Dubai World

>Moratória em Dubai é o início de uma nova crise de crédito?

Posted on novembro 30, 2009. Filed under: Bolsas da Europa, Dubai, Dubai World, HSBC, Moratória, Tendências |

>

Os efeitos da moratória do fundo Dubai World, que pediu o adiamento por por seis meses do pagamento US$ 60 bilhões em dívidas, foi até agora menor do que inicialmente temido. O que ainda preocupa analistas é se estamos ou não no início de uma nova crise de crédito. Segundo João Pedro Ribeiro, economista da Tendências, tudo dependerá do grau de exposição de bancos europeus ao fundo.

As informações permanecem desencontradas. Há informações de que bancos europeus estariam pouco expostos ao fundo, mas ao mesmo tempo correrem notícias que o HSBC teria recursos aplicado nele. Também há desencontros sobre a estrutura da dívida: US$ 3 bilhões a US$ 4 bilhões venceriam neste ano. Outros US$ 4 bilhões em 2010. O restante seria de médio prazo.

— A questão colocada é o grau de exposição dos bancos europeus e se esse fundo indica o começo de algo mais sério na região, que contraiu muitas dívidas para investimento em infraestrutura — avalia o economista, em entrevista ao blog.

Ontem, um integrante do governo explicou que o fundo não é parte do governo, embora o governo seja o dono da companhia. E, por isso, o Emirado de Dubai não vai garantir o pagamento das dívidas do fundo. Houve estresse nas Bolsas. Japão e Hong Kong registraram quedas. As Bolsas da Europa abriram em queda. Apesar disso, p Ibovespa operava em alta às 12h30, mas zerou por voltas das 15h.

— Pela reação das bolsas, há cautela, mas não uma crise profunda quanto se esperava. Não houve pânico — afirma o economista. — Não posso dizer que esperava que isso fosse acontecer em Dubai, mas não chega a ser inimaginável.

Fonte: Miriam Leitão

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Bolsa do Japão fecha em baixa e europeias seguem tendência

Posted on novembro 27, 2009. Filed under: Bolsa do Japão, Bolsas, Dubai World, mercados |

>

Seguindo o mesmo movimento dos mercados da quinta-feira (26), o índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio fechou o pregão desta sexta-feira em baixa de 301,72 pontos (3,21%), aos 9.081,52 após a estatal Dubai World anunciar sua incapacidade para honrar obrigações financeiras ao pedir uma moratória da dívida.

As Bolsas europeias abriram em baixa nesta sexta-feira, mesmo após a tentativa da Dubai World de tranquilizar os mercados afirmando que seu pedido de moratória do pagamento da dívida da estatal de investimentos Dubai World é necessário para “encarar o fardo da dívida”.


O índice CAC-40 da Bolsa de Paris abriu o pregão de hoje em baixa de 1,79 %, aos 3.613,28 pontos. Já o índice FTSE MIB da Bolsa de Milão abriu o pregão em queda de 2,34 %, aos 21.410,09 pontos. A Bolsa de Frankfurt abriu hoje em baixa de 0,60 %, aos 5.580,52 pontos. FTSE-100, índice da Bolsa de Valores de Londres, abriu o pregão de hoje em queda de 81,2 pontos (1,56%), aos 5.112,9. O índice Ibex-35 da Bolsa de Madri abriu o pregão em baixa de 175,50 pontos (1,50%), aos 11.482.


As autoridades econômicas de Dubai afirmaram hoje que a decisão de pedir uma moratória na dívida do consórcio estatal Dubai World foi “cuidadosamente planificada” e reconhece que se tratou de uma “resolução empresarial delicada”.

Fonte: Folha Online

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...