Mato-grossense

>União é campeão mato-grossense de futebol

Posted on abril 29, 2010. Filed under: campeão, FUTEBOL, Mato-grossense, União, União de Rondonópolis |

>

Depois de disputar a final do campeonato mato-grossense de futebol 9 vezes, sem vencer nenhuma, na noite de quarta-feira, 28 de abril, o União de Rondonópolis conquistou o título de campeão mato-grossense de futebol, ao vencer o Operário de Várzea Grande por 3 a 2.

O Colorado precisava de uma vitória simples e conseguiu fazer o dever de casa, em um jogo truncado e baixa qualidade na arbitragem. Quem deu um show, a parte, foi a torcida do União, que lotou o Estádio Lutero Lopes, em dia histórico para a equipe.

O União marcou 3 gols no primeiro tempo, levando um susto no segundo tempo, pois o Operário marcou 2 gols em 5 minutos. Apesar de susto o União, que se manteve na retranca, conseguiu a vitória.

 Torcida lotou o estádio Luthero Lopes

Com o título na mão, o União será um dos representes do Estado na edição de 2011 da Copa do Brasil.

Gols
O primeiro gol foi marcado logo aos sete minutos de jogo, quando o atacante e artilheiro do União, Valdir Papel, em um chute de longa distância, contando com a colaboração do goleiro do Operário, abriu o placar do jogo.

Aos 24 minutos, o Operário assustou o time da casa marcando um gol, que foi anulado pelo arbitro Jamil Rodrigues de Souza, que apontou impedimento da jogada do Tricolor.

 Logo após o árbitro encerrar o jogo a torcida invate o campo pra comemorar

O segundo gol saiu aos 28 minutos, ainda na primeira etapa, quando Leonardy marcou, gol questionado se a bola, realmente, passou a linha da trave. No final do primeiro tempo, aos 40 minutos, Valdir Papel voltou a “carimbar”, fechando o tempo em 3 a 0 para o União.

Na segunda etapa, o Operário esboçou reação, ao marcar dois gols em cinco minutos, saindo dos pés de Adriano Paulista o primeiro de pênalti e em seguida, de rebote, o gol de Adriano Paraná. Isso aconteceu na casa dos 25 para os 30 minutos de jogo.
Com o resultado o União sagrou-se campeão estadual de 2010.

O ex-governador unionino Blairo Maggi ao lado do atual Silval

 Na história dos confrontos entre o Operário com o União, os números eram favoráveis ao time de Várzea Grande. Entre os anos de 1979 e 2009 os times estiveram juntos em campo 86 vezes sendo 36 vitórias do time várzea-grandense, 31 empates e 19 derrotas para o União, num total de 101 gols marcados pelo Operário e 80 pelo União.

 

Ficha Técnica
União – Samir: Leonardy, Rodrigão, Gabriel, Neguetti e Calado(Raniel); Romeu, Paulo Almeida e Ronaldo Ortega (Leandro Costa); Didi Cearense (Marciano) e Valdir Papel. Técnico- Everton Goiano.

Reservas – Rodrigo, André Luiz, Raniel, Cristian, Marciano, Leandro Costa e Duduzinho.

Operário – Cleberson; Marquinhos (Bento), Jonatan (Jean Carlo), Marcelo Cx.D’água, Adriano Paraná, Daniel, Jamba, Lê (Diego Sales) e Adriano Paulista; Douglas e Eder Grillo. Técnico- Eder Taques.

Reservas – Max, Juninho, Bento, Da Silva, Alex Boi, Diego e Jean Carlo.

Árbitro– Jamil Rodrigues de Souza. Auxiliado por Linconhl Ribeiro Taques e Rilmar Ribeiro Primo.

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Campeonato Mato-grossense de Futebol: Campanha empolga torcida do Barra do Garças

Posted on março 5, 2010. Filed under: Barra do Garças, Campeonato, FUTEBOL, Mato-grossense, torcida, Zeca Costa |

>

Vista aéria da cidade de Barra do Garças que empresta nome ao clube

Luiz Esmael

A diretoria do Barra do Garças está esperando um bom público no estádio Zeca Costa para a partida de abertura do returno do Campeonato Estadual diante do Mixto neste domingo, às 16h (horário de MT). Líder isolado da Chave B com 14 pontos ganhos, o “Galo” da Serra é a grande sensação do torneio ao conquistar quatro vitórias e apenas dois empates – ainda é um dos poucos invictos na disputa.

Dos resultados positivos, destaques às goleadas para cima de dois times favoritos: Mixto e Araguaia caíram de quatro diante da equipe treinada por Toninho Xerife, carioca da gema, mas construiu sua carreira no estado vizinho de Goiás.

Com uma campanha quase perfeita até agora, o Barra têm conseguido algo raro no Mato-grossense: levar uma boa média de torcedor ao velho Zeca Costa. Dados da diretoria do clube, cerca de 1.200 pagantes por jogo disputado em casa. O último, por exemplo, na goleada de 4 a 0 sobre o Araguaia foram quase dois mil pagantes.

Para o duelo deste domingo, a expectativa é levar um número superior o da vitória sobre o Araguaia, atual vice-campeão estadual. Além da boa campanha, a torcida do “Galo” se empolga ainda mais quando se trata de um time tradicional como o Mixto.

Fazendo jus ao apelido, Xerife não quer saber de salto alto. A ordem é respeito ao adversário, que ainda não venceu no torneio.  Fonte: A Gazeta
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...