Política Monetária

>Sai diretor de Política Monetária do Banco Central e é substituido por Aldo Mendes

Posted on novembro 17, 2009. Filed under: Banco Central, entrevista, Finanças, Henrique Meirelles, Mercado de Capitais, Política Monetária |

>

O Banco Central confirmou na noite desta segunda-feira a saída de Mário Torós do cargo de diretor de Política Monetária e a indicação de Aldo Luis Mendes, atual presidente da seguradora Aliança do Brasil, para a função.

“O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, encaminhará ao Presidente da República a recomendação da indicação do nome de Aldo Luiz Mendes, 51, para ocupar o cargo de diretor de Política Monetária”, diz o comunicado do BC, ressaltando que Torós pediu para sair do BC “por motivos pessoais” após dois anos.

A situação do diretor de Torós no cargo tornou-se “insustentável”, na avaliação de uma alta fonte do governo que pediu para não ser identificada, após o diretor dar uma entrevista ao jornal “Valor Econômico” em que detalhou os bastidores da atuação do Banco Central durante o ápice da crise financeira, no final do ano passado.

Na entrevista, Torós citou que um dos principais problemas foi uma corrida bancária no país e detalhou as atuações do BC no mercado de câmbio para conter o que classificou de ataque especulativo. Já havia rumores no mercado de que Torós tinha intenção de deixar o BC.

Antes de presidir a Aliança do Brasil, Mendes passou oito anos na diretoria do Banco do Brasil. Neste período, ocupou as funções de diretor de Finanças, diretor de mercado de capitais e vice-presidente de Finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores. Ele também já exerceu o cargo de vice-presidente da Andima (Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro) e integrou os conselhos de administração da BM&F e da CPI (Central Interbancária de Pagamentos). Fonte: Folha de S. Paulo

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...