Liquidações

>Mal-estar no governo por causa de declarações do diretor do Banco Central

Posted on novembro 17, 2009. Filed under: Banco Central, eleições, Henrique Meirelles, Liquidações, Mario Torós, Valor Econômico |

>

Com o pedido de demissão já aceito e esperando apenas o melhor momento para o anúncio oficial, conforme antecipou a Folha em outubro, a saída do diretor de Política Monetária do Banco Central, Mario Torós, agora é questão de dias.


Segundo a Folha apurou, repercutiu muito mal no governo a entrevista que ele concedeu ao jornal “Valor Econômico”, publicada ontem, contando detalhes dos bastidores da atuação do BC no final de 2008, durante o auge da crise financeira internacional.


Os colegas de Torós no BC e até o presidente do BC, Henrique Meirelles, foram pegos de surpresa com o teor das declarações, que incluiu a divulgação de e-mail trocado entre ele, Meirelles e o diretor de Política Econômica, Mário Mesquita.


A avaliação dentro do BC foi a de que Torós quis agilizar sua saída e aproveitou para mandar recados ao mercado e “distribuir currículo”. A entrevista foi considerada dentro do próprio BC como “arrogante” por ter passado a imagem de que Torós foi o salvador da pátria, e o resto da equipe, apenas figurante, e uma “sacanagem” com Mesquita e Meirelles.


Ontem, o BC não quis comentar oficialmente o assunto. A assessoria de imprensa informou apenas que “as declarações atribuídas ao diretor pelo jornal “Valor Econômico” traduzem uma avaliação de caráter pessoal”.


Mesquita e Antonio Gustavo Matos do Vale, diretor de Liquidações e Desestatização, também devem deixar o cargo após a saída de Torós. Meirelles, que se filiou ao PMDB, deverá sair até o final de março para disputar um cargo nas eleições do ano que vem.

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...