Incêndio na loja Atacadão

>Incêndio na loja Atacadão de Cuiabá destrói mais de 500 t de mercadorias

Posted on novembro 6, 2009. Filed under: bairro Tijucal, Carrefour, Corpo de Bombeiros, Incêndio, Incêndio na loja Atacadão |

>

Da Redação – Jardel Arruda

O gerente regional do Atacadão, Wlamir dos Anjos, já fez uma estimativa das perdas causadas pelo incêndio ocorrido na manhã desta sexta-feira (6), na sede da rede de supermercados instalada no bairro Tijucal. Segundo ele, cerca de 500 toneladas de produtos, “três carregamentos”, queimaram no incidente, que destruiu o depósito da unidade do supermercado pertencente ao grupo Carrefour.


Apesar das perdas, o gerente preferiu comemorar o fato de não ter havido feridos na tragédia. “Não teve vítima, o resto não é importante, o que se perdeu é só material”, declarou Wlamir, em um dos poucos momentos reservados para a imprensa, em meio à ‘correria’ para acompanhar as ações dos bombeiros, orientar funcionários e atender ligações.

Questionado sobre valores reais, o gerente disse ser muito cedo para qualquer estimativa. Mas levando em consideração o tamanho das labaredas, declarou: “Deve ter sido grande”.

Wlamir ainda afirmou querer fazer o supermercado, intocado pelo incêndio, voltar a funcionar o mais rápido possível. “Hoje fica fechado com certeza. Amanhã é difícil. E Também dependemos das instruções da Defesa Civil”, argumentou.

Mais de 80 homens do Corpo de Bombeiros trabalharam para conter o incêndio que começou às 7h50, ainda sem explicação. De suporte, havia 12 viaturas da corporação, mais quatro caminhões-pipa enviados pela Defesa Civil de Cuiabá e outros três contratados pelo gerente do supermercado.


A fumaça foi a grande inimiga dos bombeiros. Ela dificultava a respiração e reduzia a quase zero a visibilidade de quem estava no local. Um dos soldados explicou que ela surgia devido à queima dos óleos e diversos produtos inflamáveis que existiam no interior do depósito.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Alexandre, afirmou que não foi difícil controlar o fogo, e que a meta dos bombeiros, desde o início, foi impedir que as chamas alcançassem o supermercado. “Agora é só o rescaldo, que dura algum tempo ainda”, afirmou.

A chuva, que muitos pensam ajudar, na verdade foi indiferente em todo combate ao incêndio, que ocorreu em ambiente fechado. Na verdade, ela só dificultava a dissipação da fumaça. “Quando a chuva é só um sereno ela ajuda, quando é muito forte atrapalha. Hoje foi indiferente”, disse o coronel Alexandre.


Além dos que trabalhavam para conter o incêndio e dos funcionários do supermercado, dezenas de curiosos pararam para assistir o trabalho dos bombeiros. Um deles, entrevistado pelo Olhar Direto, definiu a cena com uma frase. “Parece filme de cinema”. Fonte:
Olhar Direto

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...