índios

>Painel Político

Posted on agosto 4, 2010. Filed under: Abrinq, atos secretos, índios, Lula, Painel Político, Terras |

>

Atos secretos
O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), enviou ontem à Procuradoria-Geral da República a resposta sobre os questionamentos ligados aos atos secretos. A iniciativa de Sarney ocorreu somente cinco meses depois de receber um ofício do Ministério Público com várias indagações.
Índios
O plenário do Senado aprovou em votação simbólica a Medida Provisória 483, que criou a Secretaria de Saúde Indígena. O novo órgão transferiu para o Ministério da Saúde parte das atribuições da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), responsável pelo financiamento de projetos de saneamento básico e saúde indígena.
Terras
O governo tem pronto o parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) que vai restringir a compra de terras no Brasil por empresas nacionais controladas por estrangeiros. O texto retoma as limitações impostas por uma lei de 1971, cuja aplicação foi afastada pela própria AGU em 1994.
Lula
“A oposição vai perder as eleições presidenciais”. Sorrindo maroto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pronunciou a frase durante a cúpula do Mercosul realizada hoje na cidade de San Juan, na Argentina. O público que ouviu a sentença de Lula, a modo de profecia, era composto pela presidente argentina Cristina Kirchner, e os presidentes Sebastián Pìñera, do Chile, o uruguaio José Mujica, o boliviano Evo Morales e o paraguaio Fernando Lugo,
Netinho
A campanha do candidato do PCdoB ao Senado em São Paulo, Netinho de Paula, ofereceu ingressos para shows do cantor aos eleitores que respondessem a um quiz em seu site, conduta que pode configurar crime eleitoral. Pelo menos dois artigos da Lei Eleitoral caracterizam a infração.
Abrinq
A Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e do Adolescente lança na quinta-feira (5) a terceira edição do projeto Presidente Amigo da Criança. Com intensa campanha de mídia, a entidade apresentará o termo de compromisso que será proposto aos presidenciáveis, para que eles assinem ao longo da campanha eleitoral.
Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Índios aceitam trocar operários por engenheiros e gerentes em obra de hidrelétrica no Mato Grosso

Posted on julho 26, 2010. Filed under: Aripuanã, índios, Casa Civil, Funai, Mato Grosso, Polícia Militar, Promotoria Federal, Secretaria de Meio Ambiente do Mato Grosso, Usina Hidrelétrica Dardanelos |

>

<!–

em destaque

–>

Foram libertados neste domingo os cerca de 250 operários que eram mantidos reféns por índios no canteiro de obras da Usina Hidrelétrica Dardanelos, em Aripuanã (MT).

De acordo com a Polícia Militar de Aripuanã, seis funcionários, entre engenheiros e gerentes, se ofereceram para ficar no lugar dos trabalhadores. A obra foi invadida na manhã deste domingo por cerca de 300 índios.

Segundo a Funai, parte da usina foi construída sobre um cemitério indígena. Uma reunião entre os índios e representantes da Funai, Secretaria de Meio Ambiente do Mato Grosso, Casa Civil do estado e Promotoria Federal deve ser realizada nesta segunda-feira.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Em Mato Grosso índios ivadem canteiro de obras da usina hidrelétrica de Dardanelos e sequestram mais de 100 trabalhadores

Posted on julho 26, 2010. Filed under: índios, Cinta larga, Dardanelos, Hidrelétrica, Inundação, Mato Grosso, nacional, Questões sociais, Rio Juruena |

>

Notícias do domingo – Em Mato Grosso, pintados para a guerra e armados de flechas e tacapes, índios de onze etnias invadiram neste domingo, 25, o canteiro de construção da usina hidrelétrica de Dardanelos, e tomaram cerca de cem operários como reféns.

Eles querem receber uma compensação financeira de R$ 10 milhões pela inundação de áreas indígenas e a interrupção dos projetos de expansão da produção energética por meio de pequenas centrais (PCHs) previstas ao longo do rio Juruena, que corta as reservas.

Por determinação do Ministério da Justiça, uma comissão, integrada por representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai) e da Polícia Federal se deslocará nesta segunda-feira para Aripuanã, norte do Mato Grosso, a cerca de mil quilômetros de Cuiabá, onde fica a sede da hidrelétrica invadida, para negociar a libertação dos reféns e a solução do impasse. Os controladores do empreendimento também entrarão com pedido de reintegração de posse.

A tomada da hidrelétrica foi feita pela manhã por cerca de 300 guerreiros, liderados por caciques das etnias Arara e Cinta Larga, conhecidas pela valentia.

Os cintas largas procedem da mesma região de Rondônia, a Reserva Roosevelt onde, em 2004, foram massacrados 29 garimpeiros num garimpo de diamantes. Os primeiros relatos da invasão são imprecisos, mas não há registro de mortos ou de confronto entre índios e operários, que receberam os invasores sem resistência. Eles foram levados para um barracão na construção.

Maior hidrelétrica de Mato Grosso, Dardanelos vai integrar ao Sistema Nacional 36 cidades atendidas por termelétricas na região. A usina é uma das duas que tiveram construção autorizadas último no leilão de energia nova promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Fonte: Estadão

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...