Prostituição

>Prostituição e drogas: Falta disposição da Polícia

Posted on junho 7, 2010. Filed under: BR-364, drogas, Polícia Militar, Prostituição, tráfico |

>

A prostituição e tráfico de drogas sempre estiveram presentes ao longo das rodovias que levam a outros Estados. Não é diferente o que acontece às margens da BR-364, onde vários casos já foram comprovados e pouco se faz para acabar com o velho problema, por sinal bastante conhecido da polícia.
Vários casos são conhecidos. Um dos mais cruéis de prostituição foi registrado em junho de 2007, quando o vendedor Rolindo Rojas Moreira, 48, foi preso acusado de explorar sexualmente de 3 dos 9 filhos, com idades de 10, 12 e 15 anos. Ele e a mulher foram presos. 
Cinco meses depois Rolindo foi liberado graças a um habeas corpus.
O esquema de prostituição dele tinha como base a região de um posto. Nessa região há vários bares que favorecem a prostituição de mulheres, adolescentes e travestis, além do sistema de tráfico “delivery”, a cargo de mototaxistas que atuam 24 horas na região.
Como se vê a situação é de total conhecimento das autoridades policiais e sabe-se inclusive que há indícios de que o local é um dos pontos de arregimentação para o tráfico internacional de mulheres. Isso já foi diagnosticado pela Polícia. Mas, apesar dos flagrantes frequentes e até das prisões, a área ampla, isolada e pouco iluminada continua desprovida de policiamento. 
Algumas das investigações realizadas no ano de 2007 concluíram que muitos menores se prostituíam entre os caminhoneiros que utilizam o posto como ponto de parada. A Delegacia de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), assegura que tem feito atendimentos pontuais, quando os casos são denunciados. Não são apenas de prostituição de adolescentes, mas até de trabalho infantil. Mas apesar das denúncias, flagrar a situação de crime é muito difícil.
A Polícia tem todo o mapeamento da prostituição e tráfico nessa região. Portanto, é necessário uma ação mais eficaz no sentido de acabar com essa situação. É evidente que trata-se de um, problema de difícil solução, porém a partir do momento que se chegar aos homens que comandam esse esquema, certamente será possível combater com mais eficiência os crimes que hoje ocorrem abertamente naquela região, como outras onde os mesmos crimes acontecem.
Passa da hora da Polícia Militar desencadear uma operação para combater a prostituição infantil que todos sabem ocorrem às margens da BR-364, bem como o tráfico de drogas. Se o problema é conhecido, se os crimes ocorrem abertamente, o que falta é determinação para combater os criminosos e tirar menores que hoje são exploradas.
Não são necessárias tantas novas investigações sobre os crimes lá cometidos. Basta ir ao local e comprovar os crimes. Enfim, uma ação mais efetiva da Polícia Militar e também da Polícia Civil precisa ser feita com urgência. Do contrário, a prostituição e tráfico de drogas continuarão reinando às margens da conhecida BR-364. Fonte: Editorial de A Gazeta

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...