Flamengo campeão brasileiro de 2009

>Flamengo campeão brasileiro de 2009

Posted on dezembro 6, 2009. Filed under: Flamengo campeão brasileiro de 2009 |

>

Ronaldo Angelim comemora o gol da vitória do Flamengo, que valeu o título
do Campeonato Brasileiro de 2009
No Campeonato Brasileiro mais disputado da era dos pontos corridos, o Flamengo voltou a conquistar o torneio depois de 17 anos. Diante de um Maracanã lotado com cerca de 76 mil pessoas, a equipe carioca sagrou-se campeã ao vencer um Grêmio formado quase todo por jogadores reservas de virada, por 2 a 1, pela última rodada da competição.

Com a vitória, o Flamengo chegou a 67 pontos e deixou para trás Internacional, Palmeiras e São Paulo, que também chegaram à última rodada ainda com chances de serem campeões.

O gol gremista foi marcado por Roberson, e o Flamengo empatou ainda no primeiro tempo com o zagueiro David, substituto de Álvaro. Na segunda etapa, quando o título estava quase caindo nas mãos do Internacional, que vencia o Santo André no Beira-Rio, o também zagueiro Ronaldo Angelim marcou, aos 24min, o gol que valeu o troféu.

O Grêmio entrou em campo já sem aspirações, já que não poderia alcançar vaga na Libertadores e estava garantido na Copa Sul-Americana, e terminou com 55 pontos –durante a semana, inclusive, o clube foi muito cobrado por rivais do Flamengo para mostrar empenho.

A equipe da Gávea foi campeã também em 1980, 1982, 1983, 1987 (Módulo Verde da Copa União) e 1992. Oficialmente, a CBF não reconhece o Flamengo como campeão de 1987, mas sim o Sport. Porém o Módulo Verde, vencido pelo time carioca, reunia os principais clubes do país naquele ano.

Superação

O Flamengo, que assumiu a liderança do Brasileiro pela primeira vez apenas na penúltima rodada do torneio, teve que superar diversas adversidades para levantar o troféu, entre elas falta de dinheiro, crises políticas e problemas para compor o time.

A dupla de ataque titular formada por Adriano e Zé Roberto também enfrentou problemas durante a temporada. O primeiro quase abandonou a carreira, enquanto o segundo chegou a ficar fora dos planos da diretoria.

Já o meia Petkovic, outyro destaque da equipe, retornou ao Flamengo inicialmente em virtude de uma dívida trabalhista. Foi rejeitado por dirigentes e pelo técnico Cuca, que foi demitido em julho. Depois de ficar encostado, o sérvio foi recuperando a sua forma e se transformou no principal jogador da equipe ao lado de Adriano.

Na época da saída de Cuca, a diretoria da equipe carioca colocou Andrade no cargo interinamente, enquanto procurava um outro treinador no mercado. Depois de vitórias diante do Santos, na Vila Belmiro, e do Atlético-MG, os dirigentes do Flamengo efetivaram Andrade. Uma aposta que deu certo e contribuiu para o título do Campeonato Brasileiro.


O jogo

Jogando em casa e empurrado pela torcida que lotou o Maracanã, era esperado que o Flamengo tomasse a iniciativa da partida. No entanto, a equipe carioca parou na forte marcação do Grêmio. O time gaúcho também trocava passes e valorizava a posse de bola.

Com 10min de bola rolando, a equipe carioca não conseguiu chegar ao gol do goleiro Marcelo Grohe, o que deixava a torcida impaciente. A primeira chance do time rubro-negro aconteceu somente aos 12min, quando Adriano foi lançado, tentou fintar o zagueiro e foi travado na hora do chute.

A resposta do Grêmio veio aos 21min e de forma efetiva. Douglas Costa cobrou escanteio e Roberson desviou na pequena área para o gol: 1 a 0.

Perdendo o jogo, o Flamengo adiantou a marcação. No entanto, a equipe não conseguia criar nenhuma jogada perigosa.

A situação da equipe carioca ficou pior quando o Internacional abriu o placar diante do Santo André, resultado que dava o título ao time gaúcho.

Porém o Flamengo conseguiu chegar ao gol em um lance de bola parada. Após uma cobrança de escanteio de Petkovic, Zé Roberto cabeceou para o alto, Adriano escorou e o zagueiro David bateu forte e deixou tudo igual: 1 a 1.

Mesmo após o empate, o time carioca continuava não chegando com muito perigo ao gol rival. A melhor oportunidade foi com Adriano aos 46min. O atacante cobrou falta e o goleiro Marcelo Grohe fez excelente defesa.

No intervalo, Adriano afirmou que a ansiedade estava atrapalhando o desempenho da equipe. “Temos que conter a ansiedade. Não podemos perder a cabeça. O Grêmio está marcando atrás da linha da bola, o que está dificultando o nosso jogo”, declarou.

No segundo tempo, o Flamengo voltou com uma postura diferente e passou a pressionar o Grêmio. Aos 3min, Petkovic cobrou escanteio e Adriano cabeceou para fora. Três minutos depois, Aírton cabeceou no canto e Marcelo Grohe fez bela defesa.

O Flamengo continuou dominando o jogo, enquanto o Grêmio se preocupava apenas em marcar. Aos 11min, Léo Moura recebeu na entrada da área e concluiu, mas a bola bateu em Thiego e saiu.

Precisando da vitória, o técnico Andrade colocou o meia Everton no lugar do volante Toró. Com isso, o Flamengo se tornou mais ofensivo e continuou pressionando a equipe gaúcha. Aos 23min, Adriano foi lançado e tocou na saída de Marcelo Grohe, que conseguiu colocar para escanteio.

Na cobrança de Petkovic, Ronaldo Angelim subiu livre e cabeceou para o gol, virando o placar para 2 a 1, gol que valeu a conquista do campeonato.

Aos 32min, o Grêmio ainda teve excelente oportunidade para empatar. Lúcio cobrou falta, o goleiro Bruno rebateu e Adilson, livre e na pequena área, concluiu para fora.

Fonte: Folha Online

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...