Mineração

>Dias 21 e 22 de agosto Cuiabá sedia encontro de engenharia civil

Posted on agosto 17, 2010. Filed under: Centro de Eventos do Pantanal, Construção Sustentável, Desenvolvimento Urbano, encontro de engenharia civil, engenharia civil, Meio Ambiente, Mineração |

>

Profissionais de Engenharia, professores e estudantes estarão reunidos em Cuiabá, entre os dias 21 e 22 de agosto, no Centro de Eventos do Pantanal (SEBRAE-MT), para participar do Encontro Nacional de Engenheiros do Brasil. Sob o tema Construção Sustentável e Empreendimentos com Responsabilidade Sócio Ambiental, o evento atrairá pessoas de todo o Brasil, inclusive representantes de estados que já confirmaram sua participação: Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Na ocasião, serão realizadas mesas redondas, debates, discussão da carta de Cuiabá e diagnóstico das ações das Abenc’s (Associação Brasileira de Engenheiros Civis). A programação contemplará temas relacionados a políticas públicas para as pequenas empresas, Importância da fiscalização integrada e desenvolvimento nas construções e o papel dos tecnólogos nas áreas da Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

O Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Archimedes Pereira Lima Neto, afirmou que o objetivo do evento é intensificar o processo de desenvolvimento com sustentabilidade, participando da evolução da Engenharia no Brasil e debatendo temas relevantes, por exemplo, no âmbito da mineração.

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Grupo canadense investirá R$ 224 mi nas cidades de Pontes e Lacerda e Porto Esperidião

Posted on maio 25, 2010. Filed under: emprego, incentivo fiscal, Mato Grosso, Metalurgia, Mineração, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Serra da Borda |

>

A empresa Serra da Borda Mineração e Metalurgia S/A, pertencente ao grupo canadense Yamana Gold, assinou hoje protocolo de intenções com o governo do Estado de Mato Grosso para investimento de R$ 224 milhões nas cidades de Pontes e Lacerda e Porto Esperidião. A meta da empresa é extrair por ano 3,1 toneladas de ouro parcialmente refinado, a partir de 2012.
Vista aéria da cidade de Pontes e Lacerda – MT
Geração de empregos
De acordo com o governo de Mato Grosso, o projeto deve gerar mil empregos na fase de implantação, a partir do segundo semestre. Na fase de operação serão 200 empregos diretos e 500 indiretos. O diretor financeiro da empresa, Adalberto Franco Netto Telles, diz que o apoio do governo mato-grossense, por meio de programa de incentivo fiscal, foi importante na tomada de decisão, além da questão de infraestrutura e mão de obra.
Incentivo fiscal
O secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia de Mato Grosso, Pedro Nadaf, argumentou que os incentivos fiscais concedidos pelo governo são poucos e não geram perda de receita. “Os incentivos são para aquisição de máquinas e equipamentos para implementação do projeto, que tem minas subterrâneas e de afloramento”, explicou
Nos primeiros quatro meses deste ano, o ouro foi o sétimo produto da pauta de exportações de Mato Grosso, com receita de US$ 52,6 milhões, valor 96% superior ao observado em igual período do ano passado.
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>As últimas notícias sobre economia

Posted on março 18, 2010. Filed under: Conquista, Copom, economia, Fiesp, Inflação, leilão, Mineração, taxa de juro, Workshop |

>

Pneus
A Receita Federal e a Polícia Federal deram início à Operação Carcaça, para combater a importação de pneus fabricados na China. A ação ocorre em Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro, para onde foram expedidos 18 mandados de busca e apreensão. As investigações apontam que o produto entra no Brasil pelo Paraguai.
Inflação
Alimentos in natura mais caros levaram à taxa maior do Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) em São Paulo (de 0,81% para 0,87%) entre a primeira e a segunda quadrissemana de março. As fortes chuvas no mês têm prejudicado a produção dos in natura – e, por consequência, reduzido a oferta deste tipo de alimento na capital paulista, na segunda quadrissemana de março.
Mineração
A questão dos royaties da mineração é delicada. A avaliação é do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, ao afirmar que apesar de os valores dos royalties pagos atualmente serem baixos, a carga tributária brasileira é alta, o que dificulta a definição sobre o melhor percentual a ser pago pelas empresas pela exploração.
Leilão
A Petrobras registrou recorde na venda gás natural, no leilão realizado na segunda-feira (15), com a comercialização de 6,87 milhões de metros cúbicos por dia. O deságio médio registrado foi de 47% em relação aos preços dos contratos de longo prazo.
Neste 10º leilão eletrônico, a estatal conseguiu vender o maior volume entre todos os leilões de gás natural já realizados.

Workshop
Nos dias 22 e 23 de março de 2010 será realizado no Centro de Eventos do Pantanal, em Cuiabá, o 2º Workshop de Inovação e Tecnologia de Mato Grosso. Na programação estão palestras, exposições de casos e de experiências empreendedoras, além de pesquisas científicas e mostra de projetos. A entrada é franca e as vagas são limitadas.
Conquista
Três alunos do curso de Robótica Industrial do Senai/MT faturaram a medalha de prata na competição de educação profissional Olimpíada do Conhecimento. O evento ocorreu entre 8 e 14 deste mês, no Rio de Janeiro.
Comitê mantém taxa de juro em 8,75% pela 5ª vez seguida


O comunicado divulgado logo após a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) de manter o juro básico da economia em 8,75% ao ano trouxe pouca alteração em relação ao comunicado de janeiro. O texto de março diz que os diretores do BC vão “monitorar atentamente a evolução do cenário macroeconômico” até sua próxima reunião. Em janeiro, o comunicado citava que o comitê iria “acompanhar a evolução do cenário”. Foi a quinta reunião seguida que o Copom manteve a taxa básica em 8,75%.
O texto divulgado nesta quarta-feira(17), porém, pode indicar mudança para breve no patamar do juro. O placar dividido – 5 votos pela estabilidade do juro e 3 votos pela elevação da taxa Selic em 0,50 ponto -pode sinalizar que a taxa Selic subirá no curto prazo, provavelmente no encontro de abril do Copom que acontece nos dias 27 e 28 do próximo mês. A ata da reunião que terminou ontem será divulgada na próxima quinta-feira, 25 de março.
Fiesp – O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, avaliou que a manutenção da taxa básica de juros em 8,75% ao ano, decidida pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central na quarta-feira, “é uma demonstração de respeito à produção, ao crescimento, ao emprego e, acima de tudo, ao Brasil”. Em nota, Skaf reiterou que acredita que o Banco Central tem condições de, em vez de elevar, reduzir a Selic. “Precisamos estar unidos, governo e sociedade, nesse momento em que ainda saímos de uma grave crise internacional. O governo foi sensível ao nosso apelo, baseado em concreta argumentação técnica, e renovou as condições de crescimento, com a natural geração de novos empregos. Ganham todos, em especial o Brasil”, disse. “Prevaleceu o bom senso”.
Fonte: A Gazeta
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...