Luxo

>Mercado de Luxo: Loja vende produtos "exóticos" em Cuiabá

Posted on dezembro 6, 2009. Filed under: Cooperativa, Ecoexótic, exóticos, Loja, Luxo, Mercado |

>

Com loja recém-inaugurada, a Ecoexótic, tem produtos feitos a partir de couro de jacaré, cobra, arraia e bucho bovino. O proprietário, Osmar Moreira Monteiro, que também é criador de jacarés em Cuiabá (na saída para Santo Antônio do Leverger), decidiu ampliar o negócio e abriu as portas do espaço há 30 dias. Nas vitrines e nas prateleiras estão expostas peças exclusivas, para diversos bolsos e gostos. Para se ter uma noção, existem bolsas que variam de R$ 400 a R$ 8,7 mil.

Monteiro conta que foram investidos cerca de R$ 230 mil, aplicados na estrutura física e estoque. “Depois de cinco anos criando jacaré, e mandando a pele para fora, decidimos investir na venda de produtos acabados, como bolsas, cintos, carteiras, botas masculinas e femininas, além de sapatos sociais”, diz o empresário ao acrescentar que firmou boas parcerias para colocar o negócio em prática. Ele explica, por exemplo, que algumas peças, de outras grifes, são vendidas no estabelecimento, confeccionadas a partir de pele de cobra e arraia.

A venda é feita a partir de uma espécie de troca entre a fábrica e a empresa dele. Monteiro firma contratos para beneficiamento da pele de jacaré produzida aqui, mas que é processada em outros Estados, como o Rio Grande do Sul. De lá, ele aproveita para trazer essas outras peças e revende em Mato Grosso. “A loja é a única no segmento, que vem se mostrando bastante interessante. É possível agregar valor ao produto, que tem boa aceitação no mercado, já que há pessoas que prestigiam produtos exóticos”.

No criatório, que tem como nome Cooperativa Yacare Ayty, existem atualmente 8 mil animais. Já foram vendidos cerca de 4 mil répteis, cuja transação ocorreu entre 2008 e este ano. “A criação é viável economicamente. O custo é alto e por isso tem de ter boa gestão, manutenção correta para evitar perda de ovos”, diz ao completar que do jacaré se aproveita quase tudo, já que a carne é consumida e a pele é transformada em couro e aplicada em vários produtos.

Para que o negócio dê ainda mais certo, o empresário buscou informações em várias fontes. “Fiz cursos no Sebrae, visitei criatórios, curtumes e fábricas de produtos que usam o couro do jacaré”, informa ao complementar que participou de missões, visitas técnicas e palestras, dentro e fora do Estado. A capacitação foi tamanha que Monteiro está dando consultoria técnica a investidores que estão vindo para Mato Grosso atuar neste segmento. Ele adianta que existem pelo menos dois projetos vindo para o Estado. Fonte: A Gazeta

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...