limpeza

>Prefeito de Primavera do Leste diz que faz bom trabalho e sempre é penalizado por isso

Posted on dezembro 14, 2009. Filed under: Getúlio Viana, limpeza, prefeito, prefeitura, Primavera do Leste |

>

O prefeito de Primavera do Leste (a 220 km de Cuiabá), Getúlio Viana (PR), faz um balanço positivo de 2009, seu 5º ano de mandato, mas aproveita para reclamar do repasse de recursos federais para o município. Ele garante que o atraso nos repasses gera prejuízos à população e à administração. “Em determinados momentos temos que segurar as contas, equilibrar gastos, conter investimentos para manter o controle da situação. Fizemos muito isso durante todo o ano, principalmente porque muitos dos recursos que esperávamos do governo federal acabaram não chegando, não foram repassados e isso complicou o volume de obras e investimentos”. O prefeito atribui os atrasos dos repasses à boa administração. Para ele, a falta de recursos do governo federal acontece porque a administração pública “faz o dever de casa e acaba sendo penalizada por isso”.

Sem qualquer modéstia, o republicano que foi reeleito no pleito do ano passado, mesmo enfrentando críticas da maioria vereadores, acredita que tem “vocação para administrar”. “Quem nunca administrou, não se aprende aqui. A base de administração tem que vir pronta, tem que ter experiência com toda a certeza, não há espaço aqui para aventura. O lucro da administração pública está no melhor que se pode fazer e conquistar para a melhoria de vida a população, seja na educação, na saúde, nas obras de infra-estrutura”.

Getúlio diz que cumpriu a promessa feita durante a campanha eleitoral de 2004, ano em que foi eleito para assumir o Executivo, acerca do asfaltamento das ruas do município. “Fizemos mais asfalto em 4 anos do que em 18 anos na história de Primavera e essas ações foram repetidas também em iluminação, galerias, dentre outras. Tivemos muitos avanços em gestão pública, basta observar o que foi feito. A questão é uma só, não fizemos politicagem”, diz o republicano.

No setor de educação, Getúlio diz que é uma prioridade. “A prefeitura não se limita à aplicação mínima de 25% do orçamento em educação, aplicamos muito mais. Temos um compromisso com a educação. Depois de muita luta e trabalho conseguimos, por exemplo, equiparar os salários dos educadores. O profissional da educação deixou de ser crecheiro, houveram impactos econômicos sim, mas foi necessário valorizar os educadores”, diz.

Ele aproveita para destacar um dos pontos “fortes” de sua administração. Trata-se da limpeza pública. Segundo o republicano, uma média de 20 terrenos são limpos por dia. “Não é sistema mutirão, é sistema permanente. Mutirão é marketing e o trabalho permanente não faz divisão, não para. O programa de limpeza dos terrenos baldios tem sido copiado por outros municípios. Para se ter uma noção da amplitude do trabalho, hoje Primavera possui mais de 700 terrenos vazios, sem nenhuma construção”. (Flávia Borges)

Fonte: RDNews

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...