Habitação

>Várzea Grande: Tião da Zaeli deve mudar 4 secretários em Janeiro

Posted on dezembro 29, 2009. Filed under: Esportes, Habitação, Lazer, obras, prefeito, prefeito interino, Promoção Social, Sem-categoria, Tião da Zaeli, Urbanismo, Várzea Grande, Viação |

>

O prefeito interino de Várzea Grande, Sebastião Gonçalves, o Tião da Zaeli, define até o dia 05 de janeiro, mudanças no comando de pelo menos quatro Secretarias. Na lista das decisões consta o remanejamento do atual secretário municipal de Promoção Social, Wilton Coelho, para a pasta da Educação e Cultura. O setor está sob o comando de Zaeli, que também acumula a secretaria de Esportes e Lazer.

Com a saída de Wilton, o prefeito interino estuda com o prefeito Murilo Domingos, nome que poderá comandar o setor. De acordo com o secretário de Governo, Dito Loro, estão sendo analisadas indicações para o cargo. Entretanto, ele lembrou que uma definição sobre as alterações só devem ocorrer no início de janeiro. Dito também reforçou o entendimento de que, mesmo em férias, o prefeito Murilo Domingos tem se comunicado diariamente com Tião – para acompanhar a evolução das mudanças.

Com a posse de Dito Loro na Agência Municipal de Habitação e Regularização Fundiária, a Secretaria e Governo também ganhará um novo titular a partir de janeiro. Dito explicou que a sua vaga poderá ser ocupada por um membro da atual administração. Entre os nomes cotados estão o do secretário de Serviços Públicos, Benedito Pinto da Silva, Dito Pinto, que acumula a Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Também estão sendo avaliada a possível fusão entre as áreas de Serviços Públicos e de Viação, Obras e Urbanismo. De acordo com Dito Loro, a preferência de Murilo é pela manutenção do atual grupo de secretários. Dessa forma, a reforma da administração deverá contar com poucas novidades em relação a nomes para compor o staff.

Nesta primeira fase de alterações, não está prevista abranger uma eventual indicação do PT. Dito lembrou que existe a possibilidade de o partido ser contemplado no secretariado, com a esperada reaproximação do PT com o Executivo municipal. Entretanto, a possível contemplação de indicados da legenda ainda passará por análise de Murilo. Fonte: Diário de Cuiabá

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>"Tá na palma da mão"

Posted on novembro 6, 2009. Filed under: democracia, Habitação, Legislativo, Ministério Público, Palácio Paiaguás |

>Os governantes devem estar expostos à luz pública. Exigência primeira da vida democrática. Até mesmo para efeito da avaliação de suas administrações. Contudo, esse preceito da democracia nunca foi respeitado no país, particularmente no Estado de Mato Grosso. O pior é que ninguém cobra o seu cumprimento. A população, talvez, por desconhecê-lo, e o Legislativo, pasmem, por ignorá-lo. Imitado que é pelo Ministério Público.

Silêncio que traz enormes prejuízos. Não só do ponto de vista financeira, como também no que diz respeito à transparência. Uma vez mais, desrespeitam-se a legislação vigente. Nada, entretanto, acontece. Pois os parlamentares estaduais procuram não incomodar o ocupante da cadeira central do Palácio Paiaguás, e este, pelo seu turno, substitui o “aproximar-se do cidadão” com o “apresentar-se em público”. Daí o uso, exaustivo, do marketing, como instrumento de persuasão.

Por viverem livremente, as pessoas têm a opção de rejeitar as peças publicitárias e o próprio discurso do governo. Mas, como rejeitá-los se há ausência de dados necessários? Falta, por exemplo, o relatório da recente viagem de Sua Excelência à África do Sul, cujos gastos não se sabem ao certo. Da mesma forma se pode dizer a respeito das empresas premiadas com incentivos fiscais, bem como os critérios utilizados para selecioná-las.

Essa lista é grande. Tamanho que não impressiona os deputados estaduais. Tampouco provoca os membros do Ministério Público. Seria, portanto, querer demais desses senhores que investiguem o porquê ainda não entrou em funcionamento pelo menos um dos hospitais comprados pelo Estado. Parece que nenhum desses senhores querem tocar nos assuntos desagradáveis para o governo, que, entre os seus desacertos, encontram-se igualmente o fechamento de escolas e demissões de professores e funcionários interinos antes do término do ano letivo.

Assuntos que não se veem na mídia regional. Talvez porque para ela, a mídia, a “notícia de ontem” já se “tornou velha”, e, por conta disso, saiu de pauta. O que é uma pena! Pois, diante da miopia dos poderes constituídos, a população não tem mais a quem recorrer. Tende, portanto, a acreditar naquilo que é “vendido” pela propaganda oficial, cujo pano de fundo é o de que o Estado “está sendo conduzido da melhor maneira possível”. A despeito dos números negativos da saúde, educação e da segurança públicas. Setores que sempre foram jogados para um plano secundário pela atual gestão estadual.

A mesma gestão que se iniciou, lá em 2003, propagandeando ter descoberto a “caixa-preta” da administração anterior. Já se passaram quase sete anos, porém a tal “caixa-preta” sequer foi aberta. Talvez porque a “dita caixa” jamais tenha existido, ou se a existisse, de fato, foi esquecida em uma das muitíssimas gavetas da burocracia governamental. Igualmente o destino que deram a dezenas de promessas feitas durante as campanhas eleitorais de 2002 e 2006, a exemplo da diminuição dos impostos da energia elétrica e da telefonia, bem como o da divisão dos recursos do Fundo Estadual de transporte e Habitação, ou o próprio fim desse fundo.

Percebe-se, entretanto, que a transparência está longe de ser uma realidade no Estado. Isso, porém, não significa que a população regional seja impedida de sonhar. Até porque nem todos os sonhos são irrealizáveis. Um ou outro pode se tornar viável. Não por alguém apresentado como diferente, embora na realidade não passe de “político tradicional”, tendo ao fundo o quadro “tá na palma da mão”.

Autor: Lourembergue Alves é professor uiniversitário. Fonte: A Gazeta, E-mail: lou.alves@uol.com.br

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Síntese Econômica

Posted on setembro 3, 2009. Filed under: Habitação, Inflação, investimento |

>

Habitação

O Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU) e o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), que fazem parte do “Minha Casa, Minha Vida”, foram regulamentados por portarias assinadas pelos ministros da Fazenda, Guido Mantega, e das Cidades, Márcio Fortes, publicadas na edição desta quarta-feira do Diário Oficial da União. A Caixa está encarregada da gestão operacional dos recursos de subvenção dos dois programas.

Investimento

No total, o governo federal investirá nos dois programas R$ 3 bilhões. A maior parte irá para o programa urbano, que ficará com R$ 2,5 bi e atenderá a pessoas com renda familiar mensal bruta de até R$ 2.790. Do programa rural, que ficará com R$ 500 mi, poderão se beneficiar os agricultures e trabalhadores rurais com renda bruta familiar anual de até R$ 10 mil (no Grupo 1), até R$ 22 mil (Grupo 2) e até R$ 60 mil (Grupo 3).

Inflação

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), apurado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), caiu na última semana de agosto em cinco das sete capitais pesquisadas. A queda mais intensa foi observada em Brasília, onde o índice passou de 0,73%, na terceira semana do mês, para 0,52%, na semana encerrada em 31 de agosto.

O Banco Central (BC) informou que o fluxo cambial registra em agosto ingresso líquido de US$ 2,826 bilhões até o último dia 28. Segundo o BC, o resultado é superior ao observado em igual período de agosto do ano passado, quando o Brasil recebeu US$ 788 milhões em termos líquidos. O ingresso líquido de recursos em agosto de 2009 é resultado principalmente da conta financeira, que contribuiu com a entrada líquida de US$ 1,904 bilhão. Este valor resultou da entrada total de US$ 24,621 bilhões e saída de US$ 22,718 bilhões.


Caravana

Agricultores organizam caravana até Brasília para levar as

propostas de MT à audiência pública que tratará, no dia 8, do novo

Código Florestal, que está prestes a ser votado pelo Congresso.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...