Juara

>Prefeito Juara ameaça repórter e afirma ser vítima de extorsão

Posted on dezembro 16, 2010. Filed under: Juara |

>

Durante uma reunião de balanço sobre um programa do Governo Federal, na cidade de Juara (MT), na última segunda-feira (12), o prefeito José Alcir Paulino agrediu verbalmente e ameaçou o repórter Reinaldo Stachiw, que atua pelos sites Nortão News e Juara Net. O político afirma ter sido vítima de extorsão.
 Centro da cidade de Juara – Mato Grosso

A tentativa de intimidação foi gravada em vídeo pelo repórter  nas dependências do serviço de Assistência Social de Juara e, segundo seu depoimento ao Portal IMPRENSA, teria sido motivada por reportagens que contrariaram o prefeito.

Ao perceber Stachiw no local, José Alcir imediatamente o abordou. “Você está me achando com cara de palhaço? Olha bem pra minha cara, hein?! Vocé é um palhaço, rapaz. Quer que eu te pegue? Eu te pego. Eu tenho família, rapaz. Isso que você está fazendo é sacanagem”, afirmou.
Em entrevista por telefone à reportagem, José Alcir não negou que tenha ameaçado o repórter, mas salientou que teria se exaltado por conta de uma enquete do site Nortão News que apontava quase a totalidade dos participantes como favoráveis à sua renúncia.
Segundo ele, a enquete fora usada pelo repórter como pesquisa de opinião, e lhe prejudicou a imagem. Antes do episódio da última segunda, ele requisitou que Stachiw retirasse a pesquisa da Internet e explicasse que ela não tinha registro ou respeita os critérios estabelecidos pela Justiça Eleitoral.
“Você [Stachiw] tire isso do ar. Isso não tem base nenhuma. E, se você não tirar, vou te processar”, relatou o prefeito. Segundo ele, ao encontrá-lo novamente e retomar o assunto, o repórter teria exigido R$ 10 mil para fazê-lo. Depois da negativa de José Alcir, Stachiw teria começado a registrar a discussão.
Questionado sobre a razão pela qual o vídeo mostra apenas o momento em que o prefeito o ameaça, Stachiw afirmou que iniciou o registro ao se dar conta do teor da conversa.
“Quando vi do que se tratava, comecei a gravar e ele me pegou meio de surpresa. Decidi na hora ligar a câmera, pelo menos para pegar o áudio”, disse. O repórter afirma que o prefeito já o ameaçou em outra ocasião, o que rendeu um processo contra o administrador público, mas que fora arquivado por falta de provas.
Sobre a suposta tentativa de extorsão, o repórter foi taxativo. “Jamais iria pedir dinheiro para ele. Em hipótese alguma”. Stachiw, no entanto, confirmou a existência da enquete, mas ressalvou que, ao produzir o texto sobre, informou se tratar de opinião dos leitores do site.
O episódio da última segunda rendeu um boletim de ocorrência contra o prefeito e o vídeo foi apresentado como prova na unidade da Polícia Civil de Juara. Fonte: Portal da Imprensa
Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Mais uma deputada estadual milhonária em Mato Grosso

Posted on outubro 4, 2010. Filed under: deputada estadual, Juara, Justiça Eleitoral., Mato Grosso, milhonária, Vale do Arinos |

>

Luciane Bezerra, deputada eleita   

Luciane Borba Azoia Bezerra, uma das surpresas entre as candidaturas eleitas à Assembleia, só entrou na disputa de última agora e, assim mesmo porque o marido, ex-prefeito de Juara Oscar Bezerra, se viu barrado pela Justiça Eleitoral. Ele teve o mandato cassado em 2008 e foi considerado inelegível por três anos. Foi condenado por causa da publicação no site da prefeitura acerca da inauguração de uma obra em período eleitoral, o que caracterizou promoção pessoal. A deputada eleita é filiada ao PSB, assim como Oscar, de cuja gestão fez parte e cuidou das ações sociais. Teve 14.294, a menor votação entre os 24 eleitos e/ou reeleitos. Luciane é pecuarista. Possui duas fazendas na região do Vale do Arinos, uma avaliada em R$ 6,5 milhões e, outra, em R$ 6,8 milhões. Acumula entre outros bens veículos, lotes urbanos e casas em Juara. Seu patrimônio está avaliado em R$ 15,1 milhões.

   Ela chega à Assembleia não só como uma das “caras novas” para reforçar a bancada feminina a ser representada também pela colega peemedebista Teté Bezerra, mas também na condição de mais rica do ponto de vista financeiro dos deputados da próxima Legislatura. Hoje, o mais afortunado é o ex-prefeito de Lucas de Rio Verde e empresário Otaviano Pivetta, que acumula bens que somam R$ 132,6 milhões, mas que está deixando o cargo no Legislativo daqui a dois meses.

    Depois de Luciane, vem o reeleito e também pecuarista Percival Muniz (PPS), com R$ 6,1 milhões e a ex-deputada federal Teté, que revela ser dona, entre os bens estimados de R$ 3,3 milhões, de uma aeronave, de uma fazenda de 4,6 mil ha em Paranatinga, de apartamentos e casas em Cuiabá e Rondonópolis.

   O deputado Sérgio Ricardo, reeleito para o terceiro mandato como o segundo mais votado (87.407 votos), apresentou declaração que aponta bens avaliados em R$ 2,1 milhões. O cacique político do PP José Riva, campeão de votos (93.594) assegura ter patrimônio de R$ 1,5 milhão. Depois vem o ex-presidente da Câmara Municipal de Cuiabá Luiz Marinho (PTB), com R$ 1,2 milhão em bens. Os demais deputados eleitos e/ou reeleitos juram que seus bens são inferiores a R$ 1 milhão.

Deputados eleitos e bens acima de R$ 1 mi
Luciane Bezerra – R$ 15,1 milhões
Percival Muniz     – R$ 6,1 milhões
Teté Bezerra        – R$ 3,3 milhões
Sérgio Ricardo    – R$ 2,1 milhões
José Riva             – R$ 1,5 milhão
Luiz Marinho        – R$ 1,2 milhão

Fonte: RDNews

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Polícia Federal apreende documentos e investiga compra de votos por Silval, Blairo e Riva

Posted on setembro 20, 2010. Filed under: combustível, compra de voto, eleições 2010, Juara, TRE MT, Zona Eleitoral |

>

Eleições 2010 – A Polícia Federal apreendeu, por determinação do juiz da 27ª Zona Eleitoral Wagner Plaza Machado, documentos em um posto de combustível em Juara (a 690 quilômetros de Cuiabá) para investigar denúncia de suposta compra de voto contra o ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PP), com base eleitoral no município, o governador Silval Barbosa (PMDB), candidato à reeleição, Blairo Maggi (PR), que disputa vaga no Senado, e deputado federal Eliene Lima (PP). A informação é do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).

TRE   investiga suposto abuso de poder econômico de candidatos (Montagem/OD)

Com base em denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF), que apresentou, inclusive, imagens de uma suposta prática de abuso de poder econômico cometido pelos candidatos, foram apreendidos documentos contábeis, notas fiscais, requisições de combustível e ainda imagens gravadas pelo circuito interno de segurança que mostram a movimentação financeira do estabelecimento de 9 a 16 deste mês.

A princípio a denúncia foi feita ao MPF por um morador do município, mas confirmada pelo promotor eleitoral Paulo Henrique Motta que constatou pessoalmente a movimentação anormal de simpatizantes e correligionários dos candidatos, presenciando também o abastecimento de vários carros que participariam de eventos políticos.

Para averiguar se de fato houve compra de voto, a Justiça determinou o registro, em fotos, dos carros que participaram das carreatas realizadas no município. As informações levantadas serão cruzadas com as informações contábeis do posto e também com as imagens registradas no DVD apresentado pelo denunciante.

Também foi solicitada a movimentação financeira de outros postos de combustíveis em Juara e, as informações colhidas, serão utilizadas como referência na apuração dos eventuais abusos praticados pelos candidatos.

Fonte: Olhar Direto

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Presidente da Famato defende venda de gado à vista

Posted on julho 3, 2009. Filed under: Agricultura e Pecuária, Alta Floresta, Cáceres, Famato, Juara, Pontes e Lacerda, Sorriso, Tangará da Serra |

>

A decisão do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Rui Carlos Prado, de lançar nesta quarta (1) a campanha “Gado só à Vista”, em Barra do Garças, teve repercussão nacional. Conforme informações da Agência Estado, veiculada pelo portal Último Segundo, pecuaristas mato-grossenses participam de uma série de encontros para mobilizar a categoria a aderir ao movimento e efetuar as vendas somente mediante pagamento à vista pelos frigoríficos – leia aqui a matéria na íntegra.

“O cenário econômico tem deixado o setor em situação de desconfiança com as unidades frigoríficas”, justificou o gerente técnico da Famato, Luciano Gonçalves, por meio de uma nota. Ele defendeu a implantação de um sistema de compra e venda dos animais baseado numa relação de confiança entre pecuaristas e proprietários de frigoríficos, tal como ocorria quando os animais eram vendidos nas fazendas. “Em virtude da crise da pecuária, o setor tem que buscar uma nova cultura de comercialização dos animais para evitar os calotes que vem sofrendo”, defendeu Gonçalves.

Nesta quinta (2), os pecuaristas voltam a se reunir em Rondonópolis. Nos dias seguintes, os encontros serão realizados, respectivamente, nos municípios de Cáceres, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Alta Floresta, Sorriso e Juara. (Andréa Haddad)

Autor: RDNews
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...