Sedtur

>Qualificar para receber bem

Posted on setembro 25, 2010. Filed under: Copa do mundo em Cuiabá, cursos, economia, Lazer, mão-de-obra, profissões, qualificação, Qualificar, Sedtur, turistaCopa do Mundo |

>Por Oiran Gutierrez*

Copa do Mundo em Cuiabá – Muitas iniciativas estão sendo tomadas para a qualificação de profissionais ligados a atividades turísticas, além de algumas ações que marcam um planejamento e oferta de serviços com mais qualidade visando à Copa do Mundo. Consideramos que o fundamental é um programa de qualificação com o objetivo de fortalecer geração de emprego e renda, não somente na Capital, mas também nos municípios com potencial turístico.
Destacamos o trabalho da Sedtur e de outras instituições que já estão oferecendo cursos de camareira, recepção e gerenciamento no setor hoteleiro, além de outras profissões. 
Ressaltamos que a responsabilidade é de todos os órgãos envolvidos com o turismo, seja público ou a iniciativa privada. As regiões são dotadas de belezas naturais e pontos turísticos que necessitam de mão-de-obra qualificada, isto em qualquer temporada. Não basta pensar somente na Copa daqui a quatro anos, temos uma demanda de visitantes em todos os meses do ano, tanto turista nacional quanto do exterior. Ainda deparamos com problemas no atendimento ao turista em pousadas e hotéis, como também em restaurantes, bares e demais locais de lazer do turista.
A preocupação do trade é exatamente com o receptivo. O processo de qualificação não acompanha o aumento da demanda no setor turístico. Nossa expectativa é que a Copa transforme a economia de várias cidades e traga benefícios. A preparação com a qualificação de mão-de-obra, certamente deve melhorar as regiões. A população começa a sentir a mudança na qualidade de vida à medida que se oferece a ela oportunidades de mudança, seja em obras no município, como também os serviços. É importante frisar que tudo que for realizado ficará para as cidades após o evento em 2014. Esperamos que a Copa deixe um grande legado de desenvolvimento para as cidades e principalmente satisfação aos munícipes.

*Oiran Gutierrez é presidente do Sindicato das Empresas de Turismo de Mato Grosso Sindetur
Fonte: A Gazeta

Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Os brasileiros ficaram em quarto lugar entre os visitantes estrangeiros que mais gastaram na Copa 2010 da África do Sul, totalizando US$ 13,4 milhões

Posted on julho 15, 2010. Filed under: Alta Floresta, Caged, cartões de crédito, compras, Consumo, Copa do Mundo, empregos, Expomov, malha fina, Sedtur, Visa |

>

Gastos na Copa – Os cartões de crédito da bandeira Visa movimentaram US$ 312 milhões na África do Sul durante a Copa do Mundo. Os brasileiros ficaram em quarto lugar entre os visitantes estrangeiros que mais gastaram, totalizando US$ 13,4 milhões, ou 4,2% do total. Os que mais gastaram foram os americanos, com 19,05% do valor total, seguidos pelos ingleses (19,03%) e australianos (4,7%).
Expomov – A 6ª Feira de Móveis, Máquinas e Equipamentos para Indústria Moveleira de Mato Grosso (Expomov), em Alta Floresta, gerou expectativa de negócios de R$ 3,869 milhões no médio prazo. Nos dois dias do Encontro de Negócios da feira no final de semana passada foram efetivadas vendas de R$ 251,5 mil. A feira foi uma iniciativa do Sebrae-MT, em parceria com vários sindicatos do setor.
Cadastur – Equipe da Sedtur visita esta semana empreendimentos turísticos de Sinop para elevar o número de empresas e profissionais registrado no Cadastur. Nos próximos dias será a vez de Ponte Branca e Alto Araguaia.
Consumo 1 – A inadimplência dos consumidores deve crescer no segundo semestre, segundo projeções da Serasa Experian. Em maio, o indicador de Perspectiva de Inadimplência do Consumidor registrou alta de 0,3% em relação a abril, atingindo o patamar de 98,6.
Consumo 2 – Pela metodologia utilizada, em um horizonte médio de 6 meses, as oscilações cíclicas da inadimplência. Níveis abaixo de 100 indicam que, a inadimplência do consumidor não deve atingir patamares críticos.
Empregos – O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) divulga hoje (15) os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, Caged. Segundo o ministro Carlos Lupi, o semestre deve fechar com quase 1,5 milhão de empregos gerados. A estimativa é que a criação de vagas formais chegue a 2,5 milhões em 2010.
Limitação – Lupi nega que a oferta de emprego esteja parada. No momento, segundo ele, há sazonalidades que limitam a abertura de vagas nas áreas da educação e da agricultura, o que não quer dizer que o emprego não cresça.
Malha fina – Contribuintes que estavam na malha fina há 5 anos vão acertar as contas com o Fisco. Hoje (15), a Receita abre a consulta ao lote residual do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2005. Ao todo, 117 contribuintes receberão restituição de R$ 341,1 mil, e 222 pessoas físicas terão imposto a pagar (R$ 648,8 mil)
Compras – O índice que mede a intenção de compra dos consumidores paulistanos no terceiro trimestre deste ano subiu de 74,6 % no segundo trimestre para 75,6%, conforme pesquisa trimestral de intenção de compras divulgada pelo Programa de Administração do Varejo (Provar) da Fundação Instituto de Administração (Fia).
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Fuxo de passageiro no Aeroporto de Cuiabá tem aumento de 23,5%

Posted on fevereiro 20, 2010. Filed under: Aeroporto de Cuiabá, aeroporto Marechal Rondon, Anac, Fuxo de passageiro, Sedtur, Turismo de Mato Grosso |

>

Percentual de incremento corresponde à diferença na quantidade de viajantes registrada no período entre 2002 e 2009, em Mato Grosso

Voos domésticos abocanham quase a totalidade do movimento observado em Mato Grosso, ficando com 99%


O aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, registrou recorde no fluxo de passageiros nos últimos 8 anos, saltando de 747,824 mil viajantes em 2002, para 1,671 milhão no ano passado, alta expressiva de 123,54%. O número inclui embarques e desembarques de vôos nacionais e internacionais. O desempenho do Estado acompanha a performance ascendente registrada no país, nos últimos anos, porém com crescimento acima da média nacional.

Entre dezembro de 2008 e dezembro de 2009, os embarques e desembarques registraram 18% de incremento no Estado, enquanto que a média no Brasil, no mesmo período, foi de 14,6%. De acordo com avaliação feita pelo Ministério do Turismo são os melhores resultados da série histórica. Para a secretária de Desenvolvimento do Turismo do Estado, Sedtur, Vanice Marques, os números apontam Cuiabá como importante destino indutor do turismo de Mato Grosso, que vem ganhando mais força para se consolidar também como polo de turismo de eventos e negócios do Brasil.


Por conta disso, a Fundação Getúlio Vargas foi contratada para a elaboração do Plano Diretor de Turismo de Mato Grosso. “Organizar o setor para que possa se fortalecer gera ganhos sociais a uma cadeia imensa, pois são trabalhadores mais qualificados que atendem melhor quem aqui chega e traz resultados positivos para todos os segmentos”, explica a secretária de Turismo.


De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) o aumento de passageiros nos aeroportos foi favorecido, em todo país, por conta do preço das passagens aéreas que, em 2009 foi a mais barata dos últimos 8 anos. O estudo divulgado nesta sexta-feira (19) aponta


que a média paga por passageiro foi de R$ 0,48 por quilômetro voado. Segundo a Anac, esse valor é 27,6% mais baixo do que o registrado em 2008, que foi de R$ 0,66 por quilômetro voado, e de 39,2% em relação a 2003, o mais alto do período (R$ 0,78).


A Anac informa que o preço médio da tarifa nos vôos domésticos foi de R$ 321,28 no ano passado. Quando atualizado, esse valor é também o menor desde 2002. Em dezembro, quando a tarifa média foi de R$ 300,59, o aumento da concorrência fez com que o preço por quilômetro voado fosse de R$ 0,44, valor abaixo do registrado em novembro (R$ 0,49).


A queda de preços foi acompanhada por um aumento de 17,7% na demanda por vôos domésticos em todo país. Em Mato Grosso, eles representaram em 2009, 99% da demanda. Os passageiros que procuraram os vôos internacionais somaram apenas 960 viajantes. Para a gerente da Águia Turismo, Sheila Fortunato, a procura por passagens aéreas aumentou 30% no ano passado em relação a 2008. Segundo ela, a concorrência entre as companhias aéreas ajudou a fazer com que os preços fossem mais competitivos. “Com a entrada de pequenas companhias, essa situação melhorou”.


A queda nos valores, segundo a Anac, chegou a cerca de 28%. Há 2 anos, as duas maiores companhias brasileiras já chegaram a ter mais de 90% do mercado de vôos domésticos. Atualmente, elas têm 84%, já que as empresas de menor porte estão ampliando sua participação, segundo dados da Anac. Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...