Guarani

>Mano Menezes despede do Corinthians com vitória, liderança e carinho da torcida

Posted on julho 26, 2010. Filed under: Bruno César, Campeonato Brasileiro, CBF, Corinthians, Esportes, FUTEBOL, Guarani, Jorge Henrique, Mano Menezes, Mazola, seleção brasileira |

>”Espero fazer um grande jogo aqui para comemorar”, não escondia Mano Menezes, antes mesmo de a bola rolar. “O torcedor ajudou muito e isso fica marcante em nossas vidas e, certamente, vai deixar saudade”, disse. Despedida feita, ele se concentra agora nos compromissos com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Será apresentado nesta segunda, no Rio.

Na despedida de Mano Menezes, Corinthians ganha do Guarani no Pacaembu
por 3 a 1, com show de Bruno César, e volta à ponta do Brasileirão

Presente.
Jorge Henrique, um dos jogadores preferidos de Mano Menezes ao longo dos três anos e meio, foi quem retribui a confiança e a gratidão logo no primeiro minuto de jogo. Bruno César cobrou o escanteio, William desviou na primeira trave e o atacante cabeceou para o fundo do gol.

Mesmo com o gol cedo, o time não se acomodou. Só os corintianos jogavam e a pressão era revertida em mais e mais oportunidades de gol. Os jogadores pareciam reverenciar sim Mano, mas também mostrar serviço para o novo técnico da seleção e também para Adílson Batista, que será apresentado na terça-feira.

O time de Campinas tentava alguma reação a partir dos rápidos contra-ataques de Mário Lúcio e Mazola. O problema é que o atacante Ricardo Xavier não soube aproveitar as oportunidades na cara do gol.

Toda a velocidade do início da partida não se repetiu na etapa complementar. Os times bem que criavam as chances, mas o time pareceu preso. Mais do que isso, se perdeu em lances bobos.

Lances bobos.
Com os corintianos preguiçosos, o Guarani resolveu atacar. O veterano Baiano deu lindo passe para Mazola, que passou com tranquilidade pelos zagueiros, entrou na área e tocou para o fundo do gol. Era o empate no Pacaembu.

Como se não bastasse, no lance seguinte, Dentinho se deixou levar pelo gol sofrido e deixou duas vezes o braço no meia Mário Lúcio. O atacante recebeu o cartão vermelho e, assim como Roberto Carlos, está suspenso para o clássico contra o Palmeiras. Em lance isolado, o árbitro Rodrigo Pereira do Amaral encontrou uma expulsão do zagueiro Ailson.

Xodó da Fiel.
Mas o Corinthians tem um candidato a ídolo no clube. Bruno César, que começou a jogada do primeiro gol, chamou a responsabilidade de novo e fez o segundo. O meia-atacante, contratado no meio da temporada, cobrou falta com perfeição, sem chance para o goleiro. Na comemoração, foi em direção à torcida, escorregando de joelhos – gesto semelhante a de Neto, que brilhou nos anos 90 no Parque São Jorge.

Não precisava de mais nada, mas Bruno César cadenciou o jogo e ainda teve tempo de marcar mais um. Roberto Carlos cruzou na área, a zaga do Guarani não cortou e o meia-atacante, desta vez, mergulhou para marcar. Ovacionado, deixou o campo nos minutos finais para a entrada de Danilo.

Três pontos garantidos, os últimos da Era Mano Menezes, que após a partida deu uma volta olímpica no Pacaembu. Os jogadores ainda carregaram nos braços o agora técnico da seleção brasileira.

No próximo domingo, às 16 horas, já pela 12.ª rodada, o Corinthians tem pela frente o clássico contra o arquirrival Palmeiras – o adversário será o mandante no Pacaembu. Um dia antes, às 18h30, o Guarani encara o Atlético Goianiense, fora de casa.

Fonte: Estadão

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...