Cururu Siriri

>Cultura cuiabana: Começa hoje o 8º Festival Cururu Siriri de Cuiabá

Posted on agosto 29, 2009. Filed under: Cultura cuiabana, Cururu, Cururu Siriri, Siriri |

>

O 8º Festival Cururu Siriri de Cuiabá, projeto de revitalização destes importantes patrimônios imateriais de Mato Grosso, começa hoje, no bairro do Porto, com previsão de reunir um público estimado pela organização em vinte mil pessoas por dia. O evento, com entrada franca, contará com a participação de grupos vindos de várias regiões do Estado e a quarta edição dos já famosos Festivais Gastronômico e de Artesanato. A prefeitura disponibilizou inclusive uma linha de ônibus que fará o trajeto Centro/Porto a cada dez minutos para facilitar a chegada ao local.

Como vem ocorrendo a cada ano, o festival está ainda maior e mais abrangente. De hoje até o dia 30, dezenas de grupos de Siriri das categorias adulto e infantil, um da melhor idade e vários outros de Cururu deverão passar pela Praça Cururu Siriri, no bairro Porto. O espaço foi criado especialmente para o evento, com 6.400 metros quadrados. Serão 200 metros de arquibancadas, palcos laterais e o tablado central, praça de alimentação, banheiros químicos, estandes para artesanato.

Esta edição do Festival Cururu Siriri contará com as delícias da gastronomia regional e uma ampla diversidade de artesanato produzido por 22 artesãos e núcleos artesanais de Cuiabá, Várzea Grande, Nossa Senhora do Livramento e Barra do Bugres. São peças e produtos nos mais diferentes materiais e técnicas cerâmica, madeira, massa fria, fibras, tecelagem, costura, bordado centrados na temática da cultura dessa região, muitos deles tendo como tema os próprios Cururu e Siriri.

As esculturas de Manoel Benedito de Jesus, um brincante de cururu, reproduzem em pedaços de marupá árvores de madeira branca e leve -, talhados a canivete, tocadores de ganzá e de viola-de-cocho com seus instrumentos. Aos 69 anos, ele destaca que o festival é uma forma de manter a tradição.

Para quem gosta dos famosos doces e bebidas regionais, haverá alternativas como paçoca de pilão, pixé, banana frita, francisquito, bolo de arroz e outras gostosuras em charmosas embalagens.

No festival gastronômico Sabor & Arte, nove restaurantes, buffets e empresas que atuam neste segmento vão oferecer pratos típicos como Maria Izabel, farofa de banana, feijão empamonado, e outros criados especialmente para o evento a partir de ingredientes regionais como o risoto de pacu seco ou a crepe de banana recheada com paçoca de pilão.

Como ocorre todos os anos, o Espaço do Artesanato e o festival Sabor & Arte são organizados pelo Sebrae.

Para garantir o conforto do público, o entorno terá estacionamento e serão disponibilizados transportes coletivos com linhas especiais para o bairro Porto, durante todo o Festival. O diretor de transportes da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (SMTU), Gabriel Muller, informa que a secretaria disponibilizará dois ônibus extras para atender às pessoas que participarão do 8º Festival de Cururu e Siriri de Cuiabá. Segundo ele, os veículos começarão a circular a partir das 18h30 de hoje e ficarão à disposição até domingo (30), sempre a partir das 18h30 horas.

Muller explicou que durante os três dias de duração do festival de Cururu e Siriri os ônibus farão o itinerário da Praça Maria Taquara, no Centro de Cuiabá, até a Praça Luis Albuquerque (Praça do Porto) de dez em dez minutos, até às cinco horas da manhã (em sistema de corujões).

O Festival Cururu Siriri é um projeto da Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria da Cultura, em parceria com a Federação das Associações e Grupos de Cururu e Siriri, Sebrae-MT, Banco Real, O Boticário, Assembléia Legislativa de Mato Grosso, Governo do Estado de Mato Grosso, Espaço Cubo, Associação Brasileira dos Festivais Independentes (Abrafin) e Unimed Cuiabá.

Historia – O projeto nasceu de uma idéia do então conselheiro da Cultura de Cuiabá, Valdemir Taques. Deste encontro, realizado em 2001, surgiu o movimento de aproximação dos grupos. O encontro ganhou status de Festival, por sugestão do então Conselheiro de Cultura, Ilton Severino.

O Festival possuía caráter competitivo. Em seu primeiro ano, a participação de quatros grupos: Flor do Campo, Flor Ribeirinha, Viola de Cocho e Tchapa Y Cruz. Hoje, a situação é bem diferente, com os participantes reunidos em associação e eventos realizados em vários municípios da região. Agora, sem o caráter competitivo, o evento se consolida como um espaço de vivências, trocas e fortalecimento dos dois patrimônio culturais de Cuiabá. (com assessoria)

Confira a programação do 8º Festival Cururu Siriri de Cuiabá:

Hoje (28 de agosto)

A arte do Siminina 19h

Grupo de Chorado de Vila Bela da Santíssima Trindade 19h10

Cururu de Santo Antonio do Leverger, Barão de Melgaço, Nova Mutum e Rosário Oeste 19h30

Grupo Infantil Raizinha 19h45 -Cuiabá

Grupos de Siriri:

Renovação de Varginha 20h15 Santo Antonio do Leverger

Sereno da Madrugada 20h45 Nossa Senhora do Livramento

Vitória Régia do Pantanal 21h15 Santo Antonio do Leverger

Cururu – de Santo Antonio do Leverger, Barão de Melgaço, nova Mutum e Rosário Oeste 21h45

Os Pássaros Tangará 22h Tangará da Serra

Pôr-do-sol do Pantanal 22h30 Barão de Melgaço

Flor de Laranjeira 23h Santo Antonio do Leverger

Sábado 29 de agosto de 2009

Cururu de Cuiabá 19h

Grupos infantis

Nhana Santa 19h15 Várzea Grande

Passo Miudinho 19h30 Várzea Grande

Participação Especial

Melhor Idade de Varginha 19h45 Santo Antonio do Leverger

Grupos de Siriri

Bico de Prata 20h15 Santo Antonio do Leverger

Renascer do Valo Verde 20h45 – Santo Antonio do Leverger

Unidos da Avenida 21h15 -Santo Antonio do Leverger

Cururu de Cuiabá 21h45

Flor do Campo 22h – Cuiabá

Patucha 22h30 Chapada dos Guimarães

Tradição 23h – Cáceres

Domingo 30 de agosto de 2009

Cururu de Cáceres, Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento 18h

Grupos infantis

Yayá de Cuyabá 18h15

Participação Especial

Quilombola 18h30 Nossa Senhora do Livramento

Grupos de Siriri

Pixé 19h Nova Mutum

Raízes Cuiabana 19h30 -Cuiabá

Flor Ribeirinha 20h Cuiabá

Cururu de Cáceres, Várzea Grande e Nossa Senhora do Livramento 20h30

Viola de Cocho 20h45 -Cuiabá

Unidos da Fronteira- 21h15 -Santo Antonio do Leverger

Tradição Pantaneira 21h45 São Pedro de Joselândia

Fonte: A Gazeta

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...