JBS Friboi

>JBS Friboi demite 400 funcionários e anuncia fechamento da unidade em Cáceres

Posted on setembro 12, 2010. Filed under: Cáceres, empregos, frigorífico, JBS Friboi, Mato Grosso |

>

A empresa JBS Friboi, a maior da cidade de Cáceres, anunciou em nota oficial que a unidade será fechada. A nota afirma que “tendo em vista seu constante foco na busca por eficiência produtiva e operacional”.O certo é que a decisão da empresa pode comprometer a economia do município, diminuindo eliminando empregos e receita, através dos impostos.
Cáceres, Mato Grosso
Em funcionamento em Cáceres há 25 anos, o frigorífico tinha capacidade para abater 500 cabeças de gado por dia e gerava aproximadamente 600 empregos diretos e beneficiava até 5 mil. A cidade-pólo do Oeste mato-grossense tem na agropecuária a principal atividade econômica e, sem contar a unidade, controlada por um dos maiores grupos do mundo, o setor poderá sofrer um impacto.
Somente na última semana a empresa já havia demitido cerca de 400 funcionários, que retornavam das férias coletivas dadas pela JBS Friboi sob a alegação da falta de oferta de gado para abate. As outras três unidades do grupo no Estado, localizadas em São José dos Quatro Marcos, Araputanga e Pedra Preta, continuaram funcionando normalmente. A presidente do sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação de Cáceres, Gláucia Maria Andrade Gonzaga, declarou à imprensa que foram mantidos o pessoal de manutenção, limpeza, refeitório e administrativo.
“Isso é uma catástrofe para a nossa cidade”, lamentou o vereador Antônio Salvador da Silva (PSDC). Ex-funcionário da empresa e distribuidor de carnes da Friboi no comércio, Salvador descarta possibilidade da planta industrial do grupo estar obsoleta e levanta algumas hipóteses sobre o fechamento. A empresa espera manter a normalidade no atendimento aos pecuaristas e aos clientes usuais da unidade de Cáceres, distribuindo abate e vendas entre as unidades de São José dos Quatro Marcos e Araputanga, que ficam a mais ou menos 150 km de distância do município. O grupo também informou que irá trabalhar no sentido de realocar os colaboradores da unidade para outras fábricas da companhia que estejam com deficiência de mão-de-obra.
Políticos atrapalham
A pavimentação das ruas de acesso ao frigorífico foi tema de debate político nas eleições de 2008 e também neste pleito. Durante ato político, o candidato à reeleição, deputado federal Pedro Henry (PP), teria afirmado que o dinheiro para tal obra já estava assegurado por emenda de sua autoria. Seu irmão, o ex-prefeito Ricardo Henry (PP), também prometeu aos funcionários a pavimentação, um antigo pleito da empresa. A obra não se viabilizou, nem mesmo com o sucessor Túlio Fontes. O grupo teria se oferecido para contribuir com recursos necessários para aquisição dos tubos para a drenagem da extensão a ser asfaltada. Ricardo chegou a dar início à obra, que segue sem conclusão. No início do ano passado, Túlio também tentou retomar a obra, mas fora supreendido ao descobrir que, sequer, havia projeto para asfaltamento das ruas.
Com participação de RDNews
Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>JBS Friboi

Posted on agosto 20, 2010. Filed under: Cremonini, gestão, JBS, JBS Friboi, transparente |

>

A JBS Friboi, em comunicado divulgado ontem, confirma que estaria disposta a receber uma “oferta formal” pelo grupo italiano Cremonini relativa à sua participação de 50% na joint venture Inalca JBS. Desde o início de julho, as duas companhias travam uma batalha legal sobre a joint venture, criada no final de 2007, na qual a JBS comprou 50% da Inalca, então subsidiária do Cremonini, por 225 milhões de euros. Na última iniciativa do Cremonini, o grupo italiano abriu dia 14 uma ação civil em Modena, na Itália, sobre uma série de comunicações que teriam sido feitas a bancos de Modena pela JBS e que poderia prejudicar a imagem da joint venture e de sua gerência. Sobre o assunto, a JBS esclareceu, na nota, que anunciou às instituições financeiras que já não poderia garantir novos empréstimos por conta de “gestão não transparente da Inalca JBS.
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...