indignação

>Secretário de Saúde de Cuiabá pede demissão

Posted on novembro 19, 2009. Filed under: Cargos, Carreira, CUIABÁ, indignação, Pronto Socorro de Cuiabá, psf, Saúde, Salários, secretário |

>

Perto de completar dois anos no comando da Secretaria de Saúde de Cuiabá, Luiz Soares, 51, deixa hoje a pasta após enfrentar uma greve geral dos médicos do Pronto-Socorro Municipal, parte das policlínicas e do Programa de Saúde da Família (PSF), que se arrastou por 75 dias. A exoneração será encaminhada ao prefeito Wilson Santos (PSDB) que teria marcado uma reunião às 8 horas com Soares. O ex-secretário, conforme já se denomina, disse que não vai comparecer ao encontro. “Mando minha exoneração por um portador”, revelou com exclusividade para A Gazeta.

A decisão de Luiz Soares reflete a “indignação” do secretário -que assumiu o cargo em 14 de janeiro de 2008 – diante da postura do prefeito de assinar acordo com os médicos, onde concede à categoria reajuste e Plano de Cargos Carreira e Salários (PCCS). “Não posso admitir tratamento diferenciado na minha equipe. Como ficam os enfermeiros, odontólogos, técnicos e todos os outros funcionários da Saúde, com benefício dado a apenas uma categoria?”, indaga Soares. “O prefeito deve responder isso aos funcionários da Secretaria e sugiro que seja logo, porque o clima é de muita revolta contra Santos”.

Durante a greve dos médicos que ensaiaram até pedidos de demissão – na verdade somente uma médica oficializou sua exoneração – a demissão de Soares foi levantada nos bastidores do movimento. Profissionais da saúde não teriam simpatia pelo hoje ex-secretário que cobrava cumprimento do horário de trabalho e dedicação dos médicos. Em nenhum momento, a saída de Luiz Soares foi admitida por Wilson Santos. Entretanto, o prefeito colocou para intermediar as negociações com o Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed) o atual vice-prefeito e secretário municipal de Planejamento, Chico Galindo.

Conhecido pela seriedade no tratamento da administração pública, Luiz Soares foi secretário de Saúde na gestão de Roberto França (sem partido), que por dois mandatos comandou a prefeitura de Cuiabá. “Ele (Soares) teve um desempenho considerado “bastante positivo”, comentou um dos auxiliares diretos do ex-prefeito França, avaliando que Wilson Santos vai perder e muito com a saída do secretário. Luiz Soares já foi deputado estadual por três mandatos e senador por quatro meses, além de vice-prefeito da Capital, entre os anos de 2000 e 2004.

Soares sucedeu o deputado estadual Guilherme Maluf, que permaneceu na SMS por 10 meses. Na volta à Secretaria de Saúde, Luiz disse que não tratou sobre “poderes totais e aval” por parte de Wilson, mas foi o prefeito que em discurso na época afirmou: “Soares tem carta branca, azul, verde, amarela, o que for preciso para fazer as alterações que julgar necessárias”.

Fonte: A Gazeta


Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( 4 so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...