Ônibus

>Venda de veículos bate record em julho

Posted on agosto 2, 2010. Filed under: automóveis, Ônibus, caminhões, comerciais leves, licenciamentos, Venda de veículos |

>

As empresas montadoras de veículos divulgaram que as vendas tiveram um crescimento de 6% em julho, dados confrontados no mesmo intervalo de 2009. Foi batido um record para o mês, que emplacou 302.400 unidades.
Já no confronto com junho, os licenciamentos de automóveis, comerciais leves, ônibus e caminhões cresceram 15,1%.
As montadoras registram uma nova marca também no acumulado de janeiro a julho, com o emplacamento de 1,88 milhão unidades, o que representa um acréscimo de 8,5% sobre igual período em 2009, que detinha o recorde até então.
Financiamento
Após um ano e meio sem elevação, a taxa de juros para financiamento de automóveis e comerciais leves subiu em maio, para 1,43% ao mês, refletindo o aumento da Selic no final de abril, segundo os dados mais recentes divulgados pela Anef (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras).
Entre janeiro e abril, a taxa tinha sido de 1,40% para empréstimos por meio do CDC (Crédito Direto ao Consumidor) para veículos novos e usados. Considerando todo o mercado –não só bancos de montadoras–, os juros subiram de 1,78% para 1,86%, após seis meses sem alta.
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>A importância de uma viagem

Posted on julho 27, 2010. Filed under: Araputanga, avião, Ônibus, Lourembergue Alves, rodeios, shows, tradição, viagem, viajar |

> Por Lourembergue Alves

Viajar é necessário. Importante, inclusive, para avaliar melhor o posicionamento que se tem referente a um determinado lugar. Vale bem mais que uma aula, e, dependendo de tal aula, serve-a como complemento. Ainda que a dita viagem tenha sido também motivada pela atividade profissional. Esta, evidentemente, se soma àquela, cujo resultado é sempre positivo. Mesmo que se valha de ônibus para cortar o Oeste mato-grossense, pela MT-343.
Foram mais de cinco horas, e outras tantas de volta. Preso à poltrona. Apenas tendo como único conforto a companhia ao lado, que se dedicou a preencher o tempo com uma conversa agradável. Os assuntos eram os mais variados, desde uma boa leitura até as ingênuas piadas. Se bem que estas últimas ficavam a cargo de um ou outro passageiro, acomodado nas vizinhanças.
Assim, quase não se viu as horas passarem, nem a fotografia de uma mesma paisagem, exceto quando ocorriam as paradas obrigatórias e necessárias, até para que os passageiros pudessem esticar as pernas e beliscar alguns petiscos. Não sem antes se assustarem com os preços. São “os olhos da cara”.
De todo modo, valeu a pena ter ido. Araputanga é uma cidade extraordinária. Não apresenta o trânsito, nem o corre-corre da Capital do Estado. Lá tudo é muito pertinho. Igrejas, farmácias, bares, quiosques, restaurantes e a delegacia compõem o cenário paisagístico. Cada um deles ligados entre si por ruas largas e bem cortadas, e tem como pano de fundo duas praças, onde se pode encontrar crianças e adultos esparramados pelos bancos, caprichosamente, distribuídos. Só, por último, se notou o enorme lago, nas imediações da escola.
Somente o calor se assemelha bastante com Cuiabá. 33 a 36 graus. Certamente, por isso, se percebe certo cuidado com as árvores. Cuidado ainda bastante acanhado. Pois o clima reinante obriga as pessoas a se atentarem mais e mais com o verde. Cor que muda o ambiente e o torna bem alegre. Colorindo, portanto, os traços citadinos, contrariando o avermelhado da madeira que emprestou o nome a cidade, bastante apreciada para fabricação de móveis, embora em franco processo de extinção.
É nesse sentido que a cidade cresce. Cresce em ritmo acelerado, dentro do planejamento possível. Próprio de sua riqueza. Uma riqueza gerada no seio da agropecuária. Atividade econômica relevante, inclusive para os demais municípios da região, e que se estende a todo o Estado.
Nesse sentido, é muitíssimo valiosa a viagem para Araputanga. Particularmente no período das festas “queima do alho”, rodeios e shows. Tradição mantida, inclusive, nos demais municípios da região.

Lourembergue Alves é professor universitário e articulista. E-mail: lou.alves@uol.com.br

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Brasnorte: Prefeito é condenado pelo TCE devolver R$ 2 milhões por licitação e compra de ônibus escolar sucateado

Posted on maio 18, 2010. Filed under: Ônibus, ônibus escolar, Brasnorte, sucateado, TCE |

>

   O prefeito de Brasnorte, Mauro Rui Heisler (PR), foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) a restituir, com recursos próprios, quase R$ 2 milhões aos cofres públicos. Ele havia sido condenado em 2009 e ingressou com recurso. O relator, conselheiro Campos Neto, decidiu manter a decisão.

O processo foi motivado pela denúncia formulada em 2008 pelo vereador Gilberto Marcelo Bazzan (PSDB), o Betinho, que suspeitou do processo licitatório para aquisição de ônibus escolar. “Ele estava pagando R$ 2,2 milhões em algo que não deveria custar mais do que R$ 800 mil, então resolvi denunciar”, explica.
 

Mesmo diante do recurso, o autor da denúncia disse que estava confiante quanto à condenação. Segundo a chefia de gabinete da Prefeitura de Brasnorte, o prefeito está em viagem e não pode atender o celular.


Vereador Betinho denuncia que prefeito Mauro Heisler pagou R$ 2 milhões 
por ônibus sucateados em Brasnorte
Fonte: RDNews
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Ônibus do Palmeiras sofre emboscada e pedradas na volta a SP

Posted on novembro 29, 2009. Filed under: Ônibus, emboscada, FUTEBOL, gol, PALMEIRAS, pedradas |

>

O ônibus que levava a delegação do Palmeiras de volta a São Paulo, após quatro dias treinando na cidade de Itu, sofreu uma emboscada neste sábado, por volta das 17h30, na saída da Rodovia Castelo Branco. O ônibus ficou danificado, mas ninguém sofreu ferimentos.


De acordo com o site oficial do clube paulistano, cerca de 15 pessoas, sem nenhuma identificação com clubes ou torcidas organizadas, atiraram pedras contra o veículo.


O clube ressaltou ainda que não registrou boletim de ocorrência devido à ausência de feridos.

“Foi só um susto, mas um fato lamentável”, disse o gerente de futebol do clube, Toninho Cecílio, em entrevista ao Sportv.


O veículo que levava a delegação palmeirense não tinha nenhuma identificação do clube. Como a diretoria palmeirense já havia adiantado, o novo ônibus do Palmeiras, com desenhos, símbolos e cores alviverdes, só será utilizado em trajetos que não ofereçam riscos à delegação.


O Palmeiras volta a campo neste domingo, quando encara o Atlético-MG, às 17h (horário de Brasília), no Parque Antarctica. Sem vencer há quatro jogos, a equipe palmeirense despencou na tabela e hoje ocupa a quarta colocação, com 59 pontos –três a menos que o líder São Paulo.


O Atlético-MG, que ainda sonha com uma vaga na Taça Libertadores-2010, é o quinto colocado, com 56 pontos. Fonte: Folha Online

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...