Publicidade

>Painel Político

Posted on julho 10, 2010. Filed under: Espírito Santo, José Serra, Manaus, pão, Promessa, Publicidade, Vila Velha, vitória |

>

Promessa 
Em campanha no Espírito Santo, o candidato à Presidência da República pelo PSDB, José Serra, disse que, se eleito, não vai permitir a alteração do sistema de pagamento de royalties de petróleo e participações especiais. A polêmica medida atinge principalmente o Rio de Janeiro e Espírito Santo, os dois maiores produtores de petróleo do país.
Ameaça 
 Serra, que vinha sendo reticente sobre o assunto, dessa vez foi taxativo: “Essa ameaça permanente de tirar recursos do Espírito Santo, que é uma região produtora de petróleo, tirar os recursos dos royalties e acabar com a participação especial não vai acontecer”, afirmou Serra, após fazer corpo a corpo na cidade de Vila Velha, Região Metropolitana de Vitória. “Ano que vem, isso não vai mais acontecer. Esse fator de incerteza e angústia vai desaparecer e o Espírito Santo vai poder trabalhar bem na direção de seu progresso”.
Pão
A publicidade do governo estadual em milhares de sacos de pão, distribuídos no início de junho às padarias de Manaus, não constituiu propaganda eleitoral antecipada do governador Omar Aziz (PMN), candidato à reeleição. A conclusão foi do juiz eleitoral Wellington José de Oliveira, que rejeitou hoje denúncia do Ministério Público Eleitoral feita no dia 9 de junho. Para o juiz, a divulgação tinha caráter informativo sobre programas sociais do governo do Estado e não havia nela qualquer conotação eleitoral.

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Presidência da República renova com agência de publicidade por R$ 150 milhões

Posted on março 5, 2010. Filed under: Lula, Matisse, Paulo de Tarso, presidência da república, Publicidade, publicitário, Secom |

>

<!– function paginaSlideShow226313(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

A Secretaria de Comunicação da Presidência da República renovou, por mais um ano, o contrato com a agência Matisse para a prestação de serviços de publicidade. A renovação contratual saiu pela bagatela de R$ 150 milhões. A presidente da Matisse, Dalva Fazzio, aproveitou para também anunciar que Paulo de Tarso, o publicitário responsável pelas campanhas de Lula em 1989 e 1994 e criador do jingle “Lula lá”, não é mais sócio da agência. Além da Secom, a Matisse também é dona da conta do Banco do Brasil.

 

 

Chile: ONU anuncia ajuda de US$ 10 mi

<!– function paginaSlideShow226328(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, anunciou nesta sexta (5) uma ajuda de US$ 10 milhões para a reconstrução das áreas devastadas pelo terremoto que atingiu o centro-sul do Chile na madrugada do último sábado. Segundo a agência Ansa, a informação foi dada após um encontro de uma hora mantido por Ban Ki-moon com a presidente Michelle Bachelet no Palácio de La Moneda, sede do governo chileno.

 

Defesa de Arruda deve pedir novo HC

A defesa do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda, deve apresentar ao Supremo Tribunal Federal um novo pedido de habeas corpus. Ontem (4), por nove votos a um, o Supremo decidiu manter Arruda preso. O advogado Nélio Machado disse que o tribunal agiu de forma “emocional” e que as acusações contra seu cliente são uma “fantasia” e nasceram de uma “história delirante” elaboradas pelo Ministério Público Federal. O governador afastado está preso desde o dia 11 acusado de subornar uma testemunha do caso DEMsalão.

 

OCDE diz que Brasil perdeu força

<!– function paginaSlideShow226321(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico divulgou nesta sexta (5) dados que comprovam que a recuperação econômica do Brasil perdeu força em janeiro. O chamado indicador composto avançado, que marca os pontos de inflexão no andamento da conjuntura econômica, registrou no Brasil piora de 0,2% frente a dezembro, mas se manteve 14,2% acima do nível mostrado em janeiro de 2009.

 

STJ envia pedido à Câmara do DF para abrir processo contra Arruda

<!– function paginaSlideShow226324(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O Superior Tribunal de Justiça enviou à Câmara Legislativa do Distrito Federal um pedido para que os parlamentares abram processo contra o governador afastado, José Roberto Arruda, pela tentativa de subornar uma testemunha do caso do mensalão do DEM, em Brasília. O STJ é obrigado a fazer o pedido, já que, segundo a Lei Orgânica do DF, cabe ao Legislativo estadual pedir à Justiça que processe a autoridade envolvida em denúncia. O pedido não influencia o atual encarceramento de Arruda, preso preventivamente para não interferir no inquérito do STJ.

 

Lula licença de campanha é ‘descabida’

<!– function paginaSlideShow226318(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O presidente Lula disse nesta sexta (5) que não há hipótese de se licenciar do cargo para ajudar na campanha da ministra-candidata Dilma Rousseff. Segundo ele, seria uma “coisa descabida e irresponsável”. O jornal ‘O Globo’ disse nesta semana que Lula pretendia se afastar de suas funções entre os meses de agosto e setembro para não ter problemas com a Justiça Eleitoral. Lula classificou a reportagem como “mentirosa”.

 

Lula atacará FHC na campanha

<!– function paginaSlideShow226307(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O presidente Lula prometeu nesta sexta (5) que uma das estratégias da campanha da ministra-candidata Dilma Rousseff será comparar as realizações de seu governo com as do governo anterior, de Fernando Henrique Cardoso. Segundo ele, será uma “confrontação programática entre duas eras”. Segundo o presidente, aquilo que cada governo tiver feito melhor irá aparecer, uma vez que os números “não mentem”. E ainda avisou: “quem vier governar depois de mim não pode mais pensar pequeno”.

 

Virgílio elogia aprovação da ficha limpa

<!– function paginaSlideShow226306(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), elogiou nesta sexta (5) a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de disponibilizar na internet a relação de candidatos que respondem a processos na Justiça. Segundo ele, a medida abre oportunidade para o eleitor saber em quem está votando. O senador observou ainda que um candidato que responde a processos pode não ter sofrido condenação irrecorrível, mas o eleitor terá elementos para fazer seu próprio julgamento e votar em quem tenha ficha limpa.

 

DF: Arruda será notificado às 17h

<!– function paginaSlideShow226303(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O deputado distrital Batista das Cooperativas (PRP), líder do governo na Câmara Legislativa do DF, tem encontro marcado com o governador afastado José Roberto Arruda (ex-DEM) às 17h desta sexta-feira para notificá-lo sobre o processo de impeachment. A partir da notificação, Arruda terá 20 dias para apresentar sua defesa no caso do “mensalão do DEM”.

 

DF: Wilson exonera cinco do DEMsalão

Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr GOVERNADOR INTERINO DO DF, WILSON LIMA

<!– function paginaSlideShow226305(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O governador interino do Distrito Federal, Wilson Lima (PR), exonerou nesta sexta (5) cinco integrantes do governo acusados de envolvimento no suposto esquema de corrupção no DF, o DEMsalão. Foram exonerados os secretários José Geraldo Maciel (Casa Civil) e José Luiz Valente (Educação), além de Fábio Simão (chefe de gabinete de Arruda), Omézio Pontes (assessor de imprensa) e Gibrail Gebrim (chefe da unidade de administração da Secretaria de Educação). O ato foi publicado hoje pelo “Diário Oficial” do Distrito Federal.

Sponholz

PCdoB-SP lança Netinho ao Senado

<!– function paginaSlideShow226298(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–>

O PCdoB decidiu lançar o apresentador de tevê e vereador Netinho de Paula ao Senado Federal. “Trata-se de uma decisão unânime e irreversível da direção do partido. Queremos que ele seja o candidato da frente em São Paulo. O bloco precisa se manter unido”, diz Nádia Campeão, presidente estadual do PCdoB. A decisão foi tomada em reunião no começo da semana. Fonte: claudiohumberto
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Eleição 2010: Mauro Mendes contrata marqueteiro

Posted on janeiro 12, 2010. Filed under: campanha eleitoral, candidato a governador de MT, candidatura, Eleição 2010, Fiemt, marqueteiro, Mauro Mendes, Publicidade, Rondonópolis |

>

O empresário e presidente da Fiemt, Mauro Mendes (PSB), que publicamente não assume a candidatura, praticamente já tem um marqueteiro para conduzir a disputa eleitoral que tem forte apelo por causa dos programas eleitorais em rede de rádio e televisão através do horário eleitoral gratuito. O PSB é da base aliada do governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR). .

Por sugestão do deputado e presidente do PPS, Percival Muniz, Mendes já teria formalizado um acordo com Léo Pereira da Verbo Publicidade, de Goiânia (GO).


Léo Pereira, inclusive, fez a campanha à reeleição em Rondonópolis de Percival Muniz no ano de 2000, daí o vinculo político com o parlamentar que hoje é um dos principais articuladores e incentivadores da eventual campanha eleitoral de Mauro Mendes pelo PSB neste ano e que já conta com o apoio de uma série de partidos de esquerda e nos bastidores tenta cooptar um grande partido para reforçar a pré-candidatura até que a mesma esteja consolidada.


Mesmo sendo de outro Estado, Léo Pereira teria conhecimento da realidade política de Mato Grosso, além de um conhecimento macro de todo o Centro-Oeste.


Inclusive o PSB prepara para o final deste mês uma caravana pelo interior do Estado para apresentar o empresário Mauro Mendes como candidato ao governo do Estado. A caravana deve contar com a presença de políticos de peso que assinaram ficha de filiação ao partido nos últimos meses, além dos 42 pré-candidatos a deputado estadual.


Segundo o presidente do partido, deputado federal Valtenir Pereira, os detalhes da visita aos municípios serão discutidos durante uma reunião na quinta-feira de manhã, na sede do diretório estadual.


“Estou de férias com minha família e quando retornar, no dia 26, vou percorrer o Estado junto com meus companheiros”, confirmou Mauro Mendes, por telefone, ao destacar que ele quer conhecer de perto a realidade de Mato Grosso.


Mendes inclusive se licenciou da presidência da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), até o próximo dia 26, quando será substituído pelo vice-presidente, o empresário Jandir Milan. Como presidente da instituição, Mauro Mendes tem feito reuniões em vários municípios do Estado pregando alternativas melhores de gestão e defendendo uma tese que muito encanta empresários e comerciantes, que é a redução de impostos públicos para fomentar o desenvolvimento.

Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...