3 a 1, com show de Bruno César, e volta à ponta do Brasileirão

Presente.
Jorge Henrique, um dos jogadores preferidos de Mano Menezes ao longo dos três anos e meio, foi quem retribui a confiança e a gratidão logo no primeiro minuto de jogo. Bruno César cobrou o escanteio, William desviou na primeira trave e o atacante cabeceou para o fundo do gol.

Mesmo com o gol cedo, o time não se acomodou. Só os corintianos jogavam e a pressão era revertida em mais e mais oportunidades de gol. Os jogadores pareciam reverenciar sim Mano, mas também mostrar serviço para o novo técnico da seleção e também para Adílson Batista, que será apresentado na terça-feira.

O time de Campinas tentava alguma reação a partir dos rápidos contra-ataques de Mário Lúcio e Mazola. O problema é que o atacante Ricardo Xavier não soube aproveitar as oportunidades na cara do gol.

Toda a velocidade do início da partida não se repetiu na etapa complementar. Os times bem que criavam as chances, mas o time pareceu preso. Mais do que isso, se perdeu em lances bobos.

Lances bobos.
Com os corintianos preguiçosos, o Guarani resolveu atacar. O veterano Baiano deu lindo passe para Mazola, que passou com tranquilidade pelos zagueiros, entrou na área e tocou para o fundo do gol. Era o empate no Pacaembu.

Como se não bastasse, no lance seguinte, Dentinho se deixou levar pelo gol sofrido e deixou duas vezes o braço no meia Mário Lúcio. O atacante recebeu o cartão vermelho e, assim como Roberto Carlos, está suspenso para o clássico contra o Palmeiras. Em lance isolado, o árbitro Rodrigo Pereira do Amaral encontrou uma expulsão do zagueiro Ailson.

Xodó da Fiel.
Mas o Corinthians tem um candidato a ídolo no clube. Bruno César, que começou a jogada do primeiro gol, chamou a responsabilidade de novo e fez o segundo. O meia-atacante, contratado no meio da temporada, cobrou falta com perfeição, sem chance para o goleiro. Na comemoração, foi em direção à torcida, escorregando de joelhos – gesto semelhante a de Neto, que brilhou nos anos 90 no Parque São Jorge.

Não precisava de mais nada, mas Bruno César cadenciou o jogo e ainda teve tempo de marcar mais um. Roberto Carlos cruzou na área, a zaga do Guarani não cortou e o meia-atacante, desta vez, mergulhou para marcar. Ovacionado, deixou o campo nos minutos finais para a entrada de Danilo.

Três pontos garantidos, os últimos da Era Mano Menezes, que após a partida deu uma volta olímpica no Pacaembu. Os jogadores ainda carregaram nos braços o agora técnico da seleção brasileira.

No próximo domingo, às 16 horas, já pela 12.ª rodada, o Corinthians tem pela frente o clássico contra o arquirrival Palmeiras – o adversário será o mandante no Pacaembu. Um dia antes, às 18h30, o Guarani encara o Atlético Goianiense, fora de casa.

Fonte: Estadão

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Corinthians vence e se isolosa na liderança do Campeonato Brasileiro

Posted on julho 19, 2010. Filed under: Campeonato Brasileiro, Corinthians, gol, Liderança |

>

                                   Bruno César comemora o gol que deu a liderança isolada do Corinthians


Corinthians no Campeonato Brasileiro Bruno César comemora o gol que deu a liderança isolada do 

Com a magra vitória, que veio somente aos 35min do segundo tempo, com um gol do meia Bruno César, o time alvinegro chegou a 21 pontos, três a mais do que o Ceará, que perdeu para o Internacional por 2 a 1. A equipe cearense ficou com 18 pontos.
A penalidade desperdiçada pelo zagueiro Chicão logo no primeiro minuto do confronto não abalou o Corinthians, que dominou totalmente a primeira etapa, com muito mais volume de jogo do que o adversário.
             
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Como Ronaldo faz as pazes com Ricardo Teixeira da CBF

Posted on maio 19, 2010. Filed under: CBF, Copa de 2006, Corinthians, Dunga, Lulu Santos, Michael Jackson, Ricardo Teixeira, Ronaldo, Ronaldo Fenômeno, Traffic Sports |

>

RONALDO NAZARIOok

Rompidos desde a Copa de 2006, Ricardo Teixeira e Ronaldo voltaram às boas. Dirigente e jogador tiveram um reencontro afetuoso, segunda, no fim da concorrida festa de 30 anos da Traffic Sports, em São Paulo.

A aproximação teve ares de novela. Acompanhado de dois seguranças e de Bia, sua mulher, o craque repetiu o mesmo script desde o fiasco brasileiro na Alemanha: ignorou o presidente da CBF. Chegou ao evento após o show do cover de Michael Jackson e se refugiou no fundo do salão do Hotel Unique. Em uma mesa reservada, assistiu ao show de Lulu Santos, sempre com uma taça de champanhe na mão.

Ao perceber a saia justa, J.Hawilla entrou em campo. Conversa daqui, conversa de lá, e o anfitrião costurou a paz. Já passava da meia-noite quando o Fenômeno cruzou o salão e deu um longo abraço de urso no desafeto, que retribuiu com um beijo no rosto. “Não tinha motivo essa divergência”, celebrou o “embaixador” Hawilla. “Foi a imprensa que brigou ‘ele comigo e eu com ele’. Quando duas pessoas se abraçam e se beijam, isso quer dizer o quê? Que elas se gostam. Precisa de mais alguma coisa?”, pergunta Ricardo Teixeira.

E logo uma roda de amigos se formou. “Cuidado, Andrés. O Dunga vai dar muita ‘porrada’ na Copa”, brincou Ronaldo com Andrés Sanchez, presidente do Corinthians e escolhido para chefiar a delegação brasileira na África do Sul. Teixeira e Ronaldo ficaram de almoçar juntos assim que agenda deles permitir.

Muitos tucanos pousaram na festa, mas só um petista apareceu: Marta Suplicy. E da coligação lulista, estava Protógenes Queiroz que passou a noite distribuindo… cartões de visita do PC do B. Fonte: Estadão

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Campeonato Brasileiro

Posted on maio 17, 2010. Filed under: Avaí, Botafogo, Brasileirão, Campeonato Brasileiro, Ceará, Corinthians, Cruzeiro, FUTEBOL, Goiás, Grêmio, Internacional, PALMEIRAS, Santos, São Paulo, Vasco |

> Os resultados do Corinthians no Campeonato Brasileiro esfriam qualquer possibilidade de crise após o fracasso na Copa Libertadores da América. A equipe comandada por Mano Menezes conquistou a sua segunda vitória consecutiva na competição nacional na tarde de domingo: 2 a 1 sobre o Grêmio, no estádio Olímpico.

Nico Varella/AE

Nico Varella/AE
Souza bate para marcar o segundo do Corinthians

O resultado do Corinthians ganha mais importância por causa do bom retrospecto do Grêmio em casa. Os gaúchos não perdiam em seu estádio pelo Campeonato Brasileiro desde o dia 13 de setembro de 2008, diante do Goiás. Nesta semana, no entanto, estavam mais preocupados com as semifinais da Copa do Brasil.
Com apenas 1 ponto no Brasileirão, o Grêmio se concentra para fazer jogo de volta com o Santos na quarta-feira, na Vila Belmiro. No sábado, terá outro time paulista pela frente: o Palmeiras, no Palestra Itália. O Corinthians receberá o Fluminense no dia seguinte, para tentar seguir com 100% de aproveitamento no campeonato que lhe resta.

 
Santos perde pênalti e só empata


Ainda de olho na Copa do Brasil, o Santos recebeu o Ceará, na Vila Belmiro e conseguiu um bom placar. Depois de sair perdendo logo no início do jogo, os Meninos da Vila conseguiram um empate ainda no primeiro tempo, o segundo do Peixe no Brasileirão . O timr do Ceará reclamou muito da arbritagem, que invalidou um gol legal de Anderson e deu um pênalti duvidoso para o time da casa, que resultou no gol santista. Na segunda etapa, Neymar, que fez o gol santista, bateu um pênalti para fora, já no final da partida.

O Santos começou a partida melhor, criando alguns ataques, principalmente em boas jogadas de Marquinhos e André. Entretanto, quem abriu o placar foi o Ceará. Logo aos nove minutos, o atacante Misael cruzou para Washington, estreante do dia, que desviou de cabeça, no canto de Felipe, que nada pôde fazer para evitar o 1 a 0. Aos 17 minutos, outro susto para a defesa santista. Depois de uma cobrança de falta, o zagueiro Anderson finalizou para o fundo do gol santista, mas o juiz anulou, alegando um impedimento, que não existiu.
Depois de alguns minutos de pressão, os Meninos da Vila conseguiram marcar, mas não valeu. Depois de uma batida de Neymar, Diego espalmou e André, em impedimento, completou com categoria para as redes.
Foi aí que Neymar assumiu a responsabilidade. A Joia recebeu a bola pela direita e entrou costurando na zaga do adversário. Fabrício deu um carrinho e o árbitro marcou um pênalti duvidoso para o Peixe. Na cobrança, o santista deu duas paradinhas e enganou o goleiro Diego, podendo só rolar a bola para o fundo das redes: 1 a 1.

Em seguida, mais um pênalti para o Peixe. Neymar fez grande jogada pela esquerda e foi calçado. O próprio atacante pegou a bola, deu uma paradinha, mas acabou batendo para fora, para desespero dos torcedores santistas na Vila, aos 39.

Antes do fim do jogo, Neymar pediu mais uma penalidade, em uma dividida com o goleiro. Desta vez, o árbitro marcou falta do atacante. Ficou barato.

Inter vira sobre o Goiás fora de casa


Com objetivos diferentes no atual momento da temporada, Goiás e Internacional se enfrentaram no estádio Serra Dourada. Ambos foram derrotados na primeira rodada e buscavam a recuperação na tabela, mas em partida muito disputada, o Inter buscou a virada em 3 a 2 após sair perdendo por 2 a 0 e, mesmo com time reserva, conquista seus primeiros três pontos no campeonato.

O nome do jogo foi o atacante Walter, que marcou os dois primeiros gols da equipe colorada e, em grande atuação individual, comandou a reação do Inter na partida contra um combalido Goiás, completamente dominado pelo meio de campo do time gaúcho.

O lateral Welington Saci teve pelo menos duas chances em chutes fortes, mas não marcou. Dessa forma, no entanto, quem marcaria seria Everton Santos. Aos 31 minutos, o atacante recebeu na entrada da área e chutou forte, estufando a rede do goleiro Lauro, abrindo o placar.
A defesa colorada sofreu o segundo gol aos 41 minutos, com Amaral tentando duas vezes para completar um cruzamento na área.

Aos dez minutos da etapa final, a zaga do Goiás iniciou a reação do time gaúcho. Wendel Santos cometeu falta em Taison na grande área e o árbitro marcou pênalti. Walter foi para a cobrança e diminuiu o placar chutando no ângulo. Aos 29 minutos, Walter dominou na entrada da área, driblou Welington Saci e chutou forte. A bola foi no ângulo direito do gol, e reacendeu a chama colorada, empatando o jogo. Aos 37, Fábio cometeu nova falta em Walter, dentro da área. Novo pênalti, para a cobrança no canto de Giuliano, virando o placar após sair perdendo por 2 a 0.

 
Vasco e Palmeiras só empatam


Faltou brilho, técnica, calma e tudo o que faz um grande jogo de Futebol. Cheio de erros de passes e com lances atrapalhados, Vasco e Palmeiras empataram em 0 a 0 na noite de domingo, em São Januário, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Sob pressão pelo primeiro semestre improdutivo e com críticas para dar e vender, Vasco e Palmeiras entraram em campo com o peso da expectativa de começarem a escrever novos rumos em 2010. E quem tomou a iniciativa foram os donos da casa. Com velocidade, a equipe cruzmaltina marcava bem, com segurança, e encaixava ataques em velocidade.

Philippe Coutinho, que tinha a missão de organizar o meio de campo do Vasco e conduzir o time ao setor ofensivo, fazia o que dele se esperava. Aos 13, teve boa chance, mas Marcos evitou o gol. Pelo lado alviverde, Ewerthon percebeu sua equipe com dificuldades na armação. Por isso, recuou um pouco e tentou cooperar. Mas até Cleiton Xavier resolveu errar passes simples, prejudicando o desenvolvimento das investidas palmeirenses.

Aos 37 minutos, um lance típico de “Os Três Patetas”. A bola quicou na área do Palmeiras, de forma despretensiosa, Marcos correu para pegá-la, mas Cleiton Xavier teve a mesma ideia e eles se chocaram, caindo no chão e deixando Souza em boas condições para abrir o placar. Mas o volante cruzmaltino finalizou a cena como ela merecia, isolando a bola. Aos 45, Elton arriscou uma bicicleta e encerrou o primeiro tempo de uma forma mais “honrosa”.

Diante de pouco acerto, o placar de 0 a 0 era o esperado, o que se desenhava, e o que se concluiu.


 
Cruzeiro evita a derrota


Em jogo de duas expulsões e muitas alternativas, o Cruzeiro demonstrou poder de reação ao sair perdendo por 2 a 0 no primeiro tempo e empatar na etapa final, por 2 a 2, com o Avaí, domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Porém, mesmo com os titulares em campo, o time mineiro não conseguiu superar o adversário no Mineirão e agora se concentra no duelo decisivo com o São Paulo pela Libertadores. A equipe catarinense se manteve invicta e no topo da tabela da competição  nacional.

A partida teve dois tempos distintos. Na primeira etapa, o Avaí abriu dois gols de frente, com Pará e Roberto, ao ficar com um jogador a mais, uma vez que o zagueiro Leonardo Silva foi expulso aos 17min. Na etapa final, o Cruzeiro reagiu com dois dois de Wellington Paulista. O goleiro Zé Carlos recebeu o cartão vermelho aos 14min e deixou os catarinenses com dez em campo.

Furacão – Em uma partida equilibrada na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense não conseguiu sair de um empate em 2 a 2 diante do surpreendente Guarani. Com cada time dominando uma etapa, o resultado foi melhor para os visitantes, que chegam a quatro pontos.


 
Botafogo vira em cima do Tricolor e gera nova crise


O São Paulo vacilou em casa e ainda não sabe o que é vencer neste Campeonato Brasileiro. Mais uma vez com o time misto, já que o técnico Ricardo Gomes prioriza a Copa Libertadores da América, o Tricolor levou a virada por 2 a 1 para o Botafogo, na tarde de domingo, no estádio do Morumbi. Com a vitória, o Alvinegro carioca quebrou um longo tabu pois não vencia o adversário em sua casa desde 1995.
Léo Lima abriu a contagem para o time da casa, mas o Botafogo conquistou a vitória ao balançar as redes com Antônio Carlos e Renato Cajá. Assim, o São Paulo segue com apenas um ponto na competição, enquanto o time de Joel Santana tem agora quatro.

O São Paulo começou melhor a partida, com um esquema tático bem definido com três zagueiros -Richarlyson foi improvisado no setor, mas sem deixar de avançar. Assim, logo nos instantes iniciais, o Tricolor quase abriu o placar. Jean fez um excelente lançamento para Washington, que partiu em velocidade e driblou o goleiro, mas deixou a bola escapar.

Mas, com o Botafogo perdido em campo, o time de Ricardo Gomes abriu o placar. Aos sete minutos, Jorge Wagner pegou a bola na esquerda e fez o cruzamento na medida para Léo Lima desviar de cabeça.
Depois do revés, o time do Rio de Janeiro acordou e se encaixou em campo, criando condições para dar a resposta ao time misto dos donos da casa. Depois de cobrança de escanteio, Antônio Carlos cabeceou para as redes, mas o árbitro Sandro Ricci assinalou falta na jogada.

Melhor em campo, o Botafogo teve boa oportunidade na sequência, quando Caio foi derrubado quase na linha da grande área. Na cobrança da falta, Lucio Flavio rolou na área para Sandro Silva chutar, mas Jorge Wagner fez o bloqueio com o corpo.

Aos 27, o Botafogo igualou o placar com sua jogada mais eficiência: a bola aérea. Lucio Flavio cobrou falta da esquerda, Washington não conseguiu cortar e Antônio Carlos cabeceou para as redes. O Coração Valente até reclamou, pois alegou que foi empurrado na jogada, mas o árbitro validou o gol.
O jogo ficou mais equilibrado no restante do primeiro tempo, e as chances de gol diminuíram. A forte disputa no meio-campo e a atenção das defesas em jogadas aéreas impediram novos lances de emoção.

E o início do segundo tempo seguiu sonolento. O São Paulo não conseguiu exercer uma pressão real de time mandante e só arriscou em chutes sem perigo de longe. Assim, com a torcida demonstrando bastante irritação com o desempenho da equipe, Ricardo Gomes fez duas alterações ao mesmo tempo. Washington, vaiado, e Wellington deixaram o gramado para as entradas de Fernandinho e Cicinho. Joel Santana, por sua vez, respondeu rápido e tirou Sandro Silva para a entrada de Edno. 

O Botafogo criou melhorou com a entrada de Renato Cajá na vaga de Lucio Flavio. Assim, aos 42, o meia tabelou com Herrera e chutou na saída de Rogério Ceni para marcar o segundo gol dos visitantes.


Fonte: A Gazeta 

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>OAB elogia Argentina pela abertura de arquivos da ditadura

Posted on janeiro 7, 2010. Filed under: Álcool, Corinthians, Cristina Kirchner, etanol, Força Aérea, gasolina, Marinha, OAB, PAC da Mobilidade, STJ |

>

Valter Campanato/ABr

Foto
PRESIDENTE NACIONAL DA OAB, CEZAR BRITTO

<!– function paginaSlideShow220187(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, elogiou nesta quinta (7) a decisão da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, de abrir os arquivos confidenciais referentes à atuação das Forças Armadas durante o período da ditadura militar no país (1976-1983). Segundo a OAB, a atitude de Kirchner “deve servir de exemplo a todos aqueles que defendem a democracia e o direito à memória e à história”. O decreto determina a abertura de “toda aquela informação e documentação vinculada à atuação das Forças Armadas” entre 1976 e 1983, salvo aquela relacionada ao “conflito bélico do Atlântico Sul [Guerra das Malvinas] e a qualquer outro conflito de caráter interestatal”. Britto disse que a entidade espera que o Brasil siga “corajosamente” o exemplo da Argentina.

  • Amorim: ‘o barato pode sair caro’

Roosewelt Pinheiro-ABr
Foto
MINISTRO CELSO AMORIM

<!– function paginaSlideShow220184(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

“Muitas vezes, o barato pode sair caro”. A frase é do ministro Celso Amorim (Relações Exteriores) ao reafirmar que será “totalmente política” a decisão final sobre a compra dos 36 caças para renovar a frota da Força Aérea Brasileira (FAB). A questão virou motivo de polêmica entre o presidente Lula e a Aeronáutica. Desde setembro, Lula vem alertando pela preferência ao Rafale, modelo francês, mesmo este sendo o mais caro da concorrência que possui ainda caças americanos e suecos. Em relatório técnico, de quem “entende do negócio”, a Aeronáutica faz referência ao modelo sueco. No entanto, autoridades como Amorim e o ministro Nelson Jobim (Defesa), preferem seguir as instruções do Planalto e apenas informaram que a decisão final será política. Neste jogo, o presidente Nicolas Sarkozy deverá levar a melhor.

  • Álcool poderá sofrer mudanças

Wilson Dias/ABr
Foto
MINISTRO REINHOLD STEPHANES

<!– function paginaSlideShow220178(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O governo brasileiro deverá reduzir temporariamente a mistura de álcool na gasolina. Segundo o ministro Reinhold Stephanes (Agricultura), a medida deverá ser tomada em meio à oferta reduzida do biocombustível no mercado no período da entressafra. Os preços do etanol subiram substancialmente nas últimas semanas em boa parte do país, já que a oferta do produto está caindo com o fim do processamento da safra.O movimento prejudica os donos de veículos flex, que em muitos Estados já estão trocando o etanol pela gasolina. A eventual redução na mistura deverá ser discutida pelo governo na próxima segunda (11).

  • Governo destinará R$ 80 mi para Angra

<!– function paginaSlideShow220173(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O governo federal vai liberar, por medida provisória, R$ 80 milhões para a recuperação de Angra dos Reis, a cidade mais afetada pelas chuvas do início do ano no estado. A informação foi anunciada agora há pouco pelos ministros Márcio Fortes (Cidades) e Geddel Vieira (Integração Nacional). Acompanhados do governador do Rio, Sérgio Cabral e do prefeito de Angra, Tuca Jordão, eles sobrevoaram os locais mais atingidos no município. Eles também anunciaram que durante a reunião do PAC da Mobilidade, marcada para o dia 13 de janeiro, com a presença do presidente Lula, da ministra Dilma Roussef (Casa Civil), e do ministro Guido Mantega (Fazenda), também será discutida a liberação de verbas para programas de prevenção no município.

  • Richthofen: STJ nega regime semiaberto

Revista Veja
Foto
SUZANE VON RICHTHOFEN

<!– function paginaSlideShow220171(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) indeferiu pedido apresentado pela defesa de Suzane Von Richthofen para que ela fosse transferida para o regime prisional semiaberto. Em 2002, a ré participou do assassinado dos pais em São Paulo e foi condenada à pena de 39 anos e 6 meses de reclusão. De acordo com o argumento apresentado pela defesa, há mais de um ano Suzane teria cumprido o prazo especificado pela Lei de Execuções Penais para a progressão de regime. Em sua decisão, o relator do processo no STJ, ministro Og Fernandes, indeferiu o pedido sob o argumento de que a liminar fica restrita às hipóteses nas quais exista flagrante ilegalidade o que, segundo ele, não foi verificado.

  • Marinha omite gastos na reforma de
    R$ 2 milhões da casa de praia de Lula

<!– function paginaSlideShow220168(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

A Marinha admitiu gastos de R$ 800 mil na reformar da casa de praia onde o presidente Lula passa o réveillon há quatro anos, na Bahia, mas omitiu gastos superiores a R$ 1,2 milhão em obras acessórias e para o conforto dos seus hóspedes ilustres. A notícia foi avançada neste site com exclusividade nesta quarta-feira. A casa faz parte da Base Naval de Aratu, área privativa na praia de Inema, a 40 km de Salvador. Ouvida terça-feira sobre os custos da reforma, a Marinha não desmentiu os gastos superiores a R$ 2 milhões, limitando-se a informar que consultaria “outras instâncias ministeriais” para oferecer explicações. Somente nesta quarta-feira divulgou nota dizendo tratar-se de uma “casa de fazenda, carecendo de obras de estruturas e conforto, visto que suas instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias ainda remontam à época de sua construção”, para justificar a reforma e seus custos.


Fotografia é história

Fiel corintiano
Foto

<!– function paginaSlideShow220135(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

Torcedor do Corinthians na arquibancada do Pacaembu, antes do time de Ronaldo entrar no gramado. Junho de 2009.

Como foiComo sempre acontece, todos os clubes começam o ano prometendo grandes reforços para o time e a torcida fica na esperança da conquista de títulos. Os fãs do Timão viram chegar o lateral Roberto Carlos, por exemplo. Mas sonham mesmo é com a Libertadores. Empolgação dos torcedores é o que não falta. É só reparar nessa foto que fiz ano passado, desse fiel corintiano, uma das vítimas da violência nos estádios. Levará para sempre as marcas das guerras entre torcidas. Perdeu parte dos dedos em um conflito com rivais. Essa, aliás, é uma faceta que não se pode desconhecer. São minorias, é claro. Mas em muitos casos transformam-se em associações para proteção de malfeitores. Como se a posse do ingresso para assistir ao jogo dê autorização para o vandalismo. Orlando Brito.

  • Ministros se reúnem com
    prefeitos da Baixa Fluminense

<!– function paginaSlideShow220167(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

Os ministros Marcio Fortes (Cidades) e Geddel Vieira Lima (Integração Nacional) vão se reunir nesta quinta (7) com prefeitos de municípios da Baixa Fluminense, castigados pelas enchentes ocorridas em dezembro passado. Antes do encontro, as autoridades sobrevoarão a região, onde morreram nove pessoas vítimas das fortes chuvas. No começo da tarde, os ministros terão reunião com o prefeito de Angra, Tuca Jordão, no quartel do Corpo de Bombeiros da cidade. O vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, participará do encontro.<!– .replace('

‘,”).replace(‘

‘,”) –> As informações são da Agência Brasil.

  • Península Antártica resfriou 0,6ºC

British Antarctic Survey/AP
Foto
REGIÃO SOFREU RESFRIAMENTO DE 0,6º C EM 14 ANOS

<!– function paginaSlideShow220165(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

Dados meteorológicos da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), a base brasileira no continente gelado, indicam uma tendência de resfriamento de 0,6º C, nas temperaturas registradas nos últimos 14 anos. 2009 foi excepcionalmente frio na EACF, com uma temperatura média de 2,6º C negativos. Neste século, apenas 2007 foi mais frio, com temperatura média de 3,1º C negativos. Novembro teve a temperatura mais baixa para o mês em 11 anos, além de ter a terceira média mais baixa desde 2001. Para 2010, a tendência é que a temperatura continue no mesmo patamar.

  • MT: Promotoria quer reduzir
    ganhos de conselheiro do TCE

<!– function paginaSlideShow220164(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O Ministério Público de Mato Grosso pediu à Justiça a suspensão de pagamentos acima do teto constitucional para o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, ex-deputado estadual Humberto Bosaipo (DEM). De acordo com a Promotoria, ele recebe mensalmente um total de cerca de R$ 75 mil vindos de quatro fontes, todas públicas. Empossado no TCE em dezembro de 2007, Bosaipo recebe salário de R$ 22.111,55, teto do funcionalismo estadual –90% do salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal. Além da suspensão dos pagamentos que superem o teto, a ação pede à Justiça que seja feito o cálculo dos valores supostamente recebidos de forma indevida e quer que dinheiro seja restituído.

Sponholz

Sponholz
  • Safra de 2010 deve crescer 5,2%

<!– function paginaSlideShow220156(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

A safra brasileira de grãos deve ficar 5,2% maior em 2010 na comparação com a do ano passado. Segundo nova estimativa divulgada nesta quinta (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produção deve alcançar 140,7 milhões de toneladas, em uma área de 48,1 milhões de hectares, 2,0% superior à de 2009. A nova estimativa do IBGE também aponta que a safra de 2009 deve ficar 8,3% menor que a do ano anterior, quando atingiu o recorde de 146 milhões de toneladas. Apesar da queda, a safra de 134,1 milhões de toneladas colhidas no ano passado é a segunda maior da série histórica do IBGE.

  • PSDB contesta no STF créditos extras

<!– function paginaSlideShow220113(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O PSDB protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) ação direta de inconstitucionalidade para contestar medida provisória editada pelo governo Lula que abre créditos extraordinários para órgãos e entidades do Poder Executivo. A MP direciona R$ 18 bilhões para a implantação do trem de alta velocidade que ligará o Rio de Janeiro e São Paulo, para a construção de terminais fluviais no Amazonas e implantação e melhoria de sistemas públicos de abastecimento de água em municípios de até 50 mil habitantes. De acordo com o PSDB, pela Constituição, o crédito extraordinário só pode ser aberto para “atender a despesas imprevisíveis e urgentes, como decorrentes de guerra, comoção interna ou calamidade pública”. A Suprema Corte deverá analisar a ação apenas em fevereiro. Fonte: ClaudioHumberto

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Ronaldo revela que Lula usa empreiteiras para ajudar no ’projeto do Corinthians’

Posted on julho 7, 2009. Filed under: Amigos, Copa do Mundo, Corinthians, Galvão Bueno, presidente Lula, programa Bem, Ronaldo Fenômeno, SporTV. |

>

Orlando Brito
Foto
Na recente visita do Corinthians, Lula cochicha com Ronaldo

O jogador Ronaldo, o “fenômeno”, fez uma revelação gravíssima ontem à noite no programa esportivo “Bem, Amigos”, apresentado por Galvão Bueno no canal SporTV.

Segundo ele, o presidente Lula estaria mobilizando empreiteiras amigas para ajudar seu time, o Corinthians. Aparentemente sem fazer noção da gravidade da sua revelação, Ronaldo afirmou: “O presidente Lula é quem mais está ajudando o Corinthians nessa fase. Ele está dando alguns contatos de empreiteiras que podem nos ajudar.

O presidente está muito interessado no projeto do Corinthians. Ele é fanático, um corintiano roxo”. Em sua longa entrevista, o jogador também mencionou seus planos: “Ainda falta um semestre para chegarmos lá, mas 2010 é ano de Copa do Mundo, de Libertadores para o Corinthians. Vai ser fantástico jogá-la, é uma competição diferente. Eu costumo sempre acompanhar os jogos quando estão passando”.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

« Entradas Anteriores

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...