Varejo

>Magazine Luiza fecha negócio de 290 milhões de reais e compra Lojas Maia

Posted on julho 17, 2010. Filed under: lojas maia, magazine luiza, Nordeste, Ponto Frio, Varejo |

>

Magazine Luiza Com a compra, o Magazine Luiza encerraria o ano com faturamento de 5,7 bilhões de reais (Agência Estado)

Valor do negócio será de 290 milhões de reais

 O Magazine Luiza fechou a compra da rede paraibana Lojas Maia. Segundo a  Exame apurou, a venda foi acertada na madrugada desta sexta-feira (16/7), no escritório de advocacia Demarest & Almeida, em São Paulo. O valor do negócio será de 290 milhões de reais. Dessa quantia, cerca de metade será paga em dinheiro, e o restante corresponde à assunção de dívidas. O pagamento será feito até a primeira semana de agosto.

A aquisição marca a entrada do Magazine Luiza no Nordeste. Fundada em Patos (PB), em 1959, a Lojas Maia conta atualmente com 140 lojas em nove estados da região: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe. A expectativa é que a rede fature, neste ano, 700 milhões de reais. Com isso, o Magazine Luiza encerraria o ano com faturamento de 5,7 bilhões de reais.

A compra da Lojas Maia é o primeiro movimento concreto do Magazine para reagir à forte consolidação do setor de varejo. Desde meados do ano passado, quando o Pão de Açúcar iniciou uma impressionante investida sobre o setor, comprando o Ponto Frio e associando-se, meses depois, à Casas Bahia, o Magazine vem perdendo posições. A criação da Máquina de Vendas, união entre Ricardo Eletro e Insinuante e, agora, City Lar, deu origem à segunda maior varejista do país, com faturamento estimado em 6,1 bilhões de reais neste ano. O Magazine Luiza foi, assim, ficando para trás.

A empresa já havia perdido a disputa pelo Ponto Frio e alguns observadores consideravam que a empresa corria o risco de se tornar alvo dos concorrentes. Agora, a entrada no Nordeste pode dar um novo fôlego à rede.

Fonte: Exame


Anúncios
Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Síntese econômica: Fusão cria a Máquina de Vendas

Posted on março 30, 2010. Filed under: emprego, Insinuante, Ricardo Eletro, Síntese econômica, Varejo |

>Fusão

A empresa resultante da fusão das redes de varejo Ricardo Eletro e da Insinuante, chamará Máquina de Vendas. Estimativa é faturar R$ 10 bilhões nos próximos 4 anos, dobrando o faturamento atual das duas companhias, de R$ 5 bilhões. A marca Insinuante será a bandeira das regiões Nordeste e Norte do país enquanto a Ricardo Eletro será utilizada no Centro Oeste e Sudeste. O número de lojas deverá 528 para mil.

Emprego

O número de empregados na construção civil atingiu novo recorde em janeiro, com crescimento de 2,55% em relação a dezembro, somando 2,519 milhões de trabalhadores, de acordo com o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) e da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Foram contratados 62,755 mil trabalhadores.



Negativo

A balança comercial da indústria brasileira de fios e cabos e produtos semimanufaturados inicia 2010 negativa. O setor do cobre importou US$ 124 milhões e exportou US$ 67 milhões para mercados externos, déficit de US$ 56 mi.

Vendas

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) calcula que a missão empresarial Peru-Colômbia, que terminou na semana passada, tenha gerado negócios imediatos de US$ 2,375 milhões para os empresários participantes. Os negócios futuros previstos chegam a US$ 24 milhões.

Inauguração

A Nativ Pescados inaugura hoje a unidade em Sorriso. A empresa atua em toda a cadeia produtiva, desde a produção até a comercialização. A projeção é que a empresa fature R$ 36 mi em 2010, R$ 63 mi em 2011 e R$ 84 mi em 2012. Atualmente são 257 colaboradores com a previsão de 440 empregos diretos e 1,320 mil indiretos até 2012.

Milho

Cerca de 46 mil pequenos criadores e microindústrias de 21 estados adquiriram diretamente da Conab, em 2009, por meio do Vendas em Balcão, 158,1 mil (t) de milho. O programa visa estimular a manutenção de plantéis, com a comercialização de grãos destinados à ração animal. O produto é de estoques públicos, formados com recursos da Política de Garantia de Preços Mínimos.

Páscoa

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Ibedec) orienta o consumidor para a compra de ovos de Páscoa: Antes de comprar produtos de fabricação caseira aconselha-se degustar, verificar a higiene do local. Já os industrializados é necessário que seja feita pesquisa de preço, pois pode haver variação significativa. E no pós-páscoa verificar se realmente há desconto nos ovos quebrados.

Consumo de gás natural cresce 15,95%

<!– function paginaSlideShow228912(id, num) { var index = -1; for (var i = 1; i<10; i++) { try { if (document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display == "") { index = i; } document.getElementById("img_" +id+ "_" +i).style.display = 'none'; document.getElementById("link_" +id+ "_" +i).style.fontWeight = ''; } catch (e) {} } switch (num) { case "+": if ((index != -1) && (index 1) { //alert(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)); document.getElementById(“img_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +eval(index – 1)).style.fontWeight = ‘bold’; } else if (index != -1) { document.getElementById(“img_” +id+ “_” +index).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +index).style.fontWeight = ‘bold’; } break; default: document.getElementById(“img_” +id+ “_” +num).style.display = ”; document.getElementById(“link_” +id+ “_” +num).style.fontWeight = ‘bold’; } } //–> O consumo de gás natural fechou o primeiro bimestre com alta acumulada de 15,95%, em comparação aos dois primeiros meses de 2009. Em fevereiro, o consumo foi de 41,2 milhões de metros cúbicos por dia. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), o resultado foi estimulado principalmente pela expansão de 33,05% na demanda industrial. A comercialização de gás natural teve um aumento de 24% de um ano para o outro e de 14% entre janeiro e fevereiro deste ano, apesar da crise financeira internacional.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Venda no varejo aumenta 2,7% no ano

Posted on novembro 14, 2009. Filed under: comércio, consumidor, Estatística, IBGE, indicadores, Varejo, Venda |

>

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE, divulgou nesta sexta-feira (13) a Pesquisa Mensal do Comércio. Mato Grosso registrou alta acumulada de 2,7% nos nove primeiros meses do ano no varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e de material de construção. Em setembro, em relação ao mesmo mês do ano anterior, essa alta chegou a 3,7%. Segundo Pedro Nadaf, presidente da Federação do Comércio, Bens e Serviços de Mato Grosso (Fecomércio) os números revelam que o consumidor está gastando mais em decorrência da diminuição da inadimplência e a melhoria na distribuição de renda no Estado que passa por um crescimento econômico. “É um sinal bom para o comércio e indica boas perspectivas para o mercado no final do ano”, salientou Nadaf acrescentando que a tendência é para números positivos nos próximos levantamentos.


A pesquisa produz indicadores que permitem acompanhar o comportamento conjuntural do comércio varejista no país. O levantamento inclui dez segmentos, de supermercados a móveis e eletrodomésticos, veículos e materiais de construção, entre outros.


No país – Em nível nacional, destas dez atividades pesquisadas pelo IBGE, três registraram quedas nas vendas em setembro, na comparação com agosto. É o caso de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, que apresentou queda de 0,5% nas vendas do período, e de artigos farmacêuticos, medicamentos e perfumaria, que tiveram baixa de 1,1%. As vendas também recuaram no varejo de materiais de construção, que registrou queda de 1,5%.


Considerando todas as atividades, as vendas do comércio varejista cresceram 0,3% em setembro em relação a agosto, na série com ajuste sazonal. Das sete atividades que apresentaram altas, os destaques foram os segmentos de equipamentos e material para escritório e informática (8,8%) e veículos e motos, partes e peças (9,1%). Na comparação com setembro do ano passado, apenas as atividades de combustíveis e lubrificantes (-4,3%) e tecidos, vestuário e calçados (-6,6%) registraram queda nas vendas. A atividade de hiper, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, de maior peso na pesquisa do IBGE, registrou aumento nas vendas de 9,7% em setembro deste ano, também em comparação com igual mês de 2008.


Os dados do comércio varejista ampliado, que incluem os segmentos de material de construção e automóveis, mostram aumento nas vendas de 3,0% em setembro, em relação a agosto, e de 9,1% ante setembro de 2008. No ano houve crescimento de 4,4%. Fonte: A Gazeta (Com Agência Estado)

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

>Itaú-Unibanco fechou um novo acordo milionário

Posted on agosto 31, 2009. Filed under: banco Itaú, eletrodomésticos, Pão de Açucar, Porto Seguro, Unibanco, Varejo |

>

Pão de Açucar – Menos de uma semana depois de abunciar uma fusão na área de seguros com a Porto Seguro, o Itaú-Unibanco fechou um novo acordo milionário. Não se trata de compra, venda, fusão ou associação: o banco resolveu pagar R$ 550 milhões ao grupo Pão de Açúcar simplesmente para encerrar o contrato de exclusividade das duas companhias em operações de serviços financeiros na rede varejista, como a concessão de crédito aos clientes. Nos últimos anos os dois grupos mudaram completamente, com operações de fusões e aquisições que deram novo porte às operações.


Varejo – O varejo de eletrodomésticos já começa a fazer estoques preventivos para escapar da alta de preços das geladeiras, máquinas de lavar e dos fogões, com o fim da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) previsto para 1º de novembro. As concessionárias de veículos, por sua vez, pretendem continuar absorvendo a alta gradual do IPI dos carros. O temor do comércio é que, com o imposto integral, o ritmo de vendas tenha algum soluço no fim de ano, o melhor período de faturamento para os lojistas. Dessa forma, com estoque assegurado, as vendas podem manter o mesmo rítmo que vem registrando.

Fonte: A Gazeta

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...